Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 14 de janeiro de 2022

Bem me quer: importância de uma logística estratégica para entrega de flores

*Por Clóvis Souza

Nos últimos dois anos, as entregas e a logística cresceram muito. O food service se aprimorou em relação ao delivery. Mas quando se pensa em outros setores de produtos igualmente sensíveis, como flores, de que forma o mercado se adaptou à demanda? Assim como cada alimento tem sua particularidade, as flores não são diferentes. Para cada tipo deve haver uma embalagem apropriada para que sejam perfeitamente entregues.

A questão da embalagem não é apenas para a agradar a quem recebe, mas também ajudar a preservar a durabilidade da flor, visto que é um produto delicado, e a entrega precisa ser rápida, acondicionada em meios de transportes especiais, com refrigeração entre 1 °C e 7 °C e umidade adequada, e se for um serviço de entrega de flores que abranja o Brasil inteiro, parceiros confiáveis para entregá-las.

Não tem nada mais desagradável do que receber uma rosa despetalada. A entrega de algumas floriculturas é tão séria que os consumidores que se sentirem lesados com a forma de recebimento das flores podem entrar em contato pelo SAC ou pelas redes sociais da marca e a loja providencia outro arranjo. Isso é respeito e atenção com o consumidor.

Não importa a idade, o gênero ou a ocasião. Receber inesperadamente um arranjo de flores é uma surpresa que agrada a todos, por isso todo cuidado em a logística e o transporte é pouco. Portanto, escolher onde comprar é fundamental e considerar a reputação do local é muito importante para que o arranjo seja entregue impecavelmente.

* Clóvis Souza é fundador da Giuliana Flores, maior e-commerce de flores do país, ocupando 70% no Brasil de market share no Brasil, com mais de 400 mil entregas feitas por ano – giulianaflores@nbpress.com

webinar
webinar
Kion
alperseguros
segurossura
savoy
postal