Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Investimento 27 de março de 2015

Exportações da Termomecanica crescem 15% em 2014

A Termomecanica obteve em 2014 um crescimento de 15% nas exportações em relação a 2013. O volume exportado correspondeu a 8% do faturamento da companhia. Esses resultados consolidam a trajetória crescente das vendas para o mercado externo nos últimos cinco anos. A estratégia, principalmente diante do desfavorável cenário econômico nacional, é ampliar ainda mais o volume de exportações, atingindo um crescimento de 20% em 2015.

“Com as vendas internas tão desaquecidas, estamos acelerando nossas iniciativas para nos tornarmos um fornecedor global de produtos semielaborados de cobre. A ideia é sermos competitivos em preço, prazo de entrega e qualidade, no mercado internacional, como somos no Brasil”, afirma Regina Celi Venâncio, presidente da Termomecanica.

Os resultados positivos das exportações são consequência de investimentos que vem sendo realizados na modernização do setor de produção da Termomecanica, assim como das iniciativas comerciais em novos mercados.  Além disso, as fábricas do Chile e da Argentina passaram também a ser pontos de distribuição para os produtos produzidos no Brasil, e um terceiro ponto, em breve, será instalado nos EUA. Essa iniciativa permite à empresa ser mais rápida no cumprimento dos prazos de entrega e, em alguns casos, reduz os custos de exportação.

Atualmente o Grupo Termomecanica, incluindo as fábricas no Chile e na Argentina possui relação comercial com países como Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Bolívia, Colômbia, Venezuela, Guatemala, Estados Unidos, França, Reino Unido, Israel e Índia. Os produtos exportados são: tubos, fios, fitas e barras de cobre e suas ligas.

(Fonte: Agência IN)

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
postal
Sds
Retrak
Sds
4K
Savoy
JLL