Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Modal Marítimo 4 de novembro de 2021

Multilog participa do primeiro trânsito aduaneiro multimodal realizado no Brasil

17113191529102021_51636949852_b5ff4d6b8c_k

A Receita Federal realizou o primeiro trânsito aduaneiro multimodal neste mês para autorizar o transporte de farelo de soja de Foz do Iguaçu até Paranaguá por via terrestre. Trata-se de uma alternativa para escoar as exportações paraguaias que iam por via fluvial até a Argentina, trajeto que tornou-se impraticável com as secas nos rios da região.

Com fiscalização da Receita Federal, a carga ingressou no Porto Seco de Foz do Iguaçu – gerenciado pela Multilog -, e de Cascavel. Logo em seguida, foi colocada em vagões e seguiu por trem até Paranaguá para ser embarcada em navios para exportação.

“O regime de trânsito aduaneiro é um benefício concedido a importadores e exportadores, que permite o transporte de mercadorias de um recinto alfandegado a outro para o desembaraço aduaneiro da carga, com a suspensão do pagamento de tributos. Com os rios em níveis baixos e sem perspectiva de chuvas, as barcaças não podem navegar e a produção tem que escoar por terra”, disse Francisco Augusto Silva Damilano, Gerente Geral de Operações das Fronteiras da Multilog.

O Porto Seco de Foz do Iguaçu está localizado em uma tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. Na fronteira com a Argentina, a exportação é concentrada no mercado automobilístico: veículos automóveis, peças e madeiras. Já na fronteira com o Paraguai, os produtos mais exportados atendem aos mercados de construção e de agricultura. Na parte de importação, os principais produtos que mais saem da Argentina e vêm para o Brasil são alimentos, enquanto que no Paraguai a importação é concentrada em carne suína, ferro, produtos têxteis e grãos.

No ano passado, um levantamento feito pela Receita Federal revelou que o Porto Seco de Foz do Iguaçu registrou taxas de crescimento recordes nos últimos quatro meses de 2020, consolidando-se como o maior da América Latina em volume de cargas.

A Multilog é parceira estratégica da Receita Federal e possui Certificação de Operador Econômico Autorizado – OEA em Barueri, Santos, Campinas, São Paulo, Itajaí, São José dos Pinhais e Joinville. A empresa é reconhecida pela integridade e segurança nas operações, além de atuar em conformidade com os critérios exigidos pelo Programa Brasileiro de Operador Econômico Autorizado – OEA.

webinar
webinar
alperseguros
fronius
Retrak
savoy
postal