Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Ferroviário 17 de maio de 2022

Desguarnecedora total de lastro da MRS chega ao Brasil

Equipes da MRS acabam de receber, no Porto do Rio, RJ, a desguarnecedora total de lastro, fabricada pela suíça Matisa e adquirida pela concessionária em 2019.

A desguarnecedora é um equipamento de última geração e uma aquisição do projeto “Grandes Intervenções de Via”, iniciativa da MRS que tem o objetivo de trocar parte da estrutura ferroviária com o objetivo de garantir a manutenção de altíssimo padrão da companhia. 

A máquina vai ser utilizada, por exemplo, na troca de dormentes da via férrea sob gestão da concessionária: os dormentes de madeira serão substituídos por dormentes de concreto. A troca é positiva tanto em termos ambientais, quanto econômicos: dormentes de madeira possuem vida útil em média de 5 vezes menor que os modelos similares de concreto. A substituição do item ao longo da via auxilia na redução na compra de insumos e na expressiva redução na geração de resíduos. Cabe ressaltar que a escolha dos tipos de dormentes depende de cada trecho da ferrovia.  O investimento da MRS na aquisição foi de R$ 79,3 milhões, realizado de forma escalonada e coordenada com o avanço das etapas para a entrega da máquina, que teve inspeção e testes realizados pela MRS no 1T22, desembarque no Brasil em maio e início da operação estimado para setembro de 2022. Depois do desembarque da desguarnecedora total de lastro, o equipamento foi direcionado ao pátio da MRS que fica em Barra Mansa, na região Sul Fluminense, onde passará pelo processo de montagem e as equipes serão treinadas pelo fabricante.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal