Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 9 de janeiro de 2008

Sopa de letrinhas?

A CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) morreu em 31 de dezembro. O problema é que, coincidentemente, o IOF ( Imposto sobre Operações Financeiras) sofreu um acréscimo de 0,38%, mesmo índice da falecida.

E o verbo contribuir no Brasil adquire uma nova conjugação: eu contribuo, tu contribuis e eles gastam (o governo Lula já gastou R$ 430 milhões com Festas e Recepções)!

Uma verdade tem de ser dita: o governo cumpriu o que prometeu. “Não aumentaremos a carga tributária em 2007”, conforme disse o senhor Mantega. Pena que só faltavam 15 dias para a virada do ano.

Bastaram acabar os fogos e a bebedeira do Réveillon para que 2008 amanhecesse com mais compromissos impostos.

Nossa "tropa de elite" governamental anuncia aumento do IOF, que em alguns casos dobrou seu valor, por meio de decreto.

Segundo Guido Mantega, ministro da Fazenda, “só vai haver uma mudança de nome dos impostos, de CPMF para IOF. trocou-se seis por meia dúzia.”

O que parecia vitória da democracia já está mais para sopa de letrinhas. Pelo menos agora fica mais fácil de decorar as contas: IOF, IPVA, IPI, IPTU…

Sem contar que a CPMF, mesmo provisória, resistiu ao século e conseguiu arrecadar, nestes 11 anos de existência, 203 bilhões, ou seja, algo em torno de 18,5 bilhões ao ano de melhora para a saúde pública.

Afinal, foi este o objetivo desta contribuição. Que bom, pois era triste, no passado, ver pessoas morrendo em corredores de hospitais.

O IOF incide em todas as operações financeiras. Fica a preocupação com as classes menos favorecidas.

Diferente das classes elitizadas, que utilizam esses recursos para seus investimentos, as classes C e D penhoram suas vidas em microcrédito.

Mantega chegou a dizer que "o aumento é praticamente insignificante".

Quero acreditar que você não irá pensar da mesma forma nas próximas eleições e fará o seu voto ser significante!

 

Ricardo Diniz é empresário e presidente da ACE Jundiaí.

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
postal
Sds
Retrak
Sds
4K
Savoy
JLL