Facebook Twitter Linkedin
Economia 11 de agosto de 2017

Superintendente do BNDES aponta no Enaex setores prioritários para financiamento à exportação

Para alavancar as exportações brasileiras, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) financiará setores estratégicos, como o de serviços e bens de capital. A afirmação foi feita pelo superintendente da instituição, Leonardo dos Santos, durante o Encontro Nacional do Comércio Exterior (Enaex), promovido pela Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).

De acordo com ele, o fomento às exportações no setor de serviços traz benefícios importantes para o país em termos de geração de renda e empregos qualificados. “Talvez essa seja a atividade que mais agrega fornecedores às suas vendas externas. A exportação de serviços, além de fomentar os serviços especializados de engenharia, gera também grande impacto positivo para as vendas de bens para o exterior”, disse.

Roberto Giannetti, vice-presidente da AEB, reforçou a necessidade de incremento do Proex para facilitar as exportações do setor produtivo nacional. “O spread tem que ser competitivo. Temos orçamento pra fazer equalização nos níveis autorizados pela OCDE, mas de forma arbitraria, não quiseram utilizar esse mecanismo no limite do possível. A redução de spreads de equalização implementada em 2015 reduziu significativamente a competitividade dos exportadores de bens de capital. Precisamos ter racionalidade para evitar a perda de competitividade do país”, concluiu.

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


IMG_6317 Mais lida da Logweb
Viracopos registra crescimento do volume de cargas exportadas e importadas pelo 7º mês consecutivo
leia também