Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 29 de janeiro de 2021

O crescimento do modelo de entregas last mile

Por Felipe Criniti*

A chamada “última milha”, em português, é o processo de saída do produto do centro de distribuição do fornecedor, até a chegada no cliente final. Esse modelo vem crescendo no e-commerce porque garante uma boa experiência no momento em que o cliente está mais ansioso – o recebimento do produto –, caso seja bem executado.

O modelo last mile requer cuidados minuciosos para a satisfação do cliente e é por isso que as empresas têm trazido a responsabilidade desse processo para as suas “mãos”, em vez de deixá-la para terceiros – apesar de contarem com parceiros especializados, nesta hora.

A tecnologia é grande aliada desse modelo de entregas, e é por isso que proporciona, comumente, uma boa experiência ao cliente final – é normal investir em softwares e sistemas de gestão para contribuir no planejamento das rotas.

Portanto, o modelo só tende a crescer, pois garante ao fornecedor maior controle da entrega, podendo, assim, obter uma maior satisfação de seus clientes – ao utilizar o last mile, a empresa fornecedora se responsabiliza por todo o processo de entrega e podemos dizer que “ganha pontos” com o cliente final, se utilizar um processo rápido e que ele possa acompanhar de perto.

*Felipe Criniti é CEO da Box Delivery, empresa especializada em soluções tecnológicas para serviços de logística. – boxdelivery@nbpress.com

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
postal
Sds
Retrak
Sds
4K
Savoy
JLL