Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Embarcador 30 de junho de 2022

Além da logística colaborativa, a Special Dog Company realiza trade off e organiza os PDVs dos clientes

Com sede em Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo, a Special Dog Company enfrenta os desafios da logística de uma maneira muito especial, de modo que consegue levar o seu nome a vários estados, com pontos relevantes de engajamento, e até ao exterior.

Hoje, a marca brasileira é uma gigante de petfood, oferecendo alimentos com qualidade para os animais de estimação, tanto do ponto de vista nutricional quanto de palatabilidade. E conta com um portfólio com dezenas produtos divididos nas linhas Premium, Premium Especial, Super Premium (Prime) e Snacks, de alimentos secos e úmidos.

Cerca de 22 mil toneladas foram distribuídas em 2021, nos mais de 38.000 pontos de vendas físicos em sete estados brasileiros mais o Distrito Federal, além de exportadas para seis países, entre eles Chile, Bolívia e Uruguai. 

Agregados e terceiros

Everaldo Turcato, gerente de Logística da Special Dog Company, conta que a empresa usa transportadora própria e adapta, de acordo com as demandas, com diferentes tipos de frotas. “Não trabalhamos somente com frota própria, mas também com agregados (veículos dedicados somente a nossa operação) e com terceiros (veículos que nos ajudam em momentos de grandes demandas).” 

No início, a empresa utilizava somente frota própria, mas com o aumento da demanda começou a agregar alguns veículos. “Em 2014, através de uma pesquisa com a Equipe de Logística identificamos que o sonho de alguns motoristas era ter seu próprio caminhão, então abrimos algumas vagas para que os motoristas próprios se desligassem da empresa, comprassem seu caminhão e entrassem como agregados. Hoje temos 20 ex-motoristas que são donos do seu próprio negócio, ou seja, têm seu caminhão. E desde 2014 não contratamos motoristas, sempre promovemos ajudantes a motoristas. Em 2014 eram 48 caminhões, hoje estamos com 150, então, em uma conta básica, promovemos 102 ajudantes a motorista”, comenta Turcato.

Com os olhos voltados para o meio ambiente, a empresa tem uma frota já adequada ao EURO 5, que é um conjunto de normas regulamentadoras que visa a diminuição da emissão de poluentes de veículos movidos a diesel. “Também já estamos realizando estudos para um teste com veículos elétricos, porém o custo ainda é inviável.”

Frota 100%

Semanalmente, a Special Dog Company realiza 510 viagens e tem um aproveitamento de praticamente 100% da frota, pois realiza o carregamento e a manutenção preventiva e corretiva no turno da noite, o que faz com que o seu indicador de aproveitamento da frota sempre fique próximo a 100%. 

Atualmente a empresa atende sete estados – São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro. “Em 2021, inauguramos o primeiro Centro de Distribuição em Curitiba, PR, com capacidade de 1.500 toneladas, e com ele atendemos toda a cidade e a região metropolitana, além do Estado de Santa Catarina. Para os demais estados, todas as viagens partem da cidade de Santa Cruz do Rio Pardo, onde está a nossa matriz e contamos com um CD com capacidade de 8.000 toneladas. Lembrando que os nossos dois CDs possuem o mesmo WMS (Sistema de Armazenamento) e gestão própria.” O gerente de Logística ressalta que atualmente usam apenas o modal rodoviário, devido às regiões que atendem. Em alguns casos de exportação, usam o modal marítimo.

Desafios

Hoje, o maior desafio da Special Dog Company é manter a qualidade do atendimento ao cliente, com redução de custos. “Sempre trabalhamos fortemente treinamentos e reuniões abertas com os motoristas e ajudantes de motorista, mostrando a importância de cuidarem de alguns custos variáveis, como diesel, manutenção de pneus e mecânica. A partir daí tentamos alinhar esses custos com o contato final com o cliente, mostrando que é preciso, sim, tentarmos economizar ao máximo, mas sem deixar de pensar na entrega de qualidade aos lojistas, na satisfação do consumidor e no menor nível de poluição ao meio ambiente. Isso reforça um dos valores da empresa, que é a perenidade.” Ainda segundo Turcato, devido ao produto fornecido pela empresa ser alimento pet, a equipe tem um cuidado maior com o transporte e armazenamento, porque lidam com a saúde dos animais domésticos. Portanto, precisam evitar que as embalagens sejam abertas ou danificadas durante todas as fases e manter, ainda, um menor tempo de entrega, de modo a entregar produtos os mais frescos possíveis, principalmente quando se tratam dos úmidos. 

“Utilizamos BPE (Boas Práticas de Entrega), realizamos um atendimento personalizado ao cliente através da comunicação e do treinamento logístico e com os ajudantes de motoristas que vão até a loja e buscamos transmitir nossos valores ao lojista e ao cliente. Realizamos também um trade off e organizamos os PDVs dos clientes. É muito mais do que uma entrega.”

Afinal, continua o gerente de Logística, para se diferenciar, a Special Dog Company precisava fazer mais do que apenas a entrega, como é o caso de muitas empresas do ramo pet. “Então, a nossa estratégia de logística é baseada na excelência do atendimento e encantamento do cliente. Para isso contamos com diferentes treinamentos junto aos colaboradores e auxiliamos em todo o processo de entrega.” 

Ainda em termos de logística, a estratégia adotada pela empresa foi criar, inicialmente, um laço com os profissionais do setor. Entender que não basta somente pensar nos clientes, ou até mesmo nos lojistas, é preciso priorizar o setor logístico, que é a base principal de todo o processo que leva até o consumidor final. 

Para isso, adotou ações de engajamento com os seus profissionais. A equipe de logística é muito engajada com os objetivos da empresa, busca melhorar os resultados e realmente se identifica como um time unido que leva o nome da Special Dog a todos os estados. A partir daí os pontos relevantes de engajamento se tornam iniciativas, onde a equipe encanta os clientes, fazendo mosaicos de pilhas, organizando estoques, etc.

Outro exemplo é o PodCast interno, voltado para a área de logística, que oferece dicas e informações para a frota ser alinhada com essa estratégia. Outro diferencial, ainda segundo Turcato, é que em todos os veículos agregados e terceiros têm um colaborador da Special Dog, um ajudante de motorista que acompanha as entregas e mantém a qualidade da mesma e do atendimento ao cliente. “Neste sentido, consideramos que todos os atendimentos, as entregas, são realizados por um colaborador Special Dog, o que aproxima tanto os lojistas quanto os consumidores da marca, criando um contato mais próximo, que não é costumeiro no segmento.” Finalizando, o gerente de Logística aponta que a empresa emprega tecnologia na montagem de cargas e um sistema de roteirização e acompanhamento de entrega da Routing. Recentemente deu início a um sistema de rastreio onde o cliente pode acompanhar a entrega desde o momento do faturamento até a chegada do produto na loja. Após a entrega, ele recebe um link onde pode avaliar a qualidade do serviço. 

webinar
webinar
Retrak
savoy
Praxio
Farma
postal