Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Mercado 20 de junho de 2024

Liga Ventures, BAT e Frotas Conectadas lançam estudo sobre evolução das logtechs

A Liga Ventures, considerada a maior rede de inovação aberta da América Latina, que conecta startups e grandes empresas para geração de negócios, em parceria com a BAT Brasil – líder no mercado nacional de cigarros – e Frotas Conectadas – evento anual dedicado a explorar as últimas tendências e inovações no setor de mobilidade –, anuncia o lançamento do estudo que mostra a evolução das logtechs no país.

Ao todo, foram mapeadas 282 startups que estão ativas e utilizam diferentes tecnologias com o objetivo de transformar o setor de logística e entregar melhores soluções e produtos para os consumidores.

O levantamento aponta que elas estão divididas em 15 categorias, sendo que as principais são gestão de entregas (11,7%); logística Last Mile (10,28%); inteligência de dados (10,28%); logística reversa (9,93%); delivery on demand (9,93%); gestão de frotas (9,22%); marketplace de frete (9,22%); gestão de estoque (8,16%); gestão de carga (6,03%); logística de cadeia fria (3,55%); armários inteligentes (3,55%); logística portuária (2,48%); gestão de combustível (2,13%); dark store (1,77%) e gestão de pátio (1,77%).

Em relação ao ano de fundação das startups, cerca de 18% delas foram criadas entre 2020 e 2023. Já as principais categorias de logtechs ativas fundadas de 2020 a 2024 foram de inteligência de dados (16%); logística Last Mile (16%); delivery on demand (16%); gestão de entregas (10%) e gestão de carga (10%). Sobre os investimentos no setor, foram realizados 30 deals entre janeiro de 2023 e maio de 2024, que movimentaram cerca de R$ 1,3 bilhão. 

“O mercado de logística tem crescido muito nos últimos anos, principalmente com a expansão dos e-commerces. As transformações ocorridas no setor e na sociedade obrigaram as empresas a se atualizar e buscar cada vez mais por soluções inovadoras na tentativa de atender as demandas em constante mudança dos consumidores. Como podemos observar no estudo, as logtechs possuem um papel fundamental nisso, resolvendo desafios logísticos e otimizando processos em toda a jornada”, analisa Guilherme Massa, cofundador da Liga Ventures.

O estudo mostra também que 34 das startups analisadas aplicam Inteligência Artificial em suas soluções, com o intuito de realizar análises preditivas e prescritivas, otimização de rotas, gestão de estoque, hiper automação de processos, monitoramento de ambientes e cargas e em veículos autônomos.

O estudo traz também as regiões com maior distribuição de startups ativas. No primeiro lugar do ranking está São Paulo (50%); seguido de Minas Gerais (11%); Santa Catarina (8%); Paraná (7%); Rio de Janeiro (6%); Espírito Santo (4%); Rio Grande do Sul (4%); Pernambuco (2%); Bahia (2%) e Ceará (1%).

“As startups aplicadas ao setor de logística desempenham um papel crucial na inovação e na modernização da indústria, e o mapa de startups produzido pela Liga Ventures oferece uma valiosa ferramenta para as empresas se manterem antenadas tecnologicamente, identificando e integrando soluções inovadoras que impulsionam a eficiência e a competitividade das empresas“, afirma Carlos Mira, idealizador do evento da Frotas Conectadas.

Outro dado interessante se refere à análise da maturidade das logtechs mapeadas, onde 52% são emergentes, 19% estão estáveis, 14% são nascentes e 15% delas disruptoras. Com relação às tecnologias mais aplicadas, destacam-se Geolocalização (35%); Marketplace (23%); Rastreabilidade (23%); Data Analytics (19%) e API (17%). Já referente ao público-alvo, o estudo mostra que 70% das startups têm como foco o mercado B2B.

“As logtechs são potencializadores das capacidades logísticas da BAT, aceleram nosso desenvolvimento com tecnologia, integração e redução de custos. Lidamos com diversas logtechs atualmente, mas nosso melhor exemplo é a parceria com a Uello, onde conseguimos estar à frente do mercado na gestão de Last Mile com uma transformação rápida e de qualidade”, afirma Marco Falcone Tikerpe, Logistics Development & Innovation Manager LATAM SOUTH da BAT Brasil. Para realizar o estudo foram utilizados dados da ferramenta Startup Scanner, plataforma criada pela Liga Ventures que identifica e acompanha dados de startups do Brasil e América Latina para que grandes empresas, pesquisadores e empreendedores possam entender as movimentações do mercado e encontrar oportunidades de negócios sinérgicos à sua atuação.

Volvo
Enersys
Savoy
Retrak
postal