Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Veículos 8 de outubro de 2021

Ford anuncia divisão de veículos comerciais no Brasil e lançamento de nova Transit fabricada no Uruguai

Após o fechamento da fábrica da Ford Caminhões no Brasil, em 2019, e do encerramento das vendas da Transit no país, em 2014, a empresa anuncia sua retomada.
A maior novidade é o lançamento da Divisão de Veículos Comerciais no Brasil, que vai atuar na região como parte da nova organização global Ford Pro, dedicada ao segmento profissional.
A nova área de negócios possui estrutura dedicada de engenharia, manufatura, vendas, pós-vendas e experiência do consumidor, incluindo recursos de conectividade com foco na produtividade.

Nova Transit
Um dos pilares do novo negócio de veículos comerciais da marca é a Transit, referência do segmento de vans no mundo. Para o lançamento no Brasil e na América do Sul, a Transit passou por um extenso programa feito pela engenharia brasileira no Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford na Bahia e no Campo de Provas de Tatuí, no interior paulista, em parceria com os centros de engenharia da marca na Inglaterra e na Alemanha.
Esse programa incluiu mais de 20.000 horas de trabalho de engenharia e o equivalente a 1 milhão de km rodados em condições reais nos testes de desempenho, validação e durabilidade para atender às características únicas do clima, estradas, combustível, trânsito e modo de dirigir dos consumidores brasileiros e sul-americanos.
“Além de ser a mais tecnológica e equipada da categoria, a Transit também tem a maior potência e torque, a melhor conectividade, assistência ao motorista, dirigibilidade, central multimídia, segurança, conveniência e conforto acústico”, explica Flávio Costa, gerente de Vendas de Veículos Comerciais da Ford.
A linha será produzida inicialmente no modelo de passageiros, ou Minibus, nas versões para 15 ou 16 ocupantes, e 18 ou 19 ocupantes, incluindo o motorista, adaptadas em um ModCenter específico, além da chamada versão vidrada, sem bancos, para o cliente configurar como for preciso. A versão de carga, ou Furgão, prevista para lançamento no começo de 2022, está disponível nas opções de cabine média ou longa, também configuráveis.
A Transit é equipada com o motor EcoBlue 2.0 turbodiesel, o mais moderno e tecnológico da Ford no segmento. Além de ter o maior torque e potência da categoria – 41,3 kgfm (@ 1.750-2.500 rpm) e 170 cv (@ 3.500 rpm) – e baixo consumo, ele é o primeiro homologado no programa de emissões Proconve 7 (Euro 6), com Arla-32, segundo a montadora.
A conectividade é um dos grandes diferenciais na van para poder operar sem paradas o máximo de tempo possível. É a primeira a vir com um modem embarcado, o FordPass Connect, que coloca o veículo na palma da mão do cliente onde ele estiver e também agiliza os serviços para ele ganhar produtividade e otimizar o seu tempo de trabalho.
Com o aplicativo FordPass, o cliente pode saber o status da Transit, a sua localização em tempo real e enviar comandos remotos pelo celular. Como, por exemplo, travar e destravar portas, dar a partida, checar o nível do combustível, a quilometragem e quanto falta até a próxima revisão.
Toda a rede Ford vai vender e dar assistência para a Transit, com mais de 100 concessionárias preparadas com ferramental, estoque de peças, técnicos treinados, boxes exclusivos e horários flexíveis para garantir uma manutenção rápida e de qualidade em todas as regiões do Brasil. O cliente terá também um canal exclusivo na Central de Atendimento Ford com assistência 24 horas, sete dias por semana.

Nova fábrica
A Ford iniciou a produção da Transit para o mercado brasileiro na nova fábrica construída em parceria com a Nordex, no Uruguai, com investimentos de US$ 50 milhões. Localizada em Montevidéu, é a quinta a produzir a linha de vans no mundo, ao lado da Turquia (Kocaeli), da Rússia (Elabuga), da China (Nanchang) e dos Estados Unidos (Kansas City).
“Aliamos o nosso conhecimento sobre o produto com aquilo que a Nordex tem de melhor, com uma estrutura de produção adequada para atender o tamanho e as necessidades do nosso mercado. Outra vantagem é que ela possui localização estratégica para atender os clientes da região”, diz Daniel Dupas, diretor de Qualidade da Ford América do Sul.
A fábrica tem 17.000 metros quadrados de área construída e instalações modernas, que privilegiam o conforto e a sustentabilidade, incluindo iluminação natural e tratamento termoacústico. Ela conta também com uma estrutura completa de apoio, com pista de testes, depósitos, pátios, escritórios e sistema de logística para o recebimento de peças e envio dos veículos prontos.
“Todos os sistemas de qualidade da manufatura e do produto são os mesmos empregados nas demais fábricas da Ford no mundo, com um controle robusto de todas as fases da montagem até o produto final”, diz Daniel Santos, gerente de Desenvolvimento do Produto da Ford.
No total, a nova linha vai produzir sete versões e 12 catálogos da Transit, nos modelos de passageiros e de carga, para atender o Brasil, a Argentina e outros países da região.

webinar
webinar
alperseguros
fronius
Retrak
savoy
postal