Facebook Twitter Linkedin Instagram
Aéreo 24 de julho de 2019

LATAM Cargo investe em novos cargueiros e serviços, entre outras novidades

Cobertura: Carol Gonçalves

 

 

Unidade de negócios do Grupo LATAM Airlines, o Grupo LATAM Cargo (Fone: 0300 1159999) transporta cargas em mais de 310 aeronaves de passageiros, bem como em seus 10 cargueiros. Entre as novidades está o incremento de mais dois cargueiros do modelo Boeing 767-300 até o final deste ano.  A 11ª unidade já está chegando ao Brasil, com matrícula colombiana. Do total da frota, três aeronaves são matriculadas no Brasil.

Como curiosidade, o 767-300 possui sistema de controle de temperatura de ambientes, o que faz com que seja possível o transporte de animais vivos e bens perecíveis de forma eficaz e segura. Ele pode levar 53 toneladas líquidas (31 paletes padrão, sendo 24 na parte superior e 7 na parte inferior) e tem capacidade para percorrer quase 6.025 quilômetros, ou seja, ideal para distâncias intermediárias.

O grupo possui uma rede robusta que oferece serviços para mais de 150 destinos em 29 países, incluindo seis mercados domésticos na América Latina – Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru – além de operações internacionais na América Latina, Europa, Estados Unidos, Caribe, Oceania, África e Ásia.

Entre os artigos transportados estão itens farmacêuticos – desde matéria-prima até produtos prontos –, eletroeletrônicos de alto valor e peças automotivas para reposição. Esses setores representam 70% da movimentação em volume do grupo.

“Temos 51% do market share no setor de cargas, tanto via cargueiro quanto nos porões das aeronaves de passageiros”, explica Diogo Abadio Nunes Elias, diretor da LATAM Cargo Brasil.

 

Ampliação dos serviços

Em junho, a empresa passou a oferecer serviços diretos entre a Escandinávia e a América Latina, acrescentando Copenhague, a capital da Dinamarca, como um novo destino para sua rede, tornando-se a primeira companhia aérea de carga a fazê-lo. Essa nova adição proporcionará aos clientes desse mercado uma melhor alternativa para atender o crescente interesse na América Latina. Ao diminuir significativamente a necessidade de transporte terrestre, a nova rota reduz o tempo de trânsito em até 48 horas.

A rota será usada exclusivamente para carga em aeronave B767-300F e possui estimativa inicial de transportar de 20 a 25 toneladas em cada voo semanal. Caso seja necessário, a capacidade e/ou frequências do voo podem ser aumentadas pela companhia.

A viagem de ida contempla Copenhague (Dinamarca) – Viracopos (Brasil) – Montevidéu (Uruguai) – Santiago (Chile) e Quito, no Equador. O retorno, por outro lado, é realizado através de Miami (Estados Unidos) – Bruxelas (Bélgica) e Copenhague na Dinamarca.

Os principais beneficiários da indústria escandinava são as empresas farmacêuticas, os fabricantes de automóveis e a indústria petrolífera, embora, em curto prazo, o transporte de máquinas e outras empresas também desempenhem um papel importante.

 

E tem mais…

Também tem novidades no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. No principal hub em capacidade e rotas de toda a operação do Grupo está sendo construído um novo cooler para atender as demandas internacionais de transportes de itens que necessitam de refrigeração. Os cerca de 5.370 m² construídos proporcionarão 33% a mais de capacidade de armazenamento de itens perecíveis, como salmão, aspargos, manga, cerejas, bagas, pescada do sul e flores. O novo terminal refrigerado está previsto para entrar em operação no segundo semestre de 2019.

Para este ano, é esperado, ainda, que o novo programa WIPRO esteja disponível para o negócio internacional. Para os mercados domésticos, a previsão é 2020. WIPRO é um sistema operacional que vai integrar todas as funcionalidades das operações, desde a etapa de planejamento até a cobrança. Além de fornecer mais e melhores ferramentas aos clientes, o programa converterá a LATAM Cargo no grupo de carga com o sistema operacional mais sofisticado na América Latina. “Essa solução mudará radicalmente a experiência dos clientes, oferecendo mais rapidez e segurança nos processos”, destacou Diogo.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Brasil Log
Brasil Log
Brasil Log
BYD Business Park Tokio Marine Translifit Retrak w6connect