Facebook Twitter Linkedin Instagram
Setcesp 26 de novembro de 2018

SETCESP pelo IAA – Alemanha 2018

Tradicionalmente o SETCESP – Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região promove, uma vez por ano, uma viagem técnica para o exterior com o objetivo de fazer benchmarking empresarial, conhecer novas tecnologias e inovações, entender o que está acontecendo em outros países em relação às normas e legislações de transportes e, também, conhecer a situação atual da mobilidade urbana de cargas e os caminhos futuros.

O tema da viagem desse ano foi: “A reforma trabalhista alemã e as novas tecnologias”.

O grupo foi composto por 20 empresários e executivos associados ao SETCESP que tinham como objetivo trazer grandes inovações para suas empresas e para o mercado da logística brasileira.

Escolhemos Frankfurt como sede para o nosso grupo, pois a mesma reúne a maior concentração de empresas da Alemanha e a própria cidade poderia nos dar novas ideias para o abastecimento urbano de grandes regiões metropolitanas.

A programação foi montada da seguinte forma: segunda-feira visitamos a maior feira de veículos comerciais do mundo, a IAA, e de terça-feira em diante visitamos transportadoras, escritório de advocacia, departamentos públicos relacionados ao transporte e empresas fornecedoras.

Nesse artigo, vou me concentrar em relatar a nossa visita à IAA, evento sediado em Hanôver, a 350 quilômetros de carro e aproximadamente 2 horas de trem de onde estávamos, opção esta escolhida devido à estação central de Frankfurt estar a 5 minutos do nosso hotel.

Saímos no trem das 07h da manhã chegando a Hanôver por volta das 09h, fomos recepcionados pelo Sr. Alexandre Lasmar e pelo Sr. Joerg Radtke, executivos da Mercedes-Benz, empresa que nos proporcionou as entradas na feira e foi a nossa anfitriã no evento. É impressionante o tamanho da IAA, como se fosse uns dez Anhembis, e não é diferente o tamanho dos próprios estandes.

No estande da Mercedes-Benz conhecemos toda a linha de caminhões e ônibus que eles possuem na Alemanha. Na parte de ônibus, a montadora entrega ao mercado o veículo completo, chassis e carroceria. Já na parte de caminhões, conhecemos as novas tecnologias embarcadas com um grande destaque para o retrovisor inteligente, o qual, com uma combinação de câmeras, proporciona ao motorista a visão traseira do caminhão através de tablets instalados dentro da cabine. O equipamento também separa as imagens e diminui drasticamente os pontos cegos do veículo.

Outra tecnologia muito interessante é um jogo de câmeras inteligentes instaladas no para-brisa e nas laterais do caminhão que possuem OCR (Optical Character Recognition) e são capazes de interpretar os objetos na frente e nas laterais do veículo, separando o que são carros, pedestres, motociclistas, animais e ciclistas.

Essa tecnologia consegue, inclusive, interpretar os movimentos de um ciclista e, se por acaso, alguma coisa cruzar o trajeto do caminhão ou entrar no ponto cego com possibilidade de colidir com o veículo, a tecnologia para o caminhão na hora, elevando o nível de segurança a patamares impressionantes.

Outro ponto que chamou a atenção, na esmagadora maioria dos estandes, foi a frenética corrida para tecnologias de motores que utilizam outras fontes energéticas e que reduzem as emissões de CO2, com um grande destaque para os veículos elétricos. Na maioria das montadoras observamos a oferta destes e, em algumas delas, a linha toda de pequenos, médios e grandes veículos.

Porém, ainda há muitas questões a serem debatidas em torno da eletrificação da frota. A primeira são os custos desses veículos que, mesmo na Europa, está difícil equalizar essas contas, mas a comunidade europeia está obrigando montadoras e operadoras a encontrarem soluções. Nesse mesmo sentido, grandes incentivos estão sendo aplicados para contribuir com essa transformação.

Mas não foram apenas os veículos elétricos que surpreenderam. Os veículos híbridos, movidos a gás e a hidrogênio, também estavam presentes no salão.

No estande da Scania, por exemplo, conhecemos uma tecnologia híbrida com óleo diesel e energia elétrica fornecida por linhas de transmissão, as quais estão sendo instaladas nas estradas. Nessa tecnologia, o caminhão se conecta automaticamente à rede eletrificada, como se fosse um trólebus moderno, pois a ligação não é fixa. Esse projeto está sendo chamado de Project ELISA em Frankfurt e tivemos a oportunidade de conhecer de perto essas linhas nas estradas próximas da cidade.

No gigantesco estande da Volkswagen MAN tivemos a grata surpresa de ver o veículo de distribuição urbana elétrico desenvolvido no Brasil, com engenharia brasileira, e, também, conhecemos várias tendências e novas tecnologias embarcadas que auxiliam na condução do veículo e aumentam significativamente a segurança das operações.

Já na Volvo, conhecemos a proposta do veículo 100% autônomo, sem a cabine do motorista e 100% elétrico, o Projeto Vera, que ainda é utilizado para operações de manobras em grandes pátios e portos, mas os engenheiros já estão trabalhando para levar esse veículo para as estradas.

A IAA é realmente muito grande e com muitas opções de tecnologia, implementos, veículos comerciais de todos os tamanhos e equipamentos, mas tenho que registrar que a Mercedes-Benz, a Volvo, a Volkswagen MAN e a Scania se destacam!

Essa feira foi um divisor de águas entre quatro pilares muito importantes e que agora realmente se tornaram realidade: Conectividade; Automação ou Autônomos; Shared (compartilhamento de veículos e caminhões); e Eletrificação de motores.

Temos o costume de viajar pelo mundo para conhecer os assuntos entorno do transporte rodoviário de cargas e sempre descobrimos tecnologias terceiras que embarcávamos nos nossos veículos. Nesta IAA foi possível observar que estas tecnologias agora estão sendo embarcadas de forma nativa pelas montadoras.

Como é gratificante ter a oportunidade de viajar pelo mundo a trabalho, conhecendo novas tecnologias, novas tendências, novas pessoas e empresas.

 

Conheça melhor os serviços do SETCESP em www.setcesp.org.br.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Brasil Log
Brasil Log
Brasil Log
Translifit Retrak w6connect Business Park