Facebook Twitter Linkedin
Tecnologia 27 de fevereiro de 2018

Software da Logmax otimiza os processos logísticos das empresas que transportam cargas em ferrovias

Com foco no modal ferroviário, a Logmax Inteligência Logística (Fone: 31 98822.3468) – startup de Belo Horizonte especializada em soluções de software para a logística de empresas embarcadoras – desenvolveu um software TMS para agilizar e gerenciar o transporte de cargas na malha ferroviária brasileira. O objetivo é gerar ganhos em produtividade e redução de custos para os clientes e, consequentemente, para as ferrovias. As concessionárias ferroviárias entram como parceiras, permitindo a integração sistêmica com os seus sistemas operacionais. Para operar o sistema, o usuário precisa de um computador, tablet ou celular com acesso à internet.
“Geralmente as empresas que usam o transporte ferroviário têm um volume de cargas muito alto e, devido a isso, precisam usar ferramentas eletrônicas e manuais para auxiliar na gestão e no controle do tempo dessas operações. O diferencial da nossa solução é sincronizar todas as informações geradas no processo logístico e disponibilizá-las para as equipes em um só local, proporcionando um planejamento mais efetivo, previsibilidades das operações e a redução de custos”, diz Fábio Nascimento, CEO da startup. Segundo o empreendedor, o custo para contratar o serviço depende do volume de vagões que serão monitorados. O acesso à plataforma é cedida ao usuário – embarcador de cargas –, que passa a visualizar todas as informações relacionadas à sua contratação de fretes e, também, pode alimentar o sistema com outras informações.
A plataforma online Logmax Embarcador disponibiliza informações valiosas sobre a gestão da carga às empresas que contratam fretes com as ferrovias. Dados como a localização da carga em tempo real, controles do tempo de permanência dos vagões nos terminais e as entradas dos documentos fiscais podem ser administrados de forma ágil e centralizada. A ferramenta oferece previsibilidades de todo o processo, antecipação de problemas ou gargalos e também redução do excesso de trabalho manual das equipes com planilhas, e-mails e telefonemas. Caso o cliente tenha uma operação de multimodalidade, o software também permite o gerenciamento dos fretes contratados no modal rodoviário, que posteriormente serão embarcados/desembarcados nas ferrovias e portos.

Expansão
Neste ano, a Logmax quer expandir a plataforma para outros modais, como o hidroviário. “A solução Logmax Embarcador foi desenvolvida para otimizar a gestão dos fretes contratados no modal ferroviário, porém, visto que a multimodalidade busca a eficiência no transporte de cargas, desenvolvemos o Logmax Embarcador Multimodal. Esta plataforma integra, em um só local, todas as etapas relacionadas à contratação dos fretes realizadas com as empresas embarcadoras dos modais ferroviário, rodoviário e hidroviário. O objetivo é tornar as operações de transbordo mais rápidas e eficazes”, diz Nascimento.
Outra meta é finalizar as melhorias para a plataforma de gerenciamento de movimentação interna de cargas em pátios ferroviários, que utiliza a comunicação via sinais de radiofrequência.
De acordo com Nascimento, os investimentos recebidos pela startup desde que entrou em operação foram fundamentais para o desenvolvimento da empresa. O negócio conseguiu captar rodadas de investimentos, provenientes da gestora de fundos Fundepar e do BMG Uptech. Atualmente, a Logmax presta serviços para empresas dos segmentos de agricultura, industrializados, siderurgia, metalurgia e mineração.

Assine a Revista Logweb Retrak Vipal Resolve Logweb

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


Mais lida da Logweb
Investimentos de R$ 66 milhões: Itacoatiara ganha maior porto do interior Amazonas
leia também