Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Transporte de carga 17 de janeiro de 2020

Grupo LATAM Cargo inaugura câmara fria para exportação de perecíveis na América do Sul

O Grupo LATAM Cargo, empresa líder no transporte de carga aérea na América Latina, inaugurou no Aeroporto de Guarulhos (São Paulo) sua câmara fria com o objetivo de garantir a qualidade e o frescor dos produtos perecíveis transportados de diferentes países da América do Sul com conexão no Brasil para a América do Norte e Europa.

A companhia é reconhecida globalmente por sua expertise no transporte de produtos frescos, modalidade de carga que representa 45% do total transportado anualmente pela empresa. Neste sentido, Guarulhos possui importância especial para a companhia, já que 85% do total de cargas que passa pela localidade é de perecíveis. Além disso, a decisão estratégica de posicionar o aeroporto como o hub (centro de conexões) mais importante do Grupo LATAM também foi uma das motivações para a empresa investir US$ 3,5 milhões com a construção das novas instalações no local.

A câmara fria possui uma área total de 1.637m², dos quais 50% (825m²) contam com espaços de refrigeração com faixas de temperatura que variam entre 0 e 2°C e entre 2 e 12°C, para armazenagem e repaletização. Além disso, o sistema permite aumentar a temperatura de qualquer uma de suas câmaras até 22°C. Com a nova câmara fria, o Grupo LATAM Cargo aumentou em 33% sua capacidade de armazenamento de cargas perecíveis em Guarulhos.

“Nossa nova câmara fria é um exemplo concreto do compromisso que assumimos como parceiros estratégicos dos nossos clientes. Estamos conscientes de que os países da América do Sul são produtores e exportadores de perecíveis e que seu desenvolvimento econômico está ligado ao reconhecimento internacional da qualidade de seus produtos. Diante desse desafio, como companhia líder no transporte aéreo na região, assumimos a responsabilidade de oferecer um serviço e uma execução de excelência, com infraestrutura inovadora para garantir o frescor dos produtos com os altos padrões que caracterizam nossa proposta de valor”, afirma Andrés Bianchi, CEO do Grupo LATAM Cargo.

Do total de salmões transportado pela companhia, 19% que passa por Guarulhos segue majoritariamente para os Estados Unidos e China; do total de aspargos peruanos, 14% tem como destino, principalmente, o Reino Unido e a Alemanha; e dos total de mangas vindas do Peru, 22% conectam em Guarulhos para seguirem a Espanha e França, entre outros países. Outros produtos que passam por Guarulhos são cerejas, amoras, trutas, merluzas austrais e flores, com necessidades de temperaturas de armazenamento distintas.

“Com nossa nova câmara fria para perecíveis iremos reduzir em até 20% o tempo de exposição da nossa carga perecível a temperaturas não controlados, tanto pela capacidade de oferecer diferentes faixas de temperatura quanto por sua localização estratégica mais próximas dos aviões no pátio do aeroporto. Nossa constante preocupação para desenvolver serviços de acordo com as necessidades dos nossos clientes, somada à nossa ampla e robusta rede de destinos atendidos, nos posiciona como a melhor alternativa para conectar os produtos da América Latina com o mundo”, comenta Claudio Torres, diretor comercial internacional da América do Sul no Grupo LATAM Cargo.

A abertura da nova câmara fria é o marco do lançamento de seu produto FRESH, uma evolução do produto PERISHABLE que permite um serviço mais robusto no controle da temperatura em toda a rede. Com o produto FRESH, o Grupo LATAM Cargo irá oferecer armazéns com controle de temperatura em toda a rede – a câmara fria em Guarulhos é um deles -, um sistema de monitoramento on-line para checar desvios de temperatura nos armazéns, tempos reduzidos de exposição à rampa e o uso de medidas para manter o frescor dos produtos, entre outras vantagens.

“Nosso esforço está direcionado para conhecer em profundidade as necessidades dos nossos clientes, entender a natureza dos produtos que transportamos e fornecer uma solução de excelência para levá-los da América Latina aos centros de consumo do mundo com seu frescor ideal, aumentando sua vida útil”, acrescenta Torres.

Guarulhos: Hub estratégico do Grupo LATAM

Uma das estratégias que a empresa implementou nos últimos anos foi fortalecer seu centro de conexão em Guarulhos, de onde o Grupo LATAM voa para mais de 33 destinos na América do Sul e para mais de 14 cidades na América do Norte, Europa, África e Ásia.

O aeroporto de Guarulhos conecta mais da metade (57%) da carga perecível em trânsito que a empresa transporta nos porões das aeronaves de passageiros, número que o torna um enclave extremamente importante no objetivo da empresa de maximizar o uso de sua frota de aviões que transportam passageiros.

Santiago (Chile), Lima (Peru), Bogotá (Colômbia), Buenos Aires (Argentina), Assunção (Paraguai), Montevidéu (Uruguai) e Santa Cruz da Serra (Bolívia) são as sete fontes de carga perecível que têm conexão em Guarulhos, para que os produtos cheguem aos seus destinos finais na América do Norte, Europa e África.

Investimentos no Brasil

Como líder do mercado de transporte de carga aérea no país, a LATAM Cargo Brasil evoluiu continuamente seus serviços para oferecer o melhor produto de acordo com as necessidades e o perfil de seus clientes. Desde 2014, a empresa investe em um plano de negócios que envolve a reforma e construção de novos terminais, além de segurança e tecnologia. Além disso, foi proposto expandir sua oferta de capacidade de transporte de carga em diferentes rotas, tanto no mercado nacional quanto internacional.

Atualmente, a LATAM Cargo Brasil está realizando a reforma de diversos terminais de carga no país e, alinhada ao Grupo LATAM Airlines, inaugura constantemente rotas e frequências nacionais, como a nova rota Guarulhos – Maringá, inaugurada em dezembro de 2019.

Em 2019, a LATAM Cargo Brasil adicionou duas frequências diárias de aeronaves wide body (com dois corredores) na rota Guarulhos – Manaus, gerando um aumento de capacidade de 200 toneladas de cargas transportada por mês. Também iniciou o serviço regular de aeronaves wide body na rota Guarulhos – Fortaleza, com cinco frequências por semana, permitindo o transporte de 800 toneladas de carga por mês. Outras rotas nacionais que tiveram aumento de voos em aeronaves de grande porte originárias de Guarulhos são Recife, Salvador e Belém.

Newsletter
Cadastre-se aqui

SDO Equipamentos
Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota
Retrak
Savoy
JLL
JLL