Facebook Twitter Linkedin Instagram
Conteúdo 15 de setembro de 2008

Logística reversa na reciclagem de baterias recarregáveis e celulares

Atualmente, no mundo, com as constantes inovações tecnológicas na área de celulares, rapidamente os aparelhos têm se tornado ultrapassados e acabam sendo trocados por outros mais modernos.

Para dar conta da reciclagem destes produtos inutilizados e de seus acessórios, a Umicore (Fone: 11 6421.1000) conta com uma refinaria em Hoboken, na Bélgica, e outra em Hofors, na Suécia.

Segundo o gerente de desenvolvimento de negócios da Umicore Brasil, Ricardo Rodrigues, no projeto de coleta de celulares e baterias, implantado no Brasil no ano passado, os materiais são separados, embalados e enviados para as respectivas refinarias. Os celulares são mandados para a Bélgica, onde os metais são recuperados para serem usados em outras aplicações. Já as baterias recarregáveis são exportadas para a Suécia. Lá o sal de metal e o metal são usados como matéria-prima para outras baterias recarregáveis.

“O mercado brasileiro apresenta um enorme potencial nesse setor, e a Umicore está atuando para contribuir com o descarte adequado dos produtos. Cada quilo de metal recuperado é devolvido ao ciclo industrial, colaborando para a redução da extração de matérias-primas das reservas mundiais”, revela o gerente de desenvolvimento de negócios.

A empresa belga atua, também, nas áreas de materiais avançados, produtos de metais preciosos e catalisadores, serviços de metais preciosos e especialidades de zinco. “Acreditamos que os materiais têm um papel chave no progresso da espécie humana. Eles são o centro de nossa vida e podem ser reciclados uma infinidade de vezes, sendo a base para o desenvolvimento de novos produtos e serviços. Com a reciclagem, extraímos menos materiais da natureza”, comenta Rodrigues.

Mesmo com a forte atuação na reciclagem de produtos pertencentes ao seu escopo, incluindo sucata eletrônica e baterias recarregáveis de celulares, a Umicore tem outros projetos. “A empresa está presente no projeto Princess Elisabeth, na Antártica, que envolve uma estação de pesquisas para emissão zero de poluentes; participa ativamente no desenvolvimento do Umicar, carro movido a energia solar; e, junto ao Grupo Solvay, fundou, em 2006, a Solvicore, com o objetivo de produzir compostos para a indústria de células de combustível”, comenta.

Rodrigues acredita que a questão ambiental é muito ampla, envolve várias áreas distintas e, por isso, há muito que ser desenvolvido nesse sentido. “A preocupação com a preservação do meio ambiente gera também importantes oportunidades para um crescimento sustentável sólido, seja na área de energia, controle dos materiais, reciclagem, emissões de poluentes e outras. Em um longo prazo, a Umicore quer ser líder na criação de materiais e soluções que auxiliem na melhora da qualidade de vida”, conclui.

Newsletter
Cadastre-se aqui


Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota
Translifit
SDS
Tokio Marine
Retrak
Manufacturing Summit Brazil