Facebook Twitter Linkedin Instagram
Negócio Fechado 16 de outubro de 2018

Mercedes-Benz conclui vendas de 199 chassis para empresas de ônibus de diferentes estados

A Mercedes-Benz concluiu nas últimas semanas vendas de ao menos 199 chassis para grupos de empresas de ônibus com atuação em diferentes segmentos e regiões do país.

Quatro destas negociações foram com transportadoras de passageiros que não eram clientes habituais da marca: Rimatur, que atua no setor de fretamento em Curitiba e região metropolitana; Princesa dos Campos, de Ponta Grossa no Paraná, do setor de rodoviários e fretamento; e para as empresas do sistema urbano de Joinville, em Santa Catarina, Gidion e Transtusa – Transporte e Turismo Santo Antônio Ltda.

Somente para estas quatro companhias, foram 61 unidades, entre modelos urbanos e rodoviários.

O diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, Walter Barbosa, considera estes negócios importantes para a expansão da marca, que lidera o mercado de veículos de transporte coletivo acima de oito toneladas.

“Estes quatro clientes não eram tradicionais da marca Mercedes-Benz, por isso considero uma grande conquista” – disse ao Diário do Transporte.

Qualidade dos veículos, durabilidade, pós-venda e facilidade de manutenção foram alguns dos atributos levados em conta por estas empresas para comprarem os modelos de ônibus da Mercedes-Benz.

Entre as empresas que já trabalham com os veículos da Mercedes-Benz, as compras foram feitas pela Viação Garcia, do Paraná, que adquiriu 72 unidades, de diferentes portes, e pelo Grupo Brasileiro, da Bahia, que comprou 66 unidades entre urbanos e rodoviários para as empresas Cidade Sol, Rota e Expresso Brasileiro.

De acordo com dados da Fenabrave, a federação que representa as concessionárias e revendedoras de veículos, entre janeiro e setembro, foram emplacados 8,1 mil ônibus da Mercedes-Benz, o que equivale a 61,07% de todo o mercado no País, que registrou vendas totais de 13.264 unidades neste período, considerando todas as marcas.

As vendas ocorrem em um cenário de recuperação do setor, que registrou números negativos entre 2014 e o primeiro semestre de 2017.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota Retrak LOGCP
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Revista Logweb