Facebook Twitter Linkedin Instagram
Investimento 7 de janeiro de 2019

Porto de São Sebastião investe mais de R$ 5 milhões na segurança das operações e no meio ambiente

O ano de 2018 foi de crescimento para o Porto de São Sebastião, que movimentou cerca de 718 mil toneladas de produtos, um aumento de 32% em relação ao ano passado. Na importação, os principais produtos operados foram o Granel Sólido, Carbonato de Sódio (barrilha), Sulfato de Sódio, Malte, Cevada, Ulexita e Gipsita. Já na exportação, as principais movimentações registradas foram de cargas vivas (bovinos) e automóveis. Somente em 2018, o Porto exportou aproximadamente 148 mil cabeças de gado, um aumento de 188% se comparado com o ano anterior.

Além disso, foi registrado também crescimento de 35% no número de embarcações que passaram pelo Porto. Em 2017, 63 navios atracaram em São Sebastião. Já em 2018, até o final de novembro, foram registrados 78 navios. A previsão é que o número chegue a 85 embarcações até o final do ano.

O crescimento na movimentação vem acompanhado de investimentos na segurança das operações com aquisição de um scanner, que funciona como um raio x, e é capaz de visualizar o conteúdo no interior de um contêiner. Quando o caminhão passar pelo equipamento, as imagens captadas da carga serão enviadas à Receita Federal, que analisará se a mercadoria está de acordo com a legislação.

A nova tecnologia tornará a fiscalização mais eficiente, reduzindo o tempo de liberação das mercadorias de importação, exportação ou cabotagem. Com investimento de R$ 4,2 milhões do Governo do Estado, o Porto de São Sebastião concluiu a instalação do scanner que já está funcionando em fase de teste e terá suas operações iniciadas a partir de janeiro. Além disso, o Porto vem aprimorando ISPS Code, sistema que segue normas internacionais de segurança para controle de acessos de pessoas e cargas, inclusive com monitoramento de navios, tornando as operações mais seguras.

Gestão Ambiental. A Companhia Docas São Sebastião vem mantendo seu compromisso de melhoria contínua na gestão ambiental. Em 2018, investiu R$ 1 milhão em programas que garantem sua classificação entre os três melhores portos do país, conforme o Índice de Qualidade de Gestão Ambiental em Portos Organizados (IQGAPO).

Este ano, o Porto de São Sebastião renovou a certificação da norma ISO 14.001/2004, conquistada em 2015, quando se tornou o primeiro porto público do país a ter o selo internacional, que passa a ter validade até março de 2021. A adesão à certificação ISO 14.001 comprova o desempenho da gestão ambiental da Companhia, por meio do controle dos aspectos e impactos ambientais relacionados às atividades desenvolvidas.

Localização. O Porto de São Sebastião, localizado no litoral Norte do Estado de São Paulo, é administrado pela Companhia Docas de São Sebastião desde 2007. É fundamental para o desenvolvimento do Vale do Paraíba e região de Campinas, pois tem grande potencial para escoamento das cargas produzidas ou importadas. A localização privilegiada, com duplos acessos aquaviários, e a capacidade de operar cargas de alto valor agregado são diferenciais do porto, que sedia também o Terminal Almirante Barroso (Tebar), voltado exclusivamente às cargas da Petrobrás.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Savoy
Brasil Log
Brasil Log
Brasil Log
Retrak
Veloe
Forexsa Toyota Profishop 2019 Alphaquip