Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Modal Marítimo 23 de março de 2016

Governo do Uruguai contrata ART para modernizar todo o sistema ferroviário do país

A ART – Alta Rail Technology, empresa brasileira líder em tecnologia para o setor ferroviário com atuação nos mercados da América Latina, África e Austrália, anuncia que iniciou um projeto de modernização do controle de tráfego da malha ferroviária do Uruguai, com vistas ao aumento da eficiência e segurança. A operação acontece a partir de contrato conquistado pela ART junto à agência governamental que responde pela gestão do setor, a Administración de Ferrocarriles de Estado (AFE). 

O objetivo do projeto é substituir o obsoleto controle de tráfego por um novo sistema automatizado, baseado em estrutura de comunicação por satélite e GPRS. A solução envolve a integração de computadores de bordo, sistemas de aquisição de dados e controle centralizado.

Os dispositivos de automação e comunicação, bem como os softwares empregados, são desenvolvidos pela própria ART, sendo já utilizados por várias ferrovias em todo o mundo.

O contrato entre a ART e a AFE segue o modelo turn key, sendo a ART a responsável integral pelo projeto de engenharia, suprimentos, integração, implantação e treinamento dos gestores, maquinistas e operadores de tráfego que passarão a usar o novo sistema.

Com o apoio dessa infraestrutura, a AFE se prepara para crescer e operar em todo país com a eficiência e segurança desejadas por seus clientes de transporte ferroviário. Em recente pronunciamento, na assinatura de contrato com a ART, o Ministro dos Transportes e Obras Públicas do Uruguai, Victor Rossi, salientou que “o novo sistema de autorização do uso de vias é um dos melhores acontecimentos para a ferrovia nos últimos tempos”. Por sua vez, o presidente da AFE, Wilfredo Rodrigues, ressaltou que “com o controle por satélite de suas vias férreas e trens, a AFE dá um salto de modernização, indo diretamente do século XIX para o século XXI”. 

De acordo com Carlos Henrique Correa, CEO da ART, o relacionamento entre a ART e a AFE está apenas se iniciando e as expectativas são grandes de ambas as partes.

A solução da ART contempla um sistema de controle de tráfego (STC) e  dispositivos de bordo responsáveis por garantir segurança e agilidade na movimentação de trens.

Com o novo controle de tráfego, a AFE realizará o monitoramento inteligente das composições ao longo de 1600 km de trilhos que cortam todo o país.

Serão instaladas 40 soluções embarcadas nas locomotivas da AFE, incluindo os Computadores de Bordo (OBC), Módulos de Aquisição de Dados (DAQ) e Módulos de Comunicação Ferroviária (MCF). Isto viabilizará a operacionalização de padrões de tráfego compatíveis com as normas internacionais de segurança e com as melhores práticas de planejamento logístico.

As soluções de bordo ajudam os maquinistas a cumprir as regras operacionais, como velocidade máxima autorizada e limites de autoridade, oferecendo a função de cerca eletrônica.

O uso do dispositivo EOT (End Of Train), instalado no último vagão das composições, permite que a solução monitore a integridade da composição, garantindo maior eficiência e segurança nos cruzamentos e agilidade nas autorizações de uso de via.

A comunicação trem-terra é feita por GPRS e com redundância via satélite, ampliando a disponibilidade do monitoramento de tráfego e controlando o custo de comunicação.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal