Facebook Twitter Linkedin
Tecnologia 23 de setembro de 2015

Solução de gestão da Célere Intralogística reduz custos e melhora segurança

A Célere Intralogística, divisão do Grupo Movicarga especializada na gestão e execução de operações logísticas de alta complexidade, vem realizando com sucesso um trabalho de 5S, segurança e gestão para a Solvay Indupa, empresa do setor químico especializada na produção de PVC.

O processo, inciado em janeiro de 2014, foi implementado pela equipe da Célere, com total apoio da Solvay, a partir da união de ferramentas de gerenciamento e o conceito japonês de 5S (Senso de Utilização, Organização, Limpeza, Saúde ou Melhoria Contínua e Autodisciplina). O objetivo é garantir que toda a operação de embalagem, expedição e carregamento interno dos produtos químicos seja realizada de maneira correta e consciente pela equipe.

De acordo com Gustavo S. Ribeiro, diretor da Célere, “desde o início da implementação do projeto, houve um empenho maior, mantido até hoje, na questão de segurança e envolvimento da equipe da Célere. Isso trouxe resultados concretos à operação, refletidos em maior segurança e menores custos, tanto para a Célere como para a Solvay”.

Para Ruben Gabarrini, gerente de produção de PVC da Solvay, todos os indicadores do trabalho realizado pela Célere na empresa tiveram um desempenho acima do apresentado em 2013, período anterior ao início do projeto.

“Em especial o número de acidentes (com ou sem afastamento), zerado na comparação com 2014. Houve ainda uma redução de 48% da varredura do PVC recolhido no piso dos armazéns, seja por avarias ou falta de cuidado da operação. Com isso reduzimos a perda de produto final, diminui o custo operacional da Solvay e mantém os armazéns mais limpos e organizados. Houve ainda uma redução de 12% na geração de rejeitos de sacarias, insumo operacional comprado pela Solvay, que impacta diretamente no custo de produção”, explica o executivo.

O setor químico é o segmento de maior variação de produtos, necessidades e particularidades. Realizar a movimentação desses produtos requer atenção, comprometimento e cuidados específicos de todos os setores envolvidos, desde a produção, logística, armazenamento e destinação final.

O principal ponto envolvendo a movimentação deste segmento é a periculosidade dos produtos (tóxicos, corrosivos, inflamáveis, explosivos, etc.) que torna a operação logística de químicos, distinta e específica.

Para tanto, uma série de demandas e cuidados com a segurança dos equipamentos, profissionais capacitados, treinados e atualizados, o uso correto dos EPIs (equipamentos de proteção individual), a manutenção periódica dos equipamentos e veículos, a acomodação adequada dos produtos, além da grande variedade de licenças e certificações, são exigências constantes da legislação brasileira.

“Para obter o controle nas operações em todas as fases, as empresas utilizam ferramentas gerenciais tradicionais como planilhas echecklist, e, além disso, aplicam como forma de organização e motivação, o conceito japonês 5S, empenhado em melhorar a organização, a utilização dos equipamentos e materiais e limpeza no ambiente de trabalho, graças à mudança de atitude das pessoas. Por isso, fornecedores como a Célere se consolida neste segmento”, afirma Gustavo Ribeiro.

Treinamentos de segurança especializados são fornecidos constantemente pela empresa, com o destaque do uso correto de EPIs, o mapeamento completo do processo de logística interno, com rotas de fuga e telefones emergenciais para qualquer eventualidade. Além de reuniões periódicas e avaliações com a equipe a fim de aperfeiçoar e melhorar a operação com ganhos de produtividade.

A movimentação e manuseio dos produtos quimicos sempre apresentam algum tipo de risco à comunidade e ao meio ambiente. “Por isso”, explica André Alves, técnico de segurança da Célere, “a logística deve ser cercada de treinamentos, controles rígidos e conscientização da equipe quanto à periculosidade dos produtos, de modo a minimizar os riscos”.

Segundo ele a Célere trabalha arduamente para que a equipe esteja atualizada com as normas de segurança exigidas. “Procuramos oferecer aos nossos funcionários, todo suporte para necessário para a realização da operação com segurança e qualidade”.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Assine a Revista Logweb
Paletrans
BYD
Alphaquip Toyota Retrak