Facebook Twitter Linkedin Instagram
Evento 7 de novembro de 2019

O que aconteceu na Movimat e na Fenatran: os lançamentos, as negociações, o que foi mostrado

Apresentamos a seguir um breve resumo do que aconteceu na Movimat 2019 – Salão de Logística Integrada e na 22ª Fenatran – Salão Internacional do Transporte Rodoviário de Carga. Os eventos aconteceram conjuntamente, no período de 14 a 18 de outubro último, em São Paulo, SP.

 

Movimat

 

Marcas do grupo Kion apresentaram lançamentos

A Linde — marca do Grupo KION — apresentou na Movimat a empilhadeira HT160Ds, com capacidade para 16 toneladas. O equipamento, da classe Heavy Truck, chegou ao Brasil recentemente e é ideal para operações pesadas em diferentes setores, como portos, usinas, siderúrgicas, indústria de papel e celulose, madeira, mineração, agronegócio, entre outras aplicações. Pode movimentar contêineres de 20” ou cargas com larguras maiores que 4.000 mm –  este modelo de máquina é o único do mercado que é transportado dentro de um contêiner de 40” HC, segundo a Linde. A empilhadeira também é fabricada nos modelos HT100Ds, HT120Ds, HT140Ds, HT150Ds, HT160Ds e HT180Ds, respectivamente seguindo 10, 12, 14, 15, 16 e 18 toneladas de capacidade de carga, e capacidade de elevação de até 7.000 mm. Segundo Murilo Marin, gestor comercial da marca, a empilhadeira HT160Ds/1200 possui uma excelente visibilidade, que é alcançada pelo design geral da nova HT100D-HT180D: “Ao posicionar a cabine, o assento e a direção em uma posição centralizada, ela garante uma excelente visibilidade por meio do mastro, e a visibilidade traseira é otimizada por uma ampla tela traseira e pelo exclusivo deck traseiro ‘Clear View’. Já o teto de vidro blindado oferece uma visão desobstruída da carga levantada. Um destaque da linha HT100D-HT180D é a capacidade de elevação “Power on Demand”, que equilibra a velocidade do motor com a aplicação da máquina, garantindo a entrega do desempenho hidráulico máximo, reduzindo o combustível e, consequentemente, os custos de manutenção”, disse Marin.

Empilhadeira retrátil – A STILL, outra empresa do Grupo Kion, também apresentou lançamento no evento, neste caso para armazenagem frigorificada. É a empilhadeira retrátil FM-X NG Cabinada, que trabalha em ambientes de até 30° C negativos com kit frigorífico. “O equipamento possui sistema anticongelamento, microinterruptores, potenciômetros e óleo de transmissão hidráulico, específico para baixas temperaturas. A empilhadeira é a única retrátil cabinada desenvolvida e produzida com exclusividade pela STILL, com projeto e fabricação nacionais. Um grande diferencial é que a cabine e o chassi formam uma única peça, mantendo dimensões e performance. Com excelente acesso para manutenção, a empilhadeira tem maior ângulo de abertura das portas e vidros com sistema antiembaçamento — posicionados para dentro das extremidades do equipamento e com fixação por borrachas”, explicou Marin. O interessante desta novidade é que auxiliará a resguardar a saúde do trabalhador dos efeitos nocivos do frio artificial a qual precisa se submeter, pois, para melhor conforto dos operadores, o assento é feito de couro sintético com sistema de aquecimento.

Intralogística Conectada – Com o objetivo de atender às demandas dos clientes, há dois anos o Grupo KION realizou um acordo de cooperação com a Águia Sistemas, que é especialista em sistemas de movimentação e armazenagem de materiais para os segmentos industrial e de logística. O anúncio desta união foi realizado na Movimat de 2017, e na edição 2019 foram demonstrados os resultados colhidos na parceria, que reúne soluções completas e integradas para atender a todas as necessidades de movimentação de centros logísticos e de armazenagem. “Com a sinergia da Intralogística Conectada, o grupo agora oferece uma consultoria ao cliente desde o projeto inicial, ainda na planta, com soluções criativas que aumentem a capacidade de armazenagem, velocidade e o ganho em produtividade com total segurança. Entre as soluções proporcionadas, está o transporte, a separação e distribuição de pedidos fracionados e gestão com WCS, acompanhadas de empilhadeiras com tecnologia de ponta e soluções para gestão inteligente de frotas com o FleetManager (da STILL) e o Connect (da Linde), que medem o desempenho e geram mais segurança nas operações”, comentou Marin.

 

Paletrans mostrou os novos modelos de empilhadeiras manuais

A Paletrans Empilhadeiras está incrementando o portfólio da Linha Handling com novos modelos de empilhadeiras manuais da Família LM: o LM516, LM1016 e o LM1516, equipamentos mostrados na Movimat. Com capacidades de carga variando entre 500 kg e elevação máxima de 1,6 metro (LM516), 1.000 kg e elevação máxima de 1,6 m (LM1016) e 1.500 kg com elevação máxima de 1,6 m (LM 1516), as novas empilhadeiras LM podem ser utilizadas na elevação e no deslocamento de cargas em ambiente warehouse, em varejistas e no atacado. Como característica marcante, segundo a fabricante, os modelos LM têm a facilidade de operação e manobras tanto em processo de armazenagem quanto de carga e descarga de veículos utilitários em espaços reduzidos, com corredores de até 2,1 metros de operação.

 

Paletrans e Translift fizeram lançamento conjunto de AGV empilhadeira e AGV selecionadora de pedidos

As fabricantes brasileiras de equipamentos para movimentação e armazenagem de materiais Paletrans Empilhadeiras e Translift uniram-se para fazer dois lançamentos de alta tecnologia, firmando presença na Intralogística 4.0: o AGV empilhadeira e o AGV selecionadora de pedidos. A fabricação e o pós-venda dos equipamentos são 100% nacional, já que as duas marcas uniram expertises – a Paletrans em fabricação de empilhadeiras e selecionadoras de pedidos, e a Translift em sistemas inteligentes autônomos. Ao se tornarem AGVs (veículos automaticamente guiados), a produtividade dos equipamentos dará um salto qualitativo, pois poderão operar 24 horas por dia, sete dias por semana, por mais complexos que se apresentem os fluxos de produção, informam as empresas.

Os equipamentos da Paletrans que ganharam dispositivos para se tornar autônomos são a empilhadeira retrátil PR17 e a selecionadora de pedidos SP25H.  A AGV empilhadeira tem capacidade para 1.700 kg, altura de elevação de 2.110 mm a 3.177 mm, controle de tração e de direção a laser ou ótico e rodas de poliuretano. Por sua vez, a AGV selecionadora de pedidos tem capacidade de carga de 1.700 kg, na versão com operação autônoma/operador, e de 2.500 kg, com controle de direção a laser ou ótico. “São inúmeras as vantagens de tornar esses equipamentos autônomos”, comentou Jair Alves, CEO da Translift, responsável por todo o projeto de inteligência dos novos AGVs Paletrans. “Além do fim da necessidade do operador, outro ganho operacional é que os veículos autônomos permitem o trabalho em ambiente insalubre, como câmaras de congelados, proporcionando maior versatilidade nas operações.” A Translift, que já desenvolve veículos autônomos para montadoras no setor automotivo, recentemente anunciou o lançamento de AGVs compactos para atuação nos setores de e-commerce, cosmético, farmacêutico e encomendas expressas, e vem direcionando esforços para que a tecnologia seja mais acessível ao mercado brasileiro. Somado à visão de entregar a melhor solução e experiência para o cliente, a Paletrans também vai oferecer um sistema de monitoramento de frotas, parte do Programa Full Service Paletrans, através da qual a frota será monitorada de forma permanente. O objetivo será prever manutenções, orientação sobre produtividade na operação, realizar remotamente o autodiagnóstico e dar suporte à manutenção.

 

Retrak fez investimento de R$ 2,4 milhões em equipamentos Still e Baoli

A Retrak Empilhadeiras, especializada em prover, por meio da locação ou venda, máquinas e sistemas de movimentação de materiais, anunciou durante a Movimat 2019 o investimento de R$ 2,4 milhões em equipamentos das marcas Baoli e STILL, empresas do Kion Group. Entre os equipamentos adquiridos estão nove empilhadeiras elétricas STILL RX2020; duas empilhadeiras elétricas STILL RC4425; três empilhadeiras a combustão Baoli KBG; três empilhadeiras elétricas STILL EGV e os acessórios que acompanham os equipamentos. A compra obedece à necessidade da empresa de prover equipamentos para locação em um novo projeto. Ao longo de 2019, a Retrak, que também é dealer das marcas STILL e Linde, realizou outros investimentos para compra de equipamentos renovando sua frota, que está disponível para locação em empresas de todo o Brasil. “Consideramos a Retrak um parceiro estratégico e essa parceria se consolida cada vez mais com sua forte atuação no mercado de locação de equipamentos há 26 anos”, diz Adriana Firmo, Sales & Service Director do Grupo Kion. Ela continua: “é uma empresa financeiramente sólida e tão confiável que mantém contratos de longo prazo com alguns clientes, em média de 10 anos, tem equipe técnica treinada pela fábrica, mantém estoque de peças, elevado nível de serviço e disponibilidade de equipamentos acima de 97%, atestando sua boa reputação no mercado”.

 

 

Sealed Air anunciou a aquisição da Automated Packaging Systems (APS)

Também presente na Movimat 2019, a Sealed Air anunciou a aquisição da Automated Packaging Systems (APS), tradicional fabricante de máquinas e embalagens. A empresa aproveitou para apresentar suas soluções completas para o segmento logístico, como máquinas automáticas e semiautomáticas de embalagens de proteção, além da embalagem Korrvu®, que recentemente recebeu o Prêmio Ouro da ABRE – Associação Brasileira de Embalagem na categoria “Embalagem – Soluções para o varejo e e-commerce – 2019”. Trata-se de uma embalagem de uso rápido e fácil, que oferece tamanhos customizados para diferentes produtos, eliminando a necessidade de uso de materiais para preenchimento de espaço vazio em caixas, reduzindo a cubagem e otimizando o processo de distribuição e logística. Ela ainda é armazenada desmontada, o que reduz o espaço necessário para armazenamento e transporte. Apresenta como diferencial filme de alto desempenho, que mantém os produtos no centro, reduzindo os danos causados por impactos e vibrações. Também destaque na Movimat foi a Autobag 550, máquina embaladora com preenchimento e selagem automáticos e capacidade para ciclar com velocidades até 45 bolsas por minuto. Outra novidade foi a FloWrap™, sistema semiautomático de envelopamento de produtos. Essa solução tem como principal benefício aumento da velocidade na operação e redução do uso de matéria prima, devido ao correto dimensionamento da mercadoria, diminuindo o tamanho da embalagem, segundo a empresa. Sem utilizar mão de obra e com consequente menor custo unitário por embalagem, o equipamento produz pacotes em polybag de tamanho personalizado e prontos para remessa, a um ritmo de até 30 pacotes por minuto (ou mais).

 

De veículos elétricos a caixas plásticas, foram várias as novidades da Unipac

A Unipac chegou à 33ª edição da Movimat cheia de novidades para o segmento de movimentação e armazenagem – de caixas plásticas a veículos elétricos, passando por serviços de gestão de ativos. A linha de embalagens plásticas colapsáveis Caixa Móbil apresenta duas novas medidas: 1.400 x 1.200 mm (com capacidade de carga de 900 kg) e 1.800 x 1.200 mm (até 680 kg). Produzidas pelo processo de injeção estrutural, são indicadas para transporte de peças fundidas, forjadas e estampadas, tanto para produtos de alta como de baixa densidade. Os modelos permitem a reciclabilidade e possuem portas laterais nos quatro lados, entrada para garfos de empilhadeira e para carrinhos hidráulicos. A empresa também apresentou os rebocadores RB 30 Plus, RB 70 e RB 100, desenvolvidos a partir de pesquisas nos clientes com o objetivo de oferecer maior capacidade de carga de tração e agilidade na movimentação de cargas, e o Veículo Plataforma AC, com motor de corrente alternada. Os lançamentos possuem mecânica simples, o que reduz as horas paradas por problemas de quebras, e contam, ainda, com um pacote de opcionais para proporcionar maior conforto e segurança no dia a dia das operações. Na área de serviços, a Unipac mostrou novidades em gestão de ativos. Para proporcionar redução dos custos operacionais, a empresa passa a oferecer ao mercado um sistema de rastreabilidade capaz de garantir a identificação e a localização dos ativos nos mais diversos fluxos operacionais e logísticos. Para tanto, utiliza a plataforma intuitiva com tecnologia de IoT, que prove a gestão em tempo real. Para clientes que buscam reduções de custos operacionais, a Unipac disponibiliza a telemetria para equipamentos de movimentação industrial, com métricas de desempenho para gestão, produção, segurança e manutenção, visando melhor utilização dos ativos. Com esse serviço, os clientes têm ao seu dispor dados de desempenho operacional (histórico, monitoramento e localização em tempo real da frota); segurança (gestão de documentos e checklist on-line); supervisão (produtividade, controle da operação e comunicação instantânea); impactos (registro de eventos e emissão de alerta); e manutenções (registro geral das manutenções).

 

 

Fenatran

 

Intelbras apresentou soluções com Inteligência Artificial e Machine Learning para frotas

A Intelbras, indústria brasileira desenvolvedora de soluções tecnológicas, participou pela primeira vez da Fenatran, apresentando o seu portfólio para atender às necessidades de segurança do setor e monitoramento de frotas das empresas, com destaque ao software de monitoramento e à câmera com Inteligência Artificial e Machine Learning embutidos.

Simulador Smart – Além de conhecer alguns dos produtos disponíveis, os visitantes puderam experimentar situações em que a solução detecta, por exemplo, sinais de cansaço, uso de celular, distração do motorista, entre outros. O simulador, que ficou disponível durante os cinco dias do evento, reproduziu o trajeto percorrido pelo motorista, e o gestor de frota presente pode acompanhar os movimentos e receber alertas emitidos pelo próprio equipamento.  “O simulador é uma maneira efetiva de demonstrar a utilização de inteligência artificial e machine learning aplicada à gestão de frota e de seus motoristas. Com ele, os visitantes puderam comprovar na prática como ocorre a detecção de fadiga dos caminhoneiros, como funciona a tecnologia, os softwares desenvolvidos pela Intelbras e os benefícios, como a redução de acidentes”, explicou Rafael Duarte, gerente de Gerenciamento de Imagens da empresa.

Lançamentos – Durante a feira, a Intelbras fez o lançamento de um software e de um equipamento, ambos da linha iFleet, que podem ser integrados. O IFleet 2 é um software totalmente gratuito e inteligente que possui interface amigável em português e compatível com todos os DVRs veiculares da Intelbras. Com ele, é possível ter acesso a indicadores específicos que melhoram a gestão e o controle de frotas, como visualização de imagens das câmeras do sistema, identificação da velocidade e trajeto do veículo, recebimento de notificações em caso de ocorrências e relatórios completos. O software também permite a análise e o envio de dados sobre o veículo em tempo real, localização via GPS, resgate e reprodução de gravações, além de gravação bidirecional com o veículo. A nova versão entrega uma interface ainda mais amigável e é totalmente integrado com o iFleet Smart. Este, por sua vez, é um equipamento que, através de sensores inteligentes, detecta sinais de fadiga, troca de faixa, comportamentos inadequados na direção, como distração e uso de celular, uso de cigarro, e até mesmo riscos iminentes de acidente. Todas as informações são enviadas em tempo real ao servidor que, em caso de anormalidades, emite alertas à central de monitoramento e ao motorista.

 

IVECO mostrou consolidação do portfólio de produtos e serviços

Na Fenatran 2019, foi apresentada a nova linha Daily 2020 da IVECO. Segundo a empresa, o veículo revolucionará o segmento como “nova referência” para o transporte de cargas e passageiros do Brasil, de 3,5 toneladas a 7 toneladas. A nova Daily, que começa a ser comercializada no segundo trimestre de 2020, teve mais de 230 mil horas de desenvolvimento e mais de 150 diferentes tipos de testes, realizados por meio de protótipos na estrutura da montadora em Sete Lagoas, MG. “A Daily está moderna e interativa, mas mantém conceitos de sucesso, como a estrutura em chassi com longarinas em perfil ‘C’ de 5 mm, para proporcionar robustez e durabilidade incomparáveis”, destacou Thiago Carlucci, diretor de Marketing da IVECO para a América do Sul. O novo interior foi projetado para privilegiar a ergonomia e incluir um novo “pacote tecnológico” digno de um automóvel premium, disse o diretor. O veículo mantém o motor FPT Industrial de 130 a 170 cavalos, com alta performance e baixo consumo de diesel. E, para melhorar ainda mais a redução no consumo de combustível, a nova Daily conta com o botão EcoSwitch, sistema que, quando acionado pelo motorista, reduz ainda mais o consumo e as emissões de poluentes por meio da alteração do mapeamento do motor. A segurança fica por conta de novos dispositivos e tecnologias de série: ESP (programa eletrônico de estabilidade), assistente de partida em rampas (hill holder) e controle de tração (ASR), entre outros benefícios. Destaques, também, para o sistema multimídia, com tela de sete polegadas, que amplia a integração “homem/máquina” com funções ativadas pelo reconhecimento de voz e tela touchscreen, que conta com Android Auto e Apple Car Play, e o ar-condicionado automático digital. No segmento de médios, a marca apresentou os novos Tectors de 9 e 11 toneladas. “Desenvolvemos esses modelos pensando nas necessidades do cliente, com o melhor trem de força, cabine e custo operacional da categoria. Destaco o baixo consumo de combustível e o conforto da cabine, que foi projetada para proporcionar uma melhor experiência a bordo para nossos clientes”, afirmou Ricardo Barion, diretor Comercial da IVECO. Já no segmento dos semipesados, o destaque foi o Tector Auto-Shift, com transmissão automatizada de 10 velocidades e funções exclusivas desenvolvidas pela IVECO. A linha Tector também é nova, seu novo visual está alinhado com o design de produtos global da marca. Destaque para o Tector 17-300 T, novo cavalo mecânico desenvolvido para aplicações de até 36 toneladas, com carreta de dois eixos, tendência no transporte rodoviário de cargas volumosas. A família Tector vai de 9 a 31 toneladas, com diferentes configurações de transmissão (automatizada e mecânica), de cabine (curta, leito, baixa e alta), e também de tração (4×2, 6×2, 6×4, 8×2 e trator). Fechando o portfólio da IVECO estão os pesados Hi-Road e Hi-Way. O Hi-Road, com potências de 360 a 440 cavalos, tem cabine moderna e um visual semelhante ao seu irmão Hi-Way, que por sua vez tem uma cabine maior e potência de até 560 cavalos. Já em se tratando da integração entre o transportador e o caminhão, foi mostrado o IVECO Connect, sistema de telemetria e conectividade inteligente que agrega, em uma única ferramenta, importantes funções. O sistema monitora, minuto a minuto, o desempenho, as funções e até o comportamento do motorista ao dirigir.

 

 

Soluções para gerenciamento de frotas foram destaques da ValeCard

Com a meta de fechar 2019 com crescimento de 25% em seu faturamento, a ValeCard, empresa de meios de pagamento e gestão de frota, esteve presente na Fenatran 2019 apresentando soluções para o mercado de transporte logístico. Foram três os lançamentos.  O primeiro, Frota Pesada, permite economia com abastecimento de frota. Os valores são negociados com toda a rede credenciada da companhia, e a empresa de carga pesada recebe os descontos nos preços de combustíveis, podendo economizar até 27% com abastecimento. Além disso, a solução permite controle de todos os custos com abastecimentos, evitando possíveis fraudes e desperdícios, por meio de um sistema online e parametrizável conforme a realidade e necessidades da empresa. Com o Frota Segura, o cliente tem todo suporte para acesso a relatório e banco de dados, negociação de preços mais competitivos, treinamento, bonificação e orientação aos motoristas, renovação de frota no momento adequado, adequação de frota a cada operação e visibilidade sobre o melhor combustível. Também tem controle para bloqueio de ações indevidas antes mesmo que elas ocorram, restrição específicas para o abastecimento e possibilidade de restringir transações do cartão de acordo com a localidade desejada. Todo gerenciamento pode ser realizado também via aplicativo mobile. Outro lançamento foi o Cartão logística, com o qual é possível obter crédito online 24 horas por dia em qualquer lugar do país, realizar saques em dinheiro e fazer transferência para conta bancária pelo portal e também pelo celular, com central de relacionamento 24 horas por dia. O Cartão Logística reúne vantagens para transportadores, embarcadoras e motoristas e oferece praticidade e segurança para adiantamentos e pagamentos de frete. Por sua vez, o terceiro lançamento, Gestão de Multas, é uma solução que permite controlar documentos, multas e pontuações dos condutores da frota e realizar serviços especializados em uma única plataforma, como acesso a débitos, incluindo multas, IPVA e licenciamento de todos os órgãos de trânsito do Brasil. O contratante tem acesso às multas dos veículos dias antes de receber pelos Correios, e a informação chega até o gestor de forma digitalizada, organizada e antecipada para evitar a não Indicação do Condutor (NICs) e facilitar o processo de indicação de condutor. Possibilita também consulta à pontuação e validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos motoristas e certificados, além de todas as informações cadastrais da frota (como placa, RENAVAM, chassi, marca, ano, modelo, gravame).

 

Vipal Borrachas oferece soluções para gerar economia através da gestão de pneus

Entre os aspectos destacados pela Vipal Borrachas, fabricante mundial de produtos para reforma de pneus, na Fenatran estiveram o diagnóstico para evitar perda precoce das carcaças, os testes comparativos para encontrar o melhor desenho e composto para cada aplicação, os treinamentos e capacitações para os diferentes níveis da frota, entre outros. Afinal, conforme salientou Guilherme Rizzotto, diretor Comercial e de Marketing da empresa, o pneu funciona como um agente fiscalizador do veículo, apontando o que está funcionando e o que não e, assim, mostrando onde se pode economizar. “A gestão de pneus dá uma visão que oferece um olhar amplo no que se refere aos gastos de uma frota.” Rizzotto disse que “é possível usar o pneu como um ‘dedo-duro’ da ausência ou ineficácia da manutenção, bem como do uso inadequado do equipamento durante a condução.” O diretor da Vipal ainda ressaltou que “operar com prevenção e acompanhar o desenvolvimento dos pneus para saber do seu desgaste e situação são muito importantes para os transportadores, pois diminui os riscos com custos desnecessários, além de ser essencial para manter um equilíbrio interno na gestão da empresa de transporte”. Seguindo o conceito de oportunizar menor custo ao transportador por meio da gestão dos pneus, estiveram entre os produtos em destaque na Fenatran a linha de Bandas ECO, produzidas com compostos especiais de borracha de alta tecnologia, que proporciona economia de até 10% de combustível, de acordo com a empresa. Também, o Manchão Aramida, segundo Rizzotto extremamente resistente a impactos e, ao mesmo tempo, mais leve e flexível que os manchões tradicionais, o que dificulta o surgimento de vincos na área reparada. Produzido com fibra de aramida, reforço têxtil utilizado em coletes à prova de bala e cintos de segurança, que é cinco vezes mais resistente que o aço, garante menor interferência no balanceamento dos pneus. Igualmente, marcaram presença dentro do estande pneus reformados com as bandas da Vipal e a linha de reparos, aptos a todos os tipos de pneus. Com o mesmo intuito de aperfeiçoar os serviços valendo-se de tecnologia e qualidade de forma a resultar em economia para o transportador, o Protrans, Programa de Orientação ao Transportador, exclusivo para clientes da Vipal Rede Autorizada, é capaz de promover avaliações completas dos pneus. Ele aponta os melhores caminhos para rodar com mais segurança, desempenho e o menor custo por quilômetro possível. Já o Pneuplus é um software de gestão da vida dos pneus para ajudar as frotas a economizarem. Também desenvolvido exclusivamente para clientes da empresa, acompanha tudo o que acontece com os pneus, além de programar inspeções e manutenções sempre que necessário. Outra resposta que a Vipal traz aos transportadores é a de “como qualificar as equipes”. Para isso, a empresa conta com a Univipal, onde seus parceiros passam por cursos e treinamentos (presenciais ou in loco) nas áreas técnica, comercial e de gestão, que melhoram o atendimento a toda a cadeia produtiva. Como um de seus treinamentos de maior referência, a Univipal tem o curso de Gestão de Pneus, dirigido a proprietários de transportadoras, controladores de frotas e equipe de manutenção, e que tem por objetivo proporcionar maior conhecimento sobre pneus, processo de reforma e cuidados básicos com a manutenção dos mesmos. Ainda no que se refere a serviços, a Vipal levou à Fenatran informações sobre o seu programa de reforma qualificada e garantida, o RQG. “Mais abrangente garantia do segmento, dá direito à reposição imediata em caso de defeito por falha de produto ou de processo até a terceira reforma das 16 principais marcas do mercado, além de oferecer ao frotista atendimento completo em qualquer reformadora da Vipal Rede Autorizada”, completou Rizzotto.

 

 

Scania reforçou compromisso com sistema de transporte mais sustentável

A Fenatran 2019 marcou a primeira grande feira de exposição da Nova Geração de caminhões da Scania, que começou a ser entregue em fevereiro deste ano e demonstrou, na prática, até 12% de economia de combustível em comparação à geração anterior. As novidades apresentadas foram dois pesados mais sustentáveis, um movido a gás natural veicular (GNV) e/ou biometano e outro 100% a gás natural liquefeito (GNL) e/ou biometano. O estande, que contou com 13 caminhões – sendo duas Edições Especiais (V8 50 anos e Scania Vintage) –, esteve todo conectado por uma grande e tecnológica espiral de led, apresentando o novo conceito de soluções personalizadas de produtos, serviços e alternativas financeiras via sistema TMA (Tailor Made for Application). Outras atrações foram dois motores, um de 7 litros da linha urbana/regional, de semipesados, e outro V8 a gás para grupos geradores de energia, um mercado de grande potencial. Também fez parte do estande da marca a Split Cabin, uma cabine S (a primeira da marca com piso plano) aberta para o público conhecer os benefícios de conforto e ergonomia; a área Apaixonados por Scania, um lugar de livre acesso, entretenimento e distribuição de brindes; e o Espaço Inovação, de tendências e tecnologias Scania para o futuro. “A proposta da Scania para a Fenatran 2019 foi ‘Mudar o Mundo do Transporte’ em parceria com o cliente. Assumimos um acordo global de liderar a transformação para um sistema de transporte mais sustentável. É comprometimento público, não apenas promessa. E o visitante comprovou isso num estande tecnológico e amigável, que apresentou as soluções de forma interativa e detalhada”, afirmou Márcio Furlan, gerente Marketing e Comunicação da Scania no Brasil.

Gás Natural Veícular – Durante o evento, a montadora vendeu o primeiro caminhão movido a Gás Natural Veícular (GNV) ou biometano da Fenatran. O modelo R 410 foi adquirido pela RN Logística, de São Paulo, e será usado na rota São Paulo-Rio de Janeiro para o transporte de produtos da francesa L’oreal. A redução de emissões de CO2 pode chegar a até 15% em comparação a similares a diesel, se abastecido com GNV, e até 90% se o combustível for o biometano. Os inéditos caminhões pesados Scania, movidos a gás natural veicular (GNV) ou gás natural liquefeito (GNL), têm 410 cavalos de potência e são vocacionados para médias e longas distâncias. As configurações de tração 6×2 são as ideais para atuar no transporte de cargas. Seus motores são Ciclo Otto (o mesmo conceito dos automóveis) e 100% a gás (natural ou liquefeito) e biometano, ou mistura de ambos. Os motores não são convertidos do diesel para o gás, eles têm garantia de fábrica e tecnologia confiável, com desempenho consistente e força semelhante ao caminhão a diesel. Além de serem 20% mais silenciosos. Saiba mais sobre o primeiro caminhão movido a biometano do Brasil, da Scania, no site da  Logweb, através do campo de busca.

 

 

Primeiro caminhão sem retrovisores externos da América Latina é da Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz lançou na Fenatran o primeiro caminhão sem retrovisores externos convencionais da América Latina. No lugar deles, está o MirrorCam, sistema digital com câmeras que transmite imagens captadas em uma área de até 250 metros, oferecendo, ainda, a função “vista para manobra”, que permite otimizar o campo de visão em velocidades abaixo de 10 km/h. A novidade é um dos opcionais do Novo Actros, que entrará em operação em 2020. “Os retrovisores digitais irão oferecer uma visibilidade muito melhor da área ao redor do caminhão e do implemento, trazendo ainda mais segurança para o motorista, veículo, carga, tráfego e pessoas na via”, ressaltou Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. Além disso, a tecnologia permite reduzir o consumo de combustível, graças aos ganhos aerodinâmicos das pequenas câmeras externas. Outra vantagem é a segurança e comodidade durante a noite. “Mesmo com as cortinas internas da cabina fechadas, o motorista pode acionar o sistema a qualquer hora, monitorando o entorno do caminhão sem precisar sair da boleia”, explicou.

Logo na abertura da Fenatran, a Mercedes-Benz vendeu os primeiros cinco Actros sem retrovisor externo para a Fagundes Construção e Mineração, maior frotista de Actros no Brasil e um dos maiores do mundo, com cerca de 500 caminhões dessa linha de extrapesados na frota. A empresa irá utilizar os veículos no transporte de cargas pesadas e em carretas basculantes.

O MirrorCam é apenas uma das inovações do Novo Actros, que também será pioneiro em lançar no país o ABA 5 de série, único sistema que freia automaticamente o caminhão quando identifica pedestres, veículos e obstáculos estáticos e móveis à sua frente. Considerado o primeiro caminhão digital do mercado, ele traz inovações em conectividade, como dois painéis digitais, espelhamento de celular via Apple CarPlay ou Android Auto, recarga sem fio e outros recursos. Outra novidade no novo modelo é a inédita cabina, que amplia o espaço interno para o motorista e acompanhante, garantindo conforto, ergonomia e bem-estar a bordo. Outros destaques são a altura interna, que chega a 1,84 metros, facilitando a movimentação, e o design mais aerodinâmico, contribuindo para a redução de consumo de combustível.

“Desenhamos uma nova cabina de caminhão totalmente diferente de tudo o que o mercado já viu, muito mais interativa e conectada. Além de mais espaço interno, a partir de 2020, o Novo Actros terá dois painéis digitais e tela touch screen para um deles, espelhamento de celular e recarga por indução”, garantiu Leoncini. O modelo também inova com a partida por botão. A chave fica no bolso do motorista, por exemplo, bastando apertar o botão no painel por 5 segundos ou pisar no freio ao pressionar o botão para acionar o motor.

Outra novidade é que a marca foi a primeira a disponibilizar um caminhão com direção autônoma (o Atego 2730 6×4) para test-drive na Fenatran. Nessa experiência, realizada em parceria com a Grunner, empresa de tecnologia para o campo, os motoristas puderam testar como funciona o caminhão com direção autônoma que opera juntamente com as colhedoras no campo. “Com ajustes de bitola, georreferenciamento e direção autônoma, os modelos Atego que são equipados com câmbio automatizado asseguram precisão na operação, evitando o pisoteio das linhas de plantio”, disse Leoncini. Com capacidade para até 14 toneladas de carga líquida, o Atego 2730 6×4 com direção autônoma é equipado com o motor Mercedes-Benz OM 926 LA de 286 cv de potência a 2.200 rpm. A transmissão automatizada MB PowerShift G211 de 12 marchas foi desenvolvida para aplicações off-road.

Braspress – Além do negócio fechado com a Fagundes Construção e Mineração, a montadora vendeu durante a Fenatran 40 furgões da Nova Sprinter para a Braspress. A linha de veículos comerciais leves da Mercedes-Benz também foi lançada no evento. “Os furgões Street têm boa capacidade cúbica de carga, pouca restrição à circulação e muito boa manobrabilidade nas áreas urbanas”, disse Urubatan Helou, diretor-presidente da Braspress.

A Nova Sprinter chega ao mercado com mais potência e torque para o motor OM 651 CDI, tendo como foco a melhor performance do veículo. Com isso, o portfólio da nova linha agora é formado pelos modelos 314 CDI Street, 416 CDI e 516 CDI, com 220 kg a mais de PBT na versão 416, aumentando a capacidade de carga do veículo. Outra questão é a redução do consumo de combustível. No caso do modelo de 3 toneladas, o consumo reduziu 20% em comparação ao modelo anterior.

 

Kenworth T680 fez parte das novidades da DAF

O estande da DAF Caminhões Brasil foi cenário para a exposição dos modelos DAF CF e LF rígidos, de uma edição especial exclusiva para a Fenatran do XF105 Serie silver, do modelo CF85 rodoviário e na configuração off-road e do Kenworth T680. A empresa também apresentou novidades na linha Multimarcas TRP, uma loja de produtos DAF exclusiva para a Fenatran e, também, condições especiais do Banco Paccar Financial para aquisições durante a feira, além do consórcio nacional. Comercializado na Europa, onde registra excelentes números de vendas, segundo a empresa, o modelo médio LF chega ao Brasil com implemento box e, também, sob o conceito de oficina móvel – serviço que será lançado em breve na Rede DAF. Equipado com o motor Paccar PX-7, de 6,7 litros e potência entre 200 cv e 360 cv, o caminhão ficou exposto durante a feira, porém não há previsão de lançamento no Brasil.

O CF85 com chassi rígido, tração 6×4 e cabine Space também fez parte das novidades. Montado com uma caçamba voltada ao segmento de construção, pode ser configurado como 6×2 e 8×2 e equipado com os motores Paccar MX-11, de 10,8 litros, ou MX-13, de 12,9 litros. A potência varia entre 390 cv e 530 cv, e as opções de transmissão se dividem entre 12 e 16 velocidades. Há oferta de câmbio manual com 16 marchas. Outro caminhão que foi destaque é o Kenworth T680. Apenas como modelo de exposição, o extrapesado do Grupo Paccar é equipado com motor Paccar MX-13 (de 12,9 litros) e potência entre 405 cv e 510 cv. Câmbio automatizado de 12 velocidades e sistema otimizado de economia de combustível fazem parte dos seus atributos.

A DAF apresentou, ainda, em primeira mão, duas unidades da série especial do XF105. Como diferencial, o caminhão traz bancos revestidos em couro, para-lamas na cor da carroceria, rodas de alumínio e visual exclusivo. Esta versão exclusiva é 6×4, tem cabine Super Space Cab, a mais espaçosa da categoria, e motor de 510 cv. Um terceiro XF105 também esteve exposto no estande. Com cabine Space Cab, o caminhão foi equipado com os lançamentos TRP, como ar-condicionado de teto e rodas de alumínio. O CF85 aparece também nas versões Space Cab e off-road. Voltado à aplicação canavieira e madeireira, a linha fora de estrada foi desenvolvida em parceria com a matriz, na Holanda, e conta com capacidade técnica liberada para 125 toneladas (CMT).

A configuração de aplicação rodoviária do CF85 também marcou presença na feira. Lançado no país no final de 2015, o pesado é voltado ao transporte de curtas e médias distâncias. Seu trem de força é equipado com o motor Paccar MX de 12,9 litros e o freio motor de 430 cv.

E-commerce – Outra novidade é o e-commerce da montadora, que chega em dezembro ao país para facilitar a compra de peças. Chamado de DAF webshop, a novidade estreia com exclusividade para os clientes da marca.

Mais um destaque na feira foi a apresentação do conceito de oficina móvel, que permite a manutenção preventiva ou corretiva do caminhão onde ele estiver, extinguindo a necessidade de deslocamento até a concessionária mais próxima. O resultado é uma maior disponibilidade da frota ao cliente e o aumento da agilidade no atendimento. Diferentemente do DAF Assistance, que continua em operação em todas as revendas da marca para atendimentos emergenciais, a Oficina Móvel funciona por agendamento diretamente na concessionária. O serviço permite ainda que o cliente tenha acesso a peças originais DAF e Paccar, e também à linha multimarcas TRP. Além dos caminhões DAF, toda a frota dos clientes pode ter acesso à manutenção da Oficina Móvel. “Levaremos a oficina até o cliente, com uma estrutura completa para executar os serviços no próprio local. O objetivo é facilitar a logística, além de permitir que o motorista desfrute da hora de descanso enquanto a manutenção é realizada. Nossa meta é entregar o mesmo atendimento de qualidade que o consumidor encontrará na concessionária, com mão de obra altamente qualificada”, explicou Luis Gambim, diretor comercial da DAF Caminhões Brasil.

 

VW anunciou produção dos primeiros caminhões elétricos brasileiros

A VW Caminhões e Ônibus deu um grande passo na viabilização da mobilidade elétrica oficializando seus parceiros para a produção dos primeiros caminhões elétricos brasileiros. Bosch, CATL, Moura, Semcon, Siemens, Weg, Meritor e Eletra fazem parte do inédito e-Consórcio no complexo de desenvolvimento e produção da VWCO em Resende, RJ. A celebração do nascimento do e-Consórcio ocorreu durante a Fenatran. O primeiro caminhão desenvolvido no Brasil a entrar em produção em série em 2020 é o e-Delivery 14 toneladas, concebido na configuração 6×2. O modelo traz novo conjunto de trem de força e arquitetura modular para atender todo o portfólio de veículos comerciais elétricos Volkswagen. O motor elétrico entrega até 260 kW de potência com autonomia de até 200 km, variando de acordo com as condições de operação. A recarga das baterias pode ser realizada de forma flexível (30% em 15 minutos ou 100% em 3 horas), de forma a atender às mais variadas demandas da operação, assim como a disponibilidade de infraestrutura.

O e-Delivery 14 toneladas também traz sistema de leitura inteligente da massa transportada pelo veículo para ajustar o consumo de energia, em conjunto com o Eco-Drive Mode. Chassis, rodas e pneus seguem as características tradicionais e toda robustez da nova linha Delivery, compartilhando componentes da plataforma para garantir a sinergia e escala de componentes também com a família diesel, visando à consequente redução de custos.

Na sequência será a vez do e-Delivery 11 toneladas somar-se à linha elétrica. “Essa iniciativa entra para a história da indústria automotiva mundial. Juntos, VWCO e parceiros, somamos forças para tornar viável a produção e a aplicação dos primeiros caminhões elétricos desenvolvidos e feitos no Brasil”, afirmou Roberto Cortes, presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus. A empresa foi a primeira fabricante a testar, em condições reais de operação, um caminhão elétrico no Brasil. Pouco mais de um ano após a Cervejaria Ambev anunciar que terá mais de 1/3 da frota parceira composta por pelo menos 1.600 caminhões Volkswagen elétricos até 2023, maior anúncio do tipo no mundo, as duas empresas celebram conquistas para a viabilidade da distribuição elétrica.

Entre os caminhões Delivery a diesel, a VWCO também é pioneira: o caminhão leve mais vendido do Brasil estreia agora como Delivery 11.180 4×4, com tração especial e força para rodar em qualquer terreno. A novidade já entra para a história como a única da categoria com essa configuração para o transporte de mercadorias ou prestação de serviços específicos, diz a empresa.

Disponível com entre eixo de 4.000 mm, a aptidão para encarar qualquer desafio se vê numa plataforma de carga mais alta, com comprimento de 5.600 mm, e toma forma também com o uso de suspensão dianteira e traseira reforçada e eixo traseiro com sistema de bloqueio no diferencial, para mais eficiência em terrenos acidentados e de baixa aderência.

Foi desenvolvido para permitir o uso do veículo como reboque e traz de série pneus de uso misto específicos (235/75 R17.5) para operações com tração integral. O Delivery 4×4 se beneficia ainda das mesmas vantagens de sua versão 4×2. Tem o maior peso bruto total de sua categoria, com 10,7 toneladas. A agilidade em qualquer operação se garante com 175 cavalos de potência e torque máximo de 600 Nm numa ampla faixa de rotações.

Para as operações urbanas também tem inovação: os modelos VW Delivery 9.170 e 11.180, já líderes em suas categorias, contam com nova versão V-Tronic, que pode gerar um incremento no lucro operacional de cerca de 10%.

Por sua vez, a família Constellation combina novidades no design à robustez para o trabalho pesado com a gama de vocacionais Robust. Dentre os destaques está a evolução da transmissão automatizada V-Tronic, que equipa o Constellation 24.280. Acompanhando a demanda da automatização no segmento rodoviário, o modelo passa a contar com a caixa Eaton MHD de dez velocidades, que chega para ampliar o conforto e a produtividade das viagens de curtas e médias distâncias. Por fim, a linha MAN TGX estende sua lista de atributos com a suspensão pneumática, que passa a ser um opcional para os cavalo mecânicos nas versões 6×2 e 6×4.

 

Pósitron Stoneridge levou ao evento soluções de rastreamento

A Pósitron, empresa do Grupo Stoneridge, apresentou lançamentos e soluções em serviços de rastreamento na Fenatran 2019. Entre as novidades, uma tecnologia que traz ainda mais performance para as soluções de rastreamento: a migração total dos seus datacenters no Universo IoT e Cloud – Amazon Web Services (AWS), hoje conhecidos como computação em nuvem. “Investimos US$ 2 milhões em plataforma IoT, Cloud e desenvolvimento de protocolos de comunicação MQTT, para garantir escalabilidade em novas soluções logísticas com segurança e ampla possibilidade de customizações. Além do novo equipamento de rastreamento desenvolvido no Brasil com tecnologia 4G CAT M1 para Europa e Estados Unidos e lançamento no Brasil estimado para o primeiro semestre do próximo ano”, afirmou Obson Cardoso, diretor de operações da Unidade de Rastreamento da Pósitron Stoneridge. As soluções de Carga, Carga SAT, Telemetria CAN, Jornada de trabalho, Gestão de frota e RFID para gestão e segurança da frota estarão disponíveis na plataforma IoT AWS. Durante a Fenatran 2019, outros lançamentos apresentados pela Pósitron Stoneridge foram o Teclado Android Touch e o Rotograma Falado. O produto atua como copiloto eletrônico do motorista na prevenção de acidentes, com mensagens em áudio relevantes no trajeto e alertas configuráveis. Outros lançamentos foram as novas Iscas descartáveis com redundância SIGFOX, equipamentos de alta performance com redundância em radiofrequência com tecnologia SIGFOX e RF433, modem de alta geração, receptor GNSS de alta sensibilidade e otimização no tempo de carregamento da bateria.

Câmaras de vídeo nos caminhões – A Pósitron também apresentou um investimento inédito no país: a substituição dos retrovisores da frota de caminhões por câmeras de vídeo. A novidade será testada pela ALE, quarta maior distribuidora de combustíveis do país, por meio da Central de Logística Integrada (Celig), que busca otimizações logísticas de cargas e fretes, oferece soluções em monitoramento de frotas, rastreamento veicular, atendimento a emergências e gerenciamentos de riscos. No evento, um caminhão da ALE com a nova tecnologia ficou em exposição no estande da Pósitron. De acordo com o diretor de Operações da ALE, Eduardo Dominguez, a segurança no transporte de combustíveis é um dos aspectos fundamentais para a empresa. “Por isso, temos investido continuamente em equipamentos e em tecnologias que busquem a preservação da vida, prevenção de acidentes, preservação ambiental e que atendam, da melhor forma, às necessidades dos nossos clientes por meio da Celig. Temos boas expectativas com relação a essa nova tecnologia que está em fase de testes”, completou.

 

PETRONAS promoveu tour virtual ao Centro de Excelência em Pesquisa e Tecnologia

Uma das líderes no mercado latino-americano de lubrificantes para tecnologia de fluidos automotivo e industrial, a PETRONAS Lubrificantes Brasil (PLB) exibiu o PETRONAS Urania com a tecnologia ViscGuard™, principal produto no segmento de motores a diesel para serviços pesados. Entre seus diferenciais está a capacidade de controlar os depósitos do motor e o desgaste abrasivo. Durante a Fenatran 2019, exposições interativas permitiram que os visitantes do estande aprendessem mais sobre a linha de produtos e serviços e conhecessem a história e as realizações da marca. Isso incluiu uma visita virtual ao Centro de Excelência em Pesquisa e Tecnologia PETRONAS para a América Latina, localizado em Contagem, MG, uma das instalações mais sofisticadas da região para o desenvolvimento e produção de fluidos, lubrificantes e graxas industriais.

 

Senior se destacou com plataforma de otimização logística

Além de seu pacote de produtos, a Senior levou para a Fenatran outras soluções que contribuem com o processo de Transformação Digital. Atenta às demandas do mercado, a empresa desenvolveu uma solução que pode reduzir até 25% os custos com transportadoras, contribuindo com o aumento da competitividade – a plataforma de otimização logística, que oferece suporte em três pilares: planejamento de rotas e viagens, torre de controle e  gestão de pátio e agendamento. De acordo com o Head de Logística da Senior, Anderson Benetti, esse pacote de ferramentas traz benefícios em curto prazo, aumentando a produtividade dos veículos, reduzindo o tempo de planejamento de rotas e viagens e permitindo acompanhar as entregas em tempo real, prevendo se terá algum atraso mesmo antes que ele aconteça.

 

 

Sascar lançou câmera de direção inteligente

A Sascar chegou a 22ª Fenatran tendo como lançamento a câmera de direção inteligente. Unindo a tecnologia de telemetria ao sistema de câmeras inteligentes, a solução identifica, de maneira rápida e eficiente, comportamentos de risco ao volante e cria avisos instantaneamente. A partir de alertas enviados em tempo real ao gestor da frota, decisões mais assertivas e imediatas podem ser tomadas. O objetivo é trazer aumento significativo da segurança operacional. A união do vídeo à telemetria permite, além da mensuração de dados mecânicos do veículo, o monitoramento do comportamento do motorista. Cansaço excessivo, invasão de faixas, vícios de condução, ultrapassagens inseguras, são alguns dos comportamentos de risco captados pela ferramenta, que em tempo real emite relatórios e disponibiliza os vídeos para que o gestor da frota tome a melhor decisão.

 

Veloe destacou o seu vale-pedágio

O mercado corporativo é de extrema importância para a Veloe, unidade de negócios para pagamento automático de pedágios e estacionamento da Alelo, bandeira especializada em benefícios, incentivos e gestão de despesas corporativas. Por isso, a empresa anunciou o lançamento do vale-pedágio, um recurso que permite o maior controle de gastos das empresas com pedágios. “Com esta solução, o cliente calcula os custos que um caminhão terá em determinado trajeto e carrega a sua conta Veloe com o valor preciso. Isso evita desvios de rotas e mais planejamento, além do atendimento à Lei do vale-pedágio”, explicou Petrus Moreira, superintendente de Produtos e Finanças da Veloe. Uma das grandes facilidades do vale-pedágio é que, caso o transportador não utilize todo o valor do saldo disponível, a empresa de transporte não perde os recursos.  Os valores ficam acumulados e podem ser devolvidos futuramente. “Além disso, o cliente pode acompanhar a rota feita pelo motorista e obter informações sobre as passagens nas praças de pedágios. Isso sem falar na economia de tempo e dinheiro que ele vai ter”, disse Moreira.

 

Volvo destacou caminhão mais rápido do mundo e a Série Especial do FH

O Iron Knight (Cavaleiro de Ferro), considerado o caminhão mais veloz do mundo, esteve entre as atrações da Volvo na Fenatran. Foi a primeira vez que o veículo, detentor de dois recordes mundiais (de 0 a 500 m e de 0 a 1.000 m), homologados pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), participou de um evento fora da Europa. Com motor de 2.400 cavalos e torque de 6.000 Nm, o Iron Knight foi produzido para demonstrar a capacidade da marca de extrair desempenho excepcional de seus veículos.  “O caminhão, feito para mostrar a alta resistência do trem-de-força em condições extremas, usa a mesma transmissão I-shift e tem um motor com os mesmos componentes internos dos motores que equipam nossos modelos de produção regular, mas com preparação que atinge potência quase cinco vezes superior”, assegurou Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões. Outro destaque foi um FH da série especial em comemoração aos 40 anos da Volvo no Brasil. Inspirado no primeiro caminhão produzido pela marca no país, em 1980, o modelo é uma edição limitada de 40 veículos. “Com uma configuração única, é equipado com o que há de mais avançado em tecnologias de transporte”, disse Cavalcanti. Pintado na cor White Sky e com faixas laterais inspiradas no N10, o FH 40 Anos é um modelo Top Class, reunindo o que há de melhor em atributos de conforto, performance, comunicação e segurança.

A Volvo mostrou, ainda, toda a sua linha de caminhões com a nova tecnologia de Aceleração Inteligente. Segundo a empresa, os avanços fizeram o FH ficar até 10% mais econômico. Um novo software de motor, novos componentes internos e um lubrificante mais avançado reduzem ainda mais os custos operacionais da linha 2020 dos caminhões Volvo FH, FM e FMX. Novos algoritmos identificam a necessidade real de torque e potência conforme a topografia e a carga, controlando a injeção de combustível de forma muito precisa para reduzir o consumo.

Serviços conectados, como a Manutenção Inteligente Volvo e a Gestão de Combustível, criadas para baixar os custos do transporte e diminuir o número de paradas não planejadas dos caminhões, também foram exibidos pela montadora.

 

Veja também as novidades em implementos rodoviários lançados na Fenatran na Logweb Digital número 35 – em www.logweb.com.br – revista

Newsletter
Cadastre-se aqui


Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota
Retrak
JLL
Manufacturing Summit Brazil