Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Investimento 9 de março de 2016

Grupo BID apoia Klabin em financiamento de fábrica de celulose

O BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) anunciou essa semana o financiamento de uma nova fábrica de produção de celulose da Klabin. No município de Ortigueira – uma das cidades mais pobres do Estado do Paraná – o empréstimo estimado em US$ 300 milhões para o projeto denominado Puma, é apontado como maior investimento privado na história do Estado.

De acordo com a companhia, o projeto gerará cerca de 8.500 empregos durante a fase de construção e 1.400 depois que a fábrica começar a operar. Ela operará com eletricidade autossuficiente graças a uma usina de biomassa de 255 MW, que venderá 56% de seu excedente de energia para a grade nacional.

A estimativa é que a fábrica tenha um dos custos de produção de celulose mais baixos do mundo e uma capacidade instalada de produção 1,42 milhão por ano. “O Puma também fortalecerá a infraestrutura local por meio de investimentos em ferrovias, redes de estradas e instalações portuárias”.

Como resultado da colaboração entre as instâncias para o setor público e privado do Grupo BID, o município de Ortigueira também receberá recursos e assessoria técnica para fortalecer sua capacidade institucional e administrar o aumento de receitas tributárias e atividade econômica que resultará do projeto.

Vale ressaltar que o Grupo BID também mobilizou US$ 500.000 do Fundo Ambiental Global (GEF) para apoiar a Klabin na construção de corredores ecológicos dentro da área do projeto, como parte da preservação do bioma Mata Atlântica, um hotspot de biodiversidade de importância mundial.

A segunda parte do empréstimo no valor de US$ 150 milhões tem prazo de 7 anos, mais longo do que os prazos de financiamento normalmente disponíveis no mercado bancário comercial local. A primeira parte do empréstimo, US$ 200 milhões, foi desembolsada na semana passada.

Fonte: Guia Marítimo

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal
Expo
Agronegocio
Farma
Carbono