Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Equipamentos 6 de maio de 2022

Com novos Loadall, JCB pretende dobrar número de vendas de manipuladores telescópicos no país

Popularizar os manipuladores telescópicos Loadall no Brasil está entre os objetivos da JCB com o lançamento das máquinas 530-70 e 530-110 no mercado nacional. Loadall é um equipamento que oferece os recursos de guindaste, plataforma aérea, pá carregadeira e empilhadeira, otimizando tempo e esforços no campo e na construção.

“A chegada desses novos modelos faz parte do nosso plano de investimento de R$ 120 milhões previsto para o triênio (2022-2024) anunciados na comemoração dos 20 anos da empresa no país”, salienta o presidente da JCB, José Luis Gonçalves.

Segundo Alisson Brandes, diretor de Vendas e Marketing, a expectativa é dobrar o número de vendas de manipuladores telescópicos em relação ao ano passado. “Acreditamos poder ampliar o acesso a este tipo de equipamento no Brasil, fazendo com que as máquinas JCB estejam ainda mais presentes nas frotas de construtoras e aplicações agrícolas, atendendo diferentes públicos”. Um a cada três manipuladores telescópicos vendidos no Brasil é JCB.

Por enquanto, as máquinas estão sendo importadas, mas a empresa planeja investir na planta em Sorocaba, SP, e começar a fabricá-las no país a partir de 2023. “Vemos com bons olhos o desenvolvimento da América Latina para manter o nível de investimento em Sorocaba”, comenta Gonçalves. Enquanto isso, a companhia está formando um “pulmão” na fábrica brasileira com máquinas vindas da Índia, que já estão sendo entregues aos distribuidores. 

Esses equipamentos foram desenvolvidos especialmente para as necessidades do Brasil, oferecendo maior produtividade e agilidade nas operações. Versáteis, podem ser usados na agricultura, construção civil, mineração, para transporte, armazenagem e até manutenção predial.

Características

Os novos Loadall têm capacidade de carga de até 3000 kg e motor de baixo consumo de combustível. O modelo 530 70, utilizado na agricultura, tem alcance de até 7 metros e é voltado para ciclos curtos e dinâmicos, como carregamento de caminhões. Já o 530 110, ideal para construção e indústria, tem alcance máximo de 11 metros, podendo trabalhar estático, com uso de estabilizadores.

As máquinas contam com o motor JCB 448, projetado para proporcionar harmonia de todo o trem de força da marca, oferecendo grande eficiência exigidas para diversas aplicações. Todos os Loadall JCB são equipados com uma linha hidráulica bidirecional auxiliar na lança, capaz de receber uma gama diversa de acessórios.

Entre os acessórios disponíveis, estão: garfo palete, caçamba para grãos de baixa densidade, caçamba com garra, agarrador de fardos, empurrador de grãos, power grab e kit com caçamba e vassoura para limpeza de depósito ou curral.

A lança de um Loadall JCB é montada no chassi, abaixo do nível da cabine, proporcionando uma estrutura rígida e mais visibilidade. Para uma resistência extra, foi reduzido o número de juntas e de pontos de atrito. A ponta da lança é integrada, construída em chapa única (não é soldada à lança), sendo assim, uma peça resistente e durável.

Os manipuladores telescópicos JCB contam com uma das maiores cabines do mercado, menor nível de ruído interno e diferentes tipos de ventilação, segundo a fabricante. O LMI (Indicador de momento de carga) integral mostra a carga através de um gráfico ao nível dos olhos do operador, que o avisa por alarmes visuais e sonoros no caso de a carga exceder os limites do equipamento.

Para maior desempenho, contêm um ventilador reversível para limpar a poeira e detritos do sistema de arrefecimento (530-70 de série e 530-110 opcional). Além disso, luzes de trabalho e de tráfego estão espalhadas pela máquina para melhor visibilidade em trabalhos noturnos e locais confinados. As cabines possuem certificações ROPS e FOPS para maior segurança do operador e, de série, o quebra sol frontal e superior, para maior conforto térmico durante a operação.

Atualmente toda a linha JCB conta com sistema de monitoramento em tempo real através do programa de telemetria JCB LiveLink. A ferramenta envia notificações instantâneas, caso surjam problemas que possam prejudicar a operação. Além de garantir segurança ao equipamento, a tecnologia reduz paradas desnecessárias.

Em 2021, a JCB investiu R$ 1,2 milhão na construção do Latam Uptime Centre, um centro de suporte a todas as máquinas no continente. A partir de Sorocaba, especialistas têm acesso a um painel de controle em tempo real por dados enviados das máquinas em uso. O sistema de monitoramento usa algoritmos preditivos, que permite atuação antecipada junto à Rede de Distribuidores JCB, maximizando a disponibilidade dos equipamentos.

Linhas de crédito

Desde o início de março, o JCB Finance, serviço financeiro da montadora, passou a contar com maior cobertura e novas soluções de crédito e financiamento para atender diferentes perfis de compradores do seu portfólio de máquinas da linha amarela.

A nova parceria com o De Lage Landen (DLL Group), empresa global de financiamento especializada em apoiar fabricantes de equipamentos e tecnologia, distribuidores e revendedores, proporciona novas linhas de crédito dedicadas, prazos estendidos e exposição de crédito reduzida.

Além disso, o JCB Finance oferece a plataforma digital DLL Neo, que permite a aquisição e acompanhamento de ponta a ponta da operação de financiamento.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal