Facebook Twitter Linkedin
Investimento 10 de janeiro de 2018

Dono da rede saudável Mundo Verde compra Pizza Hut e KFC no Brasil

Depois de investir em negócios com apelo saudável, o empresário Carlos Wizard Martins, dono da rede de varejo Mundo Verde, se volta agora para o mundo do fast-food.

A família Wizard Martins comprou da Yum! Brands, gigante do mercado de restaurantes no mundo, as operações das marcas Pizza Hut e KFC no Brasil.

Conforme o acordo anunciado nesta segunda-feira (8), a partir do primeiro trimestre deste ano, a família se tornará a master-franqueada das duas redes no país, ficando responsável por fazer a gestão das marcas, o relacionamento com os atuais franqueados e a expansão das redes no Brasil por unidades próprias e franquias.

A transação inclui 14 unidades do KFC que pertenciam à Yum! Brands. Segundo a família, serão investidos R$ 60 milhões nos próximos cinco anos na abertura de 20 unidades próprias da rede KFC e R$ 75 milhões no mesmo período para a abertura de 35 lojas próprias da Pizza Hut.

A rede de pizzarias tem hoje 180 unidades franqueadas no Brasil. Já a lanchonete especializada em frango frito tem 47 unidades, sendo 33 franquias e 14 lojas próprias KFC.

O valor do negócio não foi divulgado. A família informa apenas que será pago com recursos próprios.

O grupo Sforza, gestora dos investimentos da família Wizard Martins, já controla a rede de comida mexicana Taco Bell Brasil, marca que também pertence à Yum! Brands.

“O negócio traz uma série de sinergia e nos dá melhores condições para negociar com fornecedores e shopping centers”, afirma Carlos Wizard.

Desde que vendeu o grupo Multi, da rede de escolas de idiomas Wizard, por R$ 2 bilhões para a britânica Pearson, em 2013, o empresário vinha adquirindo negócios como o Mundo Verde, que vende produtos orgânicos, ou escolas de futebol, como a Academia Palmeiras e a Ronaldo Academy.

Ele também comprou as marcas Topper e Rainha em 2015, numa busca pela “saudabilidade”, palavra que criou para descrever o movimento de aquisições e investimentos.

“Temos investimentos em diversos setores e surgiu a oportunidade de investir em fast-food”, diz o empresário.

Em meados do ano passado, depois que expirou a cláusula contratual que impedia Wizard Martins de atuar no mercado de ensino de idiomas após a venda do grupo Multi, o empresário voltou a investir no setor. Anunciou em maio de 2017 a aquisição de uma fatia da WiseUp e, no mês seguinte, comprou a Number One.

Fonte: Folha de S. Paulo

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Maplink Toyota
GLP
Retrak
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Top do Transporte