Facebook Twitter Linkedin Instagram
Setcesp 26 de novembro de 2018

SETCESP pelo IAA – Alemanha 2018

Tradicionalmente o SETCESP – Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região promove, uma vez por ano, uma viagem técnica para o exterior com o objetivo de fazer benchmarking empresarial, conhecer novas tecnologias e inovações, entender o que está acontecendo em outros países em relação às normas e legislações de transportes e, também, conhecer a situação atual da mobilidade urbana de cargas e os caminhos futuros.

O tema da viagem desse ano foi: “A reforma trabalhista alemã e as novas tecnologias”.

O grupo foi composto por 20 empresários e executivos associados ao SETCESP que tinham como objetivo trazer grandes inovações para suas empresas e para o mercado da logística brasileira.

Escolhemos Frankfurt como sede para o nosso grupo, pois a mesma reúne a maior concentração de empresas da Alemanha e a própria cidade poderia nos dar novas ideias para o abastecimento urbano de grandes regiões metropolitanas.

A programação foi montada da seguinte forma: segunda-feira visitamos a maior feira de veículos comerciais do mundo, a IAA, e de terça-feira em diante visitamos transportadoras, escritório de advocacia, departamentos públicos relacionados ao transporte e empresas fornecedoras.

Nesse artigo, vou me concentrar em relatar a nossa visita à IAA, evento sediado em Hanôver, a 350 quilômetros de carro e aproximadamente 2 horas de trem de onde estávamos, opção esta escolhida devido à estação central de Frankfurt estar a 5 minutos do nosso hotel.

Saímos no trem das 07h da manhã chegando a Hanôver por volta das 09h, fomos recepcionados pelo Sr. Alexandre Lasmar e pelo Sr. Joerg Radtke, executivos da Mercedes-Benz, empresa que nos proporcionou as entradas na feira e foi a nossa anfitriã no evento. É impressionante o tamanho da IAA, como se fosse uns dez Anhembis, e não é diferente o tamanho dos próprios estandes.

No estande da Mercedes-Benz conhecemos toda a linha de caminhões e ônibus que eles possuem na Alemanha. Na parte de ônibus, a montadora entrega ao mercado o veículo completo, chassis e carroceria. Já na parte de caminhões, conhecemos as novas tecnologias embarcadas com um grande destaque para o retrovisor inteligente, o qual, com uma combinação de câmeras, proporciona ao motorista a visão traseira do caminhão através de tablets instalados dentro da cabine. O equipamento também separa as imagens e diminui drasticamente os pontos cegos do veículo.

Outra tecnologia muito interessante é um jogo de câmeras inteligentes instaladas no para-brisa e nas laterais do caminhão que possuem OCR (Optical Character Recognition) e são capazes de interpretar os objetos na frente e nas laterais do veículo, separando o que são carros, pedestres, motociclistas, animais e ciclistas.

Essa tecnologia consegue, inclusive, interpretar os movimentos de um ciclista e, se por acaso, alguma coisa cruzar o trajeto do caminhão ou entrar no ponto cego com possibilidade de colidir com o veículo, a tecnologia para o caminhão na hora, elevando o nível de segurança a patamares impressionantes.

Outro ponto que chamou a atenção, na esmagadora maioria dos estandes, foi a frenética corrida para tecnologias de motores que utilizam outras fontes energéticas e que reduzem as emissões de CO2, com um grande destaque para os veículos elétricos. Na maioria das montadoras observamos a oferta destes e, em algumas delas, a linha toda de pequenos, médios e grandes veículos.

Porém, ainda há muitas questões a serem debatidas em torno da eletrificação da frota. A primeira são os custos desses veículos que, mesmo na Europa, está difícil equalizar essas contas, mas a comunidade europeia está obrigando montadoras e operadoras a encontrarem soluções. Nesse mesmo sentido, grandes incentivos estão sendo aplicados para contribuir com essa transformação.

Mas não foram apenas os veículos elétricos que surpreenderam. Os veículos híbridos, movidos a gás e a hidrogênio, também estavam presentes no salão.

No estande da Scania, por exemplo, conhecemos uma tecnologia híbrida com óleo diesel e energia elétrica fornecida por linhas de transmissão, as quais estão sendo instaladas nas estradas. Nessa tecnologia, o caminhão se conecta automaticamente à rede eletrificada, como se fosse um trólebus moderno, pois a ligação não é fixa. Esse projeto está sendo chamado de Project ELISA em Frankfurt e tivemos a oportunidade de conhecer de perto essas linhas nas estradas próximas da cidade.

No gigantesco estande da Volkswagen MAN tivemos a grata surpresa de ver o veículo de distribuição urbana elétrico desenvolvido no Brasil, com engenharia brasileira, e, também, conhecemos várias tendências e novas tecnologias embarcadas que auxiliam na condução do veículo e aumentam significativamente a segurança das operações.

Já na Volvo, conhecemos a proposta do veículo 100% autônomo, sem a cabine do motorista e 100% elétrico, o Projeto Vera, que ainda é utilizado para operações de manobras em grandes pátios e portos, mas os engenheiros já estão trabalhando para levar esse veículo para as estradas.

A IAA é realmente muito grande e com muitas opções de tecnologia, implementos, veículos comerciais de todos os tamanhos e equipamentos, mas tenho que registrar que a Mercedes-Benz, a Volvo, a Volkswagen MAN e a Scania se destacam!

Essa feira foi um divisor de águas entre quatro pilares muito importantes e que agora realmente se tornaram realidade: Conectividade; Automação ou Autônomos; Shared (compartilhamento de veículos e caminhões); e Eletrificação de motores.

Temos o costume de viajar pelo mundo para conhecer os assuntos entorno do transporte rodoviário de cargas e sempre descobrimos tecnologias terceiras que embarcávamos nos nossos veículos. Nesta IAA foi possível observar que estas tecnologias agora estão sendo embarcadas de forma nativa pelas montadoras.

Como é gratificante ter a oportunidade de viajar pelo mundo a trabalho, conhecendo novas tecnologias, novas tendências, novas pessoas e empresas.

 

Conheça melhor os serviços do SETCESP em www.setcesp.org.br.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Forexsa Toyota LOGCP Retrak Profishop 2019