Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Especial 27 de fevereiro de 2020

Galpões lonados: das aplicações mais simples até o atendimento das necessidades da logística 4.0

A solução flexível é dinâmica e permite queb se altere o layout de acordo com a necessidade, por conta de sua modularidade, evitando que a empresa fique com o ativo ocioso, um obstáculo para a eficácia do conceito 4.0.
Indústria 4.0 e, mais especificamente, logística 4.0 são realidades tão enraizadas que resta aos diversos segmentos que as compõem se adequarem a elas, sob pena de não sobreviverem num futuro bem próximo. Neste contexto, é interessante notar como se comportam os galpões lonados.
Sergio Gallucci Parisi, diretor Comercial e de Marketing da Tópico, destaca que a logística e a indústria 4.0 quebram paradigmas e impulsionam um cenário que se convencionou chamar de disruptivo. Neste contexto – diz ele –, soluções otimizadas e personalizadas para cada perfil de negócio são fundamentais para a eficiência dos processos. “As infraestruturas flexíveis fazem parte desta realidade. A solução flexível é dinâmica e permite, por exemplo, que se altere o layout de acordo com a necessidade, por conta de sua modularidade, evitando que a empresa fique com o ativo ocioso, um obstáculo para a eficácia do conceito 4.0.”
Naldo Sales, sócio-fundador do Grupo Recon, por sua vez, lembra que, por serem estruturas de montagem ágil e com menos burocracia na hora da aquisição ou locação, os galpões lonados se posicionam muito bem no mercado dinâmico e tecnológico como o de hoje. “A logística 4.0, ultratecnológica, tem como princípios a redução de custos e ganho de eficiência, o que é tranquilamente conquistado quando uma empresa opta por adquirir um galpão em lona. Os lonados possuem montagem dinâmica em comparação a obra civil e início de contrato menos burocratico. Além disso, há flexibilidade de adaptação do projeto à planta do cliente, o que mantém ou melhora a eficiência logística esperada.”
Eduardo Gianini, gestor na Unidade de Negócios da Rentank Macrogalpões Ind. e Com. de Coberturas, também fala sobre a dinâmica da indústria 4.0, e que por isso há uma busca incessante pela redução de custos, mantendo os padrões de qualidade. Nesse contexto – segundo Gianini – os galpões lonados são peça chave, pois podem ser instalados rapidamente (cerca de 300 m² por dia) sem necessidade de nenhuma obra civil, pois a instalação pode ser feita em qualquer tipo de piso, suprindo uma demanda sazonal e solucionando um problema de logística, inclusive com a entrega de serviços para a operação total do cliente.

Novas aplicações
Agora se referindo a novas aplicações para os galpões lonados hoje, o gestor na Unidade de Negócios da Rentank lembra que, historicamente, os galpões lonados sempre foram utilizados por qualquer tipo de empresa, desde a Indústria até o agronegócio. “Hoje em dia, com o aprimoramento ainda maior do produto, que dispõe de certificações como as NBRs e seguindo as exigências do Corpo de Bombeiros, entramos em segmentos que demandam um alto nível de cuidado na armazenagem, isso porque hoje os galpões são equipados com lonas autoextinguíveis de alta durabilidade, além de todo um leque de acessórios para prevenção e combate a incêndio, sem falar em todos os serviços de logística aplicados na contratação dos mesmos, possibilitando um atendimento turn-key.”
Sales, do Grupo Recon, também diz que os galpões lonados podem ser aplicados em todos os segmentos, atendendo as mais variadas exigências. Desde a farmacêutica, que necessita de refrigeração e acessórios específicos, até áreas de manutenção, restaurantes, almoxarifados, linha de produção, etc. Além disso, utilizá-los como cobertura para contêineres, por exemplo, é uma das opções mais atuais. De acordo com o sócio-fundador do Grupo Recon, a estrutura modular proporciona maior facilidade de adaptação ao projeto, com uma série de acessórios que podem ser adicionados, garantindo a eficiência logística necessária.
A Tópico atende as cadeias produtivas dos mais diversos setores, como agronegócio, empresas de logística, infraestrutura e indústrias em geral, mas, em virtude dos avanços da filosofia 4.0, está se inserindo em segmentos com projeções positivas de crescimento.
Exemplos são os setores que atuam com estratégias e demandas sazonais e podem explorar os benefícios das infraestruturas flexíveis. Caso do varejo e do e-commerce, que dependem muito de datas especiais, como Natal, Dias das Mães e Black Friday. “Ao invés de optarem por armazenagem externa nestes períodos de pico, podem instalar galpões em seu próprio espaço, permitindo a redução de custos, a concentração da operação logística e, consequentemente, simplificação da gestão.”
Parisi lembra que a Tópico atende estes segmentos, mas há ainda potencial de inserção mais fortemente nesta cadeia. Segundo ele, a tendência é de crescimento. Estudo recente do Euromonitor e PayPal aponta que, em 2020, as vendas do varejo em e-commerce no Brasil aumentarão 43,5%, passando dos US$ 19,5 bilhões registrados no ano passado para US$ 28 bilhões.

Aplicações complexas
Pelo exposto, pode ser notado que os galpões lonados se prestam, no momento, às mais diversas aplicações, desde as mais simples – como armazenagem de grão (bags ou a granel), estoque de produtos industriais, maquinário, paletes, etc. – até as mais complexas.
“Estas aplicações são aquelas que precisam de avaliações e estruturações mais aprofundadas e, nestes casos, demandam um grande envolvimento de nosso time comercial e de engenharia. Passam pelo desenho do escopo entre o gerente comercial responsável e o cliente, refinamento do entendimento, avaliação in loco de aplicação, estruturação do projeto usando nossas ferramentas de cálculo estrutural e apresentação – até aprovações finais e validações. Desta forma, o processo é mais longo pois, diferentemente dos modelos padronizados, há necessidade de uma série de etapas adicionais a serem cumpridas”, explica o diretor Comercial e de Marketing da Tópico.
Também falando sobre aplicações complexas dos galpões lonados, Sales, do Grupo Recon, recorda que elas envolvem planejamento, além da armazenagem. Como, por exemplo, galpões para indústria farmacêutica e/ou alimentícia, nos quais é necessária a implementação de sistema de refrigeração para controle do clima e vedação específica.
“Dentre as aplicações mais complexas que já realizamos está a montagem do maior galpão em lona do Brasil, em Cabreúva, SP, para uma empresa de cosméticos. Este foi um grande desafio, cheio de peculiaridades e adaptações por ter uma estrutura de 295 metros de comprimento e pé-direito de 12 metros”, completa o sócio-fundador do Grupo Recon.

Vantagens
Além da otimização e modularidade, como já foi abordado anteriormente, as soluções flexíveis facilitam o planejamento das empresas e atendem a necessidades emergenciais. A título de comparação, Parisi, da Tópico, lembra que uma construção em alvenaria com mil metros quadrados gasta, em média, para ficar pronta, cerca de quatro meses, levando em conta procedimentos como aprovações, licenças e inspeções. “Um galpão nas mesmas dimensões é montado em, no máximo, dez dias.”
Além da otimização nos processos burocráticos – continua ele –, os impactos na economia da empresa cliente são imediatos.
Por outro lado, ao investir em uma infraestrutura flexível, a empresa economiza no uso de água, eletricidade, equipamentos e terraplanagem. “Sem contar que estas estruturas são simplificadas, se adaptam a qualquer tipo de piso e são obras limpas, não gerando entulho e a necessidade de descarte.”
A lista de vantagens dos galpões lonados apresentada por Sales, do Grupo Recon, é mais abrangente: instalação pode ser feita dentro da planta da empresa; flexibilidade para projetos especiais; agilidade na montagem; sem custos com IPTU; podem ser instalados em qualquer piso nivelado; 100% de aproveitamento de vão livre; lona com tratamento antichama, anti-UV e antimofo; design e eficiência logística; baixa necessidade de manutenção; acessórios especiais para melhorar a qualidade de armazenagem e logística.

Tabela 03

Terca usa galpões lonados para agilizar operações
O Terca é um complexo de armazenagem, instalado em uma área de 530.000 m², atuando em diversos segmentos do mercado no Espirito Santo, sendo CLIA, Entreposto da Zona Franca de Manaus, Armazém Geral e Operador Logístico. “Atuamos com uma diversidade de produtos e clientes, sendo necessárias agilidade e flexibilidade para atender um mercado que a cada dia exige mais agilidade e flexibilidade”, diz Wanderley Wagno Malavazi, diretor do Terca.
É neste contexto que a parceria com o grupo Rentank/Macrogalpões está fazendo a diferença, principalmente em momentos em que o mercado apresenta grandes oscilações – “os armazéns lonados são uma ótima alternativa para as operações logísticas, são estruturas seguras e de alta qualidade. Temos operações onde instalamos estruturas portapaletes e operamos com produtos de alta complexidade, com total segurança e eficiência. O grande diferencial dos armazéns lonados está em serem uma solução de baixo custo e apresentarem rapidez e flexibilidade na montagem, tendo um engenheiro responsável em todos os projetos, atuando também na manutenção preventiva e corretiva caso haja necessidade”, completa Malavazi.
Parceria – O diretor do Terca lembra que a parceria foi iniciada em maio de 2018 com a instalação dos primeiros 10.000 m². E que o complexo de armazenagem está situado na cidade de Cariacica, Região Metropolitana de Vitória.
São sete armazéns lonados com dimensões variadas: AMZ 01: 20 m x 60 m = 1.200 m²; AMZ 02: 20 m x 50 m + 30 m x 100 m + 20 m x 50 m = 5.000 m²; AMZ 03: 40 m x 110 m = 4.400 m²; AMZ 04: 30 m x 105 m = 3.150 m²; AMZ 05: 30 m x 105 m = 3.150 m²; AMZ06: 30 m x 70 m = 2.100 m²; AMZ07: 40 mx30 m = 1.200 m².
“Estes armazéns são instalados quando surge a necessidade de agilidade e flexibilidade para atender um mercado e/ou uma operação especifica que a cada dia exige agilidade, prazo e investimento mais baixo. É neste contexto que a parceria com o grupo Rentank/Macrogalpões está fazendo a diferença”, finaliza o diretor.

Newsletter
Cadastre-se aqui

Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Nimbi Patrocinador
Volkswagen Patrocinador
Mercedes Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
JLL
Savoy
Sds
Retrak
4K