Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 6 de maio de 2022

Por que várias pessoas se formam e não engajam na logística

As várias profissões são importantes, tudo o que se faz honrosamente é digno. Precisamos respeitar as escolhas. Pense, por que você escolheu logística?

Muita gente busca formação por status, ou porque foram forçadas a ser o que não querem ser por alguma razão.

Se o pai pressionou o filho a seguir seu caminho, não raro ele não querer, pode ser que essa pressão injusta exercida na pessoa frustre-a o resto da vida.

Agora, quando inspira a admiração e o fascínio, poderá levar por vontade a seguir um caminho, trilhar os passos, despertar de maneira vocacionada.

Quem trabalha em logística faz o quê? Atua de maneira estratégica, planejando as ações e seus desdobramentos com consequências diretas nos processos, nos custos e nos resultados da organização.

Para isso, é necessário conhecimento, lidar com processos, metas e prazos, buscando o objetivo a ser atingido. Quem trabalha com logística é um estrategista.

Precisamos estar comprometidos com nossas profissões e atuar de maneira tranquila, pois o status da formação te qualifica, elege para exercer uma atividade, mas não significa que você conseguirá atuar naquilo dando o melhor resultado.

Houve uma banalização da logística, de seu emprego e de seu sentido. Quando algo dá errado é comum a distorção risonha: “falha na logística”!

Aumentou-se muito a oferta de cursos por conta da vasta extensão da área e sua alta demanda de formação. E nesses cursos cabem ajustes consonantes com os componentes curriculares, aqueles elementos que compõem a integralização das disciplinas ou atividades a serem realizadas ao longo da duração do programa curricular.

Uma profissão demanda estudos, pesquisas, acompanhamento de inovações, legislação e diretrizes que surgem no mercado a todo instante.

Na área de logística, dentre tantas outras profissões, existem várias pessoas que se formam e não engajam nessa carreira por falta de aperfeiçoamento.

Limitar-se ao que foi adquirido durante a formação não é o suficiente. Para isso, é preciso dedicação, gostar do que faz e encontrar oportunidades para fazê-lo.

Buscar informações em artigos, participar de congressos, palestras e fazer cursos que podem complementar seu conhecimento, que nem sempre são superiores, tá!

E como engajar uma carreira na área de logística?

1) Não vire estudante profissional, faça cursos, mas vá para o mercado praticar o que aprendeu.

2) Adquira experiência e consolide, se empenhe, dedique.  Dificilmente alguém te derruba quando você acumula alguma experiência. É um dos requisitos mais valorizados pelas empresas. Você tem experiência?

3) Planeje sua carreira, estudar, qualificar e ficar estático só diz que você não é capaz de aplicar o que aprendeu.

Logística é e sempre será extremamente útil nos negócios de qualquer segmento, portanto, não faltarão oportunidades.

Palmério Gusmão Palmério Gusmão

Professor no MBA de Comunicação & Marketing e Gestão Empresarial na Universidade Cruzeiro do Sul, em São Paulo, SP. Palestrante e jornalista, exerceu diversos cargos em seus mais de 20 anos atuando no setor logístico. É colunista da Logweb desde 2007. Anteriormente, passou pela Rádio Paraty FM e foi repórter de TV na NGT. Aulas, consultorias e palestras: professorpalmerio@gmail.com.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal
Expo
Agronegocio
Farma
Carbono