Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Modal Marítimo 16 de outubro de 2020

Administração do Porto de Imbituba protocola EVTEA para processo de licitação de Terminal de Granéis Líquidos

Na tarde de terça-feira (13), gestores da SCPAR Porto de Imbituba protocolaram em Brasília (DF) o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) do Terminal de Granéis Líquidos do Porto de Imbituba. A apresentação formal do documento na sede da Secretaria Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA) foi realizada por comitiva formada por representantes da Autoridade Portuária, o diretor de Infraestrutura e Logística, Fábio Riera, e o gerente Comercial, Rui Roberti, e da holding SCPAR, o diretor-presidente, Enio Parmeggiani, e o diretor Paulo Cunha. Os gestores foram recebidos pelo diretor de Outorgas da SNPTA, Fábio Lavor Teixeira.

Conforme as normas de gestão portuária brasileira, o EVTEA é a etapa inicial dos processos licitatórios de arrendamento de áreas dentro de portos organizados (públicos). O estudo apresenta uma série de informações sobre previsão de movimentação, investimentos, estimativas de custos, dentre outros fatores para alavancar o empreendimento portuário.

O TGL de Imbituba fica entre os Cais 1 e 3. Atualmente, é composto por 3 tanques de armazenamento, dois deles fora de operação. O tanque operante tem capacidade de 4.826 m³. O terminal também conta com 806 metros de dutos de alimentação que ligam o Cais ao TGL e equipamento para carregamento de veículos de transporte rodoviário. O arrendamento transitório pelo período de até 180 dias ou até que o processo licitatório para arrendamento de longo prazo, de 25 anos, seja concluído, está em fase de licitação.

“O próximo passo após a entrega do EVTEA é aguardar uma manifestação da Secretaria Nacional de Portos sobre o estudo. Estamos confiantes de que o documento protocolado viabilizará darmos um passo importante no processo de qualificação e melhor gestão da infraestrutura do porto, aproveitando de todo o seu potencial”, afirma o diretor da autoridade portuária, Fábio Riera. O último arrendamento de longo prazo firmado pelo Porto de Imbituba é de 2008, do Terminal de Contêineres (TECON).

O estudo do TGL foi produzido pela NCA Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente e doado pela empresa Fertisanta. O sócio representante da NCA, Marcos Vinícius, acompanhou a comitiva e realizou a apresentação do extrato do estudo. Para o gerente Comercial do porto, Rui Roberti, o encontro foi muito positivo, pois “dada a robustez do documento e do momento em que vivemos no que tange ao incentivo ao fomento da infraestrutura, sentimo-nos bastante seguros para fazer este protocolo”, complementa.

Newsletter
Cadastre-se aqui

Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Nimbi Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
SDO Equipamentos
Toyota
Retrak
Savoy
JLL
JLL