Facebook Twitter Linkedin
Modal Marítimo 7 de março de 2018

Sepetiba Tecon tem novos parâmetros de manobras e atrai grandes navios

O Presidente do Sepetiba Tecon, Pedro Brito, anunciou que o terminal obteve junto as Autoridades Portuária e Marítima a homologação de novos parâmetros de manobras e passa a operar com calado máximo de 15,40 m para entrada e saída de navios porta-contêineres. Esse reconhecimento legal foi concedido graças a realização de obras de dragagem na bacia de evolução, área de manobra e berços do terminal e a validação dos levantamentos batimétricos junto ao CHM – Centro de Hidrografia da Marinha.

O Sepetiba Tecon possui um plano estratégico de investimento para modernização do terminal e expansão da sua capacidade de movimentação. O aumento do calado faz parte desse planejamento que ainda prevê a aquisição de nove novos RTGs (Rubber Tired Gantry) e dois Portêineres, o que aumentará ainda mais a sua produtividade e capacidade operacional. Todo esse investimento pertence a um pacote estimado em R$ 567 milhões, proposto em dezembro passado à Autoridade Portuária (CDRJ – Companhia Docas do Rio de Janeiro) e ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

Segundo Jorge Mello, Diretor Geral do Sepetiba Tecon, a expectativa da empresa é, com aumento do calado operacional, atrair navios ainda maiores para o terminal e fomentar os investimentos feitos no comércio exterior do Rio de Janeiro com diversos países. “Com a homologação dos novos parâmetros, passamos a ter o maior calado da Costa Leste da América do Sul. A próxima conquista é ser o primeiro terminal do Brasil apto a receber os navios da classe New Panamax com até 366m de comprimento e 51m de largura”, diz Mello.

Assine a Revista Logweb Retrak Vipal Resolve Logweb

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


Mais lida da Logweb
Investimentos de R$ 66 milhões: Itacoatiara ganha maior porto do interior Amazonas
leia também