Facebook Twitter Linkedin
Conteúdo 9 de novembro de 2017

Roteirizador de viagens: sua empresa precisa de um

Fabiana Reinert, Comercial da HBSIS*

Existem diversas vantagens em organizar entregas com a ajuda do software. Entre elas está a montagem de roteiros de forma que os caminhões realizem os melhores caminhos possíveis, gerando economia de recursos e garantindo a pontualidade e a qualidade do serviço.

No entanto, trânsito é algo dinâmico e sabemos que cada local possui particularidades que precisam ser contempladas. Por isso surge a dúvida que tira o sono dos gestores de logística: como o roteirizador trabalha na atualização de mapas e rotas? Separei algumas situações comuns para explicar como o sistema atua:

É comum que as cidades tenham restrições para circulação de veículos pesados bastante específicas. O sistema informatizado de roteirização registra essas informações e as leva em consideração no momento de traçar as rotas. Dessa forma, se há restrições quanto aos horários e tipos de caminhão, outras alternativas serão pensadas para realizar a entrega naquele local.

Mas, e as necessidades específicas de cada contrato? Pois é, outras exigências não partem de leis ou normas específicas, mas sim dos clientes. Se, por exemplo, determinado supermercado só recebe produtos refrigerados pela manhã, o roteirizador registra essa solicitação pelo modelo de caminhão e só encaminha esse tipo de item no horário certo. Ponto para a eficiência!

O trânsito intenso complica a vida dos motoristas em determinados horários. Registrar quais são esses locais pode ser feito de duas formas: manualmente, quando já é algo rotineiro ou quando há registros recorrentes vindos das equipes de rua; ou coletados pelo software de gestão de entregas. Quando os dois sistemas trabalham juntos, o ajuste fica cada vez mais preciso, pois é possível realizar uma comparação entre o previsto e o realizado e corrigir erros baseados nas informações coletadas em campo.

Às vezes uma condição adversa de trânsito não é permanente, por isso os mapas e rotas precisam ser dinâmicos. O roteirizador pode ser atualizado sempre que as condições de trânsito mudarem. O mesmo pode ser feito quando há desvios, mudanças de sentido de ruas ou outras alterações temporárias.

E quando endereços não correspondem ao planejamento? Não deveria, mas acontece. Atualizar esses dados e reuní-los da melhor forma também é papel do roteirizador. Assim que um problema desses ocorre, ele é notificado e o sistema é atualizado com as informações corretas. Dessa forma, da próxima vez que um entregador precisar chegar ao mesmo local, ele não enfrentará a mesma dificuldade.

*A HBSIS é uma empresa de Santa Catarina que atua na área de tecnologia da informação, desenvolvendo soluções para logística, vendas e outsourcing. Entre seus 200 clientes estão grandes empresas brasileiras, como Ambev, BRF e Ultragaz.

Top do Transporte Gera Sinergia MBA Fermad Vipal Resolve Retrak PortoSeguro

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


Fabrica_CAOA_Anapolis___BaixaRes Mais lida da Logweb
CAOA Chery é a primeira montadora 100% nacional e lança marca que vai revolucionar a indústria automotiva do país
leia também