Facebook Twitter Linkedin Instagram
Tecnologia 19 de outubro de 2018

Grupo Panalpina lança unidade de negócios digitais

Seguindo uma tendência global, os principais mercados econômicos do mundo investem cada vez mais em novas tecnologias que os tornem mais rápidos e eficientes, como o setor logístico. Pensando nisso, o Grupo Panalpina, um dos maiores fornecedores mundiais para a cadeia de suprimentos, anunciou, recentemente, o lançamento da unidade de negócios digitais da companhia, o Panalpina Digital Hub, que tem como principal objetivo desenvolver soluções inovadoras para este segmento.

Segundo o diretor global de inovação digital do Grupo Panalpina, que ficará à frente da unidade de negócios, Luca Graf, o Panalpina Digital Hub foi criado por duas razões principais: atender às expectativas dos clientes da empresa e preencher uma lacuna existente no mercado logístico. “As expectativas de nossos clientes estão mudando. O que eles experimentam como consumidores, como usuários digitais na Amazon, Uber e outras empresas, por exemplo, passa a nortear a expectativa com relação aos parceiros de negócios. Com o Digital Hub, estamos embarcando na busca e realização de soluções inovadoras para eles. Queremos oferecer uma ótima experiência aos nossos clientes e, ao mesmo tempo, tornar nossos serviços mais eficientes”, afirma.

“Em segundo lugar, a digitalização da cadeia logística oferece muitas oportunidades para desenvolver novos negócios, de forma que a Panalpina continue em forte ritmo de crescimento. Somos um provedor de serviços logísticos que opera globalmente, com poucos ativos físicos. É por isso que a criação de novos modelos de negócios em uma base digital e totalmente automatizada é uma escolha óbvia”, acrescenta.

Graf explica que o foco da nova unidade de negócios é explorar o desenvolvimento de tecnologias que têm maior probabilidade de provocar a disrupção no setor e proporcionar a sua evolução, como soluções em blockchain, computação em nuvem, inteligência artificial e IoT (Internet of Things – Internet das Coisas em sua tradução literal). De acordo com o executivo, a ideia é implementar dois projetos piloto até o fim deste ano. “Estamos no processo de formação da equipe, mas até o final de 2018 queremos ter desenvolvido e validado uma nova oportunidade de negócios digitais, e implementado dois projetos-piloto. Para eles, provavelmente tentaremos um primeiro caso de utilização da tecnologia blockchain”.

Com isso, Graf adianta que o intuito é tornar a Panalpina mais atrativa para o ecossistema digital e aproximar a companhia das start-ups. “Seremos muito ativos no ecossistema digital, participando de programas de aceleração e monitorando de perto o surgimento de start-ups, assim como o desenvolvimento das mais maduras. É importante que sejamos um parceiro atraente para este mercado. Também discutiremos parcerias e consideraremos investimentos. De particular interesse, são as start-ups que trabalham em soluções para os desafios de nossos clientes ou que tentam estabelecer novos modelos de negócios para o setor logístico”, finaliza.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Forexsa
Toyota
Profishop 2018
Retrak LOGCP
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Revista Logweb