Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 4 de dezembro de 2020

As oportunidades na logística interna das grandes indústrias

*Por Vinicius Callegari

Ainda considerado um mercado bastante tradicional quando o assunto é inovação tecnológica, as indústrias aos poucos têm enxergado a importância da transformação digital e da implementação de soluções de IoT para a realização de monitoramento de atividades para alcançar melhoras na produtividade.

A importância do acompanhamento de fluxos e a alta demanda de interconectividade fez com que a logística passasse a ter um papel ainda mais importante, principalmente com o advento da indústria 4.0. A robotização e a utilização de tecnologias passaram a oferecer melhores condições materiais necessárias para as organizações, e o melhor de tudo, com um custo baixo, para que assim elas pudessem desenvolver todas as atividades com mais eficiência, eficácia e de forma escalável.

Segundo a ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial – a adoção da Indústria 4.0 tem conseguido oferecer uma redução em aproximadamente de R$ 73 bilhões ao ano para o setor, além de R$ 34 bilhões em ganhos de eficiência, R$ 31 bilhões em redução de custos de manutenção de máquina e ainda R$ 7 bilhões em economia de energia. Vale lembrar que, o auge de toda transformação digital e a possibilidade de tornar as máquinas móveis inteligentes tiveram um impacto fundamental na logística interna e não para por aí.

Tenho visto muito se falar da necessidade de adotar tecnologias que agreguem valor, que proporcionam um aumento da produtividade e redução de custos nas operações de máquinas pesadas fazendo com que a logística interna funcione de forma adequada na indústria de base. Mas, o que poucos sabem é que operar um alto volume e com diversas máquinas diferentes, simplesmente monitorando e extraindo informações das máquinas não é o suficiente.

Não basta investir nas melhores tecnologias que sanem o problema da operação, é preciso também trabalhar no aprimoramento da cultura organizacional para que se tenha um time preparado para manusear os nuances dessa implementação. A partir daí as chances de fazer com que as indústrias se mantenham competitivas só aumentam.

Noto também que os players do setor têm olhado com mais carinho a importância da logística in house porque entenderam o tamanho dos custos escondidos envolvidos, e com isso, estão buscando aprimorar os serviços que envolvem o armazenamento e fluxo de informações, pessoas e materiais, conquistando assim uma eficiência nos dados gerados, rentabilidade e conquistando uma economia significativa.

Sem mais delongas, ter uma logística interna ajustada e produtiva se torna cada vez mais essencial para as grandes indústrias, principalmente para a perenidade das operações. Com a Internet das Coisas (IoT) e as ferramentas trazidas por essa revolução do setor, o caminho para conquistar novos patamares de resultado está traçado. É preciso apenas das fichas certas para se apostar.

*Vinicius Callegari é CCO e Head de Desenvolvimento Comercial da GaussFleet, maior plataforma de gestão de máquinas móveis para mineradoras e siderúrgicas

Newsletter
Cadastre-se aqui

JLL
Savoy
Sds
Retrak
4K