Facebook Twitter Linkedin
Conteúdo 9 de março de 2015

O ponto de vista da Prevenção de Perdas

Precisamos pensar que indiferente do nível ou tamanho da empresa, todas possuem absoluta necessidade de incluir em seu programa de estratégico de gestão o tema: Prevenção de Perdas.

Os nossos índices de perdas (furtos) são crescentes e preocupantes e nossa situação econômico financeira e de aparente impunidade, são os fatores ideias para gerar esse aumento nos índices. Essa seria a frase indispensável que o líder da reunião, seja ele de vendas, planejamento, desenvolvimento, finanças, marketing ou montagem usaria. A verdade é que toda reunião envolve um grupo de pessoas que estão ali para decidir alguma coisa pela empresa em que trabalham.

Para exemplificar: A reunião com o presidente seria para aprovar novos cargos e a troca da empresa de serviços de limpeza. Nela estariam presentes; a pessoa de recursos humanos ou o responsável pela área em discussão e finanças.

Mas está sempre faltando alguém nas reuniões empresárias, quem? O executivo de Prevenção de Perdas e ele provavelmente será o único preocupado em identificar os pontos negativos que podem resultar em perdas por meio de furtos. Portanto, do ponto de vista da prevenção de perdas, sugiro que se faça uma consulta as lojas anteriormente atendidas pela empresa de serviços a ser contratada, pois muitas das perdas internas que tem ocorrido são no período da noite, ou seja, acontecem de dentro. Outra dica importante é analisar muito bem as características dos concorrentes para o cargo de gerência em aberto, é indicado que se faça a mesma pesquisa de mercado e se possível realizar um teste específico para avaliarmos, comportamento e tendências. (Muitas empresas nos Estados Unidos e Europa, tem essa postura em seu programa de recrutamento, levando em consideração, por exemplo o uso de drogas, dividas pessoais, etc.).

A cultura de P&P vai se fixando aos poucos na empresa e a velocidade dependerá da postura do gestor principal dela, por isso, o objetivo de todo e qualquer varejista, deveria ser: PREVENÇÃO. Alguns pontos são básicos para o sucesso dessa empreitada e reafirmo, é absolutamente necessário, conscientização, planejamento, normas e procedimentos, tecnologia, ação e acompanhamento

4 pontos fundamentais para implantar a prevenção de perdas:

– Interesse e definições do gestor principal:  A cultura se faz de cima para baixo.

– Identificar as áreas e os produtos de maiores riscos como: Compras, recebimento, estoques tanto na loja como nos centros de distribuições, devolução, troca de mercadorias, na logística, no cartão de fidelidade, tesouraria, cancelamento de cupons fiscais no caixa, no fechamento de caixa  e transporte do dinheiro e outras mais que cada área da empresa deve  identificar.

– Investir em treinamento: Ter como norma que todos os funcionários serão treinados, cada um na sua função, porém disponibilizar alguns para fazer o treinamento especifico de prevenção de perdas, pois alinhar tecnologia com o aperfeiçoamento do trabalho em equipe, rende mais segurança e lucros para empresa.

– Investir em tecnologia: Hoje a Gunnebo Gateway, por exemplo, uma das principais empresas no segmento de Prevenção de Perdas disponibiliza  soluções técnicas para qualquer nível de varejo, incluindo três das mais  modernas soluções de mercado: Câmeras de trilho, para os grandes formatos de loja e CDs, cofres inteligentes e mais recentemente, programas de monitoramento.

A escolha de parceiros que possam realmente contribuir com produtos,tecnologia e suporte, visando a redução das perdas, garante o foco na prevenção.

 

Luiz Fernando Sambugaro

Diretor de comunicação da Gunnebo


Top do Transporte Gera Sinergia MBA Paletrans Vipal Resolve Retrak LogCp

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


Fabrica_CAOA_Anapolis___BaixaRes Mais lida da Logweb
CAOA Chery é a primeira montadora 100% nacional e lança marca que vai revolucionar a indústria automotiva do país
leia também