Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Condomínio logístico 9 de junho de 2022

Mercado de galpões de São Paulo registrou, em maio, a segunda maior absorção líquida do ano

Segundo levantamento realizado pela Cushman & Wakefield, o mercado logístico de alto padrão de São Paulo registrou, em maio último, a segunda maior absorção líquida do ano – 111.867 m².

Os destaques foram as regiões de Atibaia e Sorocaba, com 73.226 m² e 31.000 m², respectivamente. Atibaia foi responsável pela única entrega do mês, 73.226 m², que já estavam pré-locados. Essa foi a primeira entrega na região desde 2019.

A taxa de vacância registrou queda pela primeira vez no ano (0,44 p.p. MOM), fechando em 12,11% devido às fortes absorções que ocorreram no período. O preço pedido registrou aumento de 1,12% comparado ao mês anterior, fechando em R$ 20,61 por m²/mês, como resultado das ocupações em regiões com preço pedido abaixo da média de mercado do estado.

Veja a seguir mais alguns dados da pesquisa da Cushman & Wakefield:

– A primeira maior absorção do ano em SP ocorreu em janeiro, com 167.666 m², seguida de maio (111.867 m²) e março (66.035 m²).

– A absorção líquida em 2022 de SP está em 355.370 m² (39,3% do valor total de 2021).

– A absorção bruta em 2022 de SP está em 461.177 m² (34,7% do valor total de 2021).

– Até o momento, levando em consideração as ocupações (Absorção Bruta), o e-commerce representa 35,1% do crescimento do setor, e ainda existem áreas que já estão pré-locadas para empresas como Amazon e Mercado Livre.

Vacância nos Estados

– MG: 0,58%

– BA: 1,18%

– PA: 1,90%

– PE: 2,11%

– AM: 3,03%

– CE: 4,39%

– PR: 6,06%

– SP: 12,11%

– RJ: 13,90%

– RS: 15,60% – SC: 33,85%

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal