Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Aquisição 21 de fevereiro de 2022

Centro-oeste tem alta de 51% em fusões e aquisições em 2021

fusoes

O Centro-oeste do Brasil registrou 47 fusões e aquisições em 2021, um aumento de 51,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior, quando foram registradas 31 transações. O número das operações na região corresponde a 2,4% das 1931 transações envolvendo Unidades Federativas do Brasil realizadas em 2021. São Paulo lidera nacionalmente, com 1160 transações, e o Distrito Federal lidera no Centro-oeste, com 38% do total dessa região.

Os dados constam na pesquisa da KPMG realizada trimestralmente sobre fusões e aquisições. Segundo o conteúdo, de janeiro a dezembro de 2021, foram realizadas os seguintes totais de fusões e aquisições nos seguintes Estados do Centro-oeste: Goiás (11), Distrito Federal (18), Mato Grosso (12) e Mato Grosso do Sul (6).

“O Centro-oeste continua mostrando força e está alinhado com o crescimento nas operações também registrado em outras regiões. Há sinais de recuperação da economia brasileira e, se isso se confirmar, a expectativa é que as operações de fusões e aquisições continuem avançando”, afirma Ray Souza, sócio de mercados regionais da KPMG no Brasil.

Região
Centro-oeste
2021 2020
Distrito Federal 18 11
Goiás 11 10
Mato Grosso 12 8
Mato Grosso do Sul 6 2
Total Centro-oeste 47 31

A pesquisa da KPMG destacou ainda que as operações de fusões e aquisições no Brasil encerraram 2021 com desempenho recorde, registrando ao todo 1963 transações nos últimos doze meses. Essa marca supera em 59% o total verificado ao longo de 2019 que era, até então, o melhor ano da série histórica, concluído com 1231 negociações. Dessa maneira, os resultados de 2021 consolidam o ano passado como o melhor período desde 1996, ano em que a pesquisa foi iniciada pela KPMG.

“Estes resultados consolidam a tendência de investimento em transformação digital e inovação protagonizados pelas companhias brasileiras e multinacionais, que têm feito aportes estratégicos em diversos segmentos de negócios. Isso indica ainda que a confiança em negócios relacionados com inovação permanece em uma rota crescente junto a investidores estratégicos e financeiros desde o início da pandemia, em 2020”, ressalta o sócio-líder de do M&A Proprietário da KPMG no Brasil, Luis Motta.

O estudo indicou ainda que o último trimestre do ano passado também registrou recordes, com 602 negócios concluídos. Mantendo a tendência de alta observada nos últimos meses, este foi o melhor trimestre da história em qualquer tipo de comparação e ainda apresentou um forte crescimento em comparação aos trimestres anteriores de 2021 (respectivamente, do primeiro ao penúltimo, 375, 429 e 557).

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal