Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Veículos 8 de julho de 2021

Com novo serviço, Scania promete reduzir em até 30% o tempo de parada nas concessionárias

A Scania apresentou, em coletiva de imprensa virtual, o novo Programa de Manutenção Premium Flexível Uptime. A união de conectividade e inteligência de gestão traz as novidades da Control Tower, que promete reduzir em até 30% o tempo de parada nas concessionárias, e a modalidade Pay per Use com cobertura customizável (pague o que usar), criações inéditas da Scania Brasil em relação à atuação global da marca. Até o final de julho, todos os clientes do PMS Premium Flexível terão a adição da Control Tower sem custo adicional.

Segundo Marcelo Montanha, diretor de Serviços da Scania no Brasil, essa redução da permanência nas oficinas significa mais horas para o caminhão faturar. “Ou seja, além de reduzir os custos, o serviço apoiará o aumento da receita da operação do transportador. A conectividade e a evolução das soluções de serviços, que temos disponibilizado desde 2017, continuam sendo a base de tudo”, destacou.

O Programa de Manutenção Scania Premium Flexível Uptime mantém todas as vantagens do PMS Premium Flexível e da conectividade pelo pacote Desempenho com a avaliação do motorista em tempo real. Em 2019, a Scania lançou na Fenatran 2019 o PMS Premium Flexível, que reduz em até 25% o custo total da manutenção. Ele contempla as manutenções preventivas e as corretivas de forma individualizada e personalizada.

O cliente paga apenas pela quilometragem rodada (se não rodou, não paga) e pode reduzir ainda mais o custo por quilômetro se diminuir o consumo de combustível. Consumiu menos, paga menos. A análise é feita por meio de uma tabela estimada de preço por km por faixa de consumo.

 

Como funciona

A Control Tower atua na gestão ativa da eficiência do fluxo das oficinas e dos processos de manutenção da rede Scania para que o veículo retorne à operação o mais rápido possível. Em razão disso, além do veículo com PMS Flexível já parar menos para manutenções, as paradas também serão ainda mais rápidas.

O primeiro passo foi criar um mapeamento e definir cercas virtuais nas áreas de cobertura das Casas Scania em todo o país. Essas geocercas identificam que o caminhão conectado do cliente PMS Premium Flexível Uptime entrou nesta região para realizar uma manutenção preventiva ou corretiva. Então, a equipe técnica da Control Tower Scania é notificada para iniciar o monitoramento e acompanhar indicadores de tempo, desde o processo de recebimento do veículo, abertura e fechamento da ordem de serviço, até a liberação da oficina e saída da concessionária.

O controle atua proativamente com a Casa Scania quando há qualquer risco de atraso na manutenção, com suporte técnico, diagnósticos rápidos e precisos para entregar o caminhão dentro do menor tempo possível. Por isso, o cliente não precisa ter contato com a Control Tower que atua na fábrica suportando as Casas Scania. Após a conclusão do atendimento, indicadores de disponibilidade são gerados para o acompanhamento da performance da manutenção. Essa gestão compartilhada mostrará frequentemente ao cliente, via relatórios, como está a frota monitorada em termos de disponibilidade mecânica ou física em relação à manutenção Scania.

“A Control Tower se tornará essencial para o transportador manter sua logística rentável. É redução de custo e aumento de receita garantidos, e de forma gratuita para quem já é premium flexível e aos futuros novos interessados”, salientou Gustavo Andrade, gerente do Portfólio de Serviços da Scania no Brasil.

Com uma frota de 150 veículos, a IC Transportes é uma das clientes da marca. Segundo Eder Torres, gestor de projetos, a transportadora se preocupa muito com a disponibilidade dos veículos. “Sem gestão do caminhão, não vamos ter um transporte sustentável. A Control Tower nos ajuda a direcionar a tomada de decisões. Sem números e indicadores, estaríamos fora do mercado. Não tem como ficar distante de uma ferramenta de gestão como esta”, ressaltou.

 

Resultados positivos

O balanço dos primeiros meses de 2021 da Scania mostra crescimento de vendas de caminhões, serviços e motores, além de um volume muito forte de encomendas de caminhões. De janeiro a maio, a Scania foi a primeira da categoria dos pesados, sendo líder consecutiva nos meses de março (1.718 unidades), abril (1.532) e maio (1.736).

“Foram volumes mensais de emplacamentos não atingidos desde 2013, nosso melhor ano de história no país. Além disso, nossa participação subiu de 18,6% para 25,9%, a maior dos últimos três anos. Enquanto o mercado teve alta de 71%, a Scania registrou quase o dobro disto de volume de pesados”, comentou Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil.

A empresa, que comemorou 64 anos de história no país no dia 2 de julho, projeta que 2021 será o melhor ano da comercialização de caminhões fora de estrada na história da marca no Brasil. A mineração continua muito forte devido aos preços do minério e vai permanecer assim em 2022, puxando esta categoria.

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, tem registrado muitos bons resultados com veículos a gás da Scania, fazendo com que outras mineradoras também busquem essa solução. Vale reforçar que uma demanda interessante chega dos setores de cana e florestal pelas soluções a gás. Ambos também estão em ritmo aquecido de renovação e ampliação das frotas. Para 2022, a fabricante acredita ser possível ter um ano ainda melhor do que o histórico 2021.

webinar
alperseguros
Jamef
Jamef
fronius
Kivnon
Geotab
Retrak
savoy
postal