Facebook Twitter Linkedin
Serviço 10 de janeiro de 2018

Via Varejo passa a utilizar lockers e amplia presença do serviço “Retira Rápido”

A partir de janeiro a modalidade Retira Rápido passa a ter novas opções de pontos de retirada para os clientes que optam em comprar nos sites das bandeiras Casas Bahia, Pontofrio e Extra. A Via Varejo, empresa administradora das redes, será a primeira companhia do setor a utilizar lockers, armários inteligentes de autoatendimento, tornando a jornada de compra ainda mais conveniente. Neste primeiro momento, quatro estão disponíveis em postos de combustível, localizados em São Paulo/SP, e todos funcionam 24 horas por dia e sete dias por semana, sendo que o dispositivo é acionado por QR Code enviado por e-mail ou SMS. Além disso, o serviço foi estendido para retirada de pedidos em balcões de 43 agências dos Correios de 11 Estados, com previsão de ser ampliado para mais filiais nos próximos meses, aumentando ainda mais a capilaridade da companhia e trazendo conforto e praticidade para os consumidores.

A expansão do Retira Rápido acontece em um período em que o serviço registra significativo crescimento na companhia. “A modalidade atingiu 28% das vendas online dos produtos elegíveis no terceiro trimestre desse ano, demonstrando expressiva evolução da nossa estratégia multicanal. Hoje, um a cada quatro pedidos por minuto comercializado nos nossos e-commerces é retirado nas lojas físicas, o que totaliza mais de 200 mil vendas por mês. Estamos muito satisfeitos com o desempenho dessa modalidade”, afirma Flavio Salles, Diretor de Multicanalidade da Via Varejo.

A multicanalidade é um dos pilares mais investidos na Via Varejo desde a integração dos negócios físico e online. No balanço financeiro do 3º trimestre deste ano, o GMV do negócio online cresceu 24,4% em relação ao mesmo período de 2016.

Top do Transporte Ferag Retrak Prologis Logweb

Portal Logweb – A logística se atualiza aqui

Faça como milhares de profissionais e se cadastre em nossa newsletter


Mais lida da Logweb
Rumo projeta investimento de até R$2,1 bilhões em 2018
leia também