Facebook Twitter Linkedin Instagram
E-commerce 15 de maio de 2018

Correios aumenta participação em e-commerce e fatura mais de R$ 7 bilhões

Os Correios aprovaram, no seu Conselho de Administração, o resultado do exercício de 2017. Após quatro anos consecutivos de prejuízos, a empresa retoma o crescimento e realiza lucro de R$ 667 milhões.

Um dos destaques no exercício foi o desempenho do faturamento do segmento de encomendas (receitas de R$ 7,01 bilhões e crescimento de 11,14% em relação a 2016, com incremento de R$ 703,6 milhões na receita da empresa).

O resultado é creditado pela empresa, em parte, aos avanços no mercado de e-commerce. A diretoria executiva ressalta que o Novo Modelo Operacional implantado e em processo de consolidação – que envolve parcerias estratégicas – impactou a eficiência e a qualidade operacional da empresa.

O Ebitda apurado foi de R$ 1,07 bilhões, o que representa um crescimento de 280,9% em relação ao ano anterior, fechado em R$ 592 milhões negativos, o que corrobora a melhoria do resultado operacional.

Outro fator, não operacional, que contribuiu para o resultado foi a reversão de parte da provisão do benefício pós-emprego saúde na ordem de R$ 2,9 bilhões, decorrente da decisão proferida pelo Tribunal Superior do Trabalho – TST e pela vigência da Resolução CGPAR 23/2018, que mudaram o modelo de custeio do plano de saúde, caracterizando evento subsequente, possibilitando o seu reconhecimento nas demonstrações financeiras.

Na linha da sua modernização e adequação às exigências da Lei 13.303/2016, os Correios estabeleceram suas áreas de Controles Internos, Compliance e Gestão de Riscos dentro do novo modelo organizacional.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Maplink Toyota
LOGCP
Retrak
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Top do Transporte