Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Veículos 6 de maio de 2022

Nova Transit Furgão da Ford vem com conectividade gratuita de série e pode virar ambulância

Depois do lançamento da Transit Minibus, a Ford anuncia a nova Transit Furgão, van de carga voltada para transporte de mercadorias, e-commerce e ambulância, entre outras aplicações, que respondem por cerca de 63% das vendas do segmento.

O novo veículo segue o conceito de “escritório sobre rodas” para empresas, empreendedores e autônomos que o utilizam como ferramenta de trabalho e não podem parar.

São duas opções de modelos, ambos com teto alto: L2H3, versão de comprimento médio, com volume de 10,7 m3 e capacidade de 1.222 kg; e L3H3, versão de comprimento longo, com volume de 12,4 m3 e capacidade de 1.181 kg.

Um dos diferenciais é a conectividade gratuita de série, com recursos como acompanhamento preventivo inteligente e relatórios com indicadores para o negócio.

O novo furgão está disponível em duas cores, prata e branca, que facilitam a revenda, e pode ser dirigido por motoristas com habilitação categoria B, por ter PBT de 3,5 toneladas.

“A Transit foi projetada para oferecer máxima produtividade para o transportador, com baixo custo total de operação, segurança, conforto e uma assistência pós-venda preparada para manter o veículo sempre rodando”, diz Guillermo Lastra, diretor da Divisão de Veículos Comerciais da Ford América do Sul.

O segmento de veículos comerciais leves no Brasil vem crescendo num ritmo superior ao da indústria e dobrou de volume nos últimos cinco anos, de 24.000 unidades em 2016 para 48.000 unidades em 2021. O segmento também sofreu o impacto da pandemia, mas de forma mais leve: no período de 2019-2020, enquanto a indústria sofreu uma retração de 30%, ele recuou só 16% nas vendas.

Conectividade

 A Transit é a primeira do segmento a vir com um modem embarcado de fábrica, o FordPass Connect, que coloca comandos e informações na palma da mão do cliente pelo celular, além de outros recursos exclusivos para aumentar a produtividade da operação, informa a montadora.

Com o aplicativo FordPass é possível conferir a quilometragem, o nível de combustível e localizar o veículo remotamente, agendar e acompanhar serviços online e receber relatórios mensais com indicadores para o negócio, com consumo de combustível e de Arla 32/Adblue e distâncias percorridas.

A conectividade integrada da Transit é capaz de detectar mais de 3.000 tipos de alertas de funcionamento do veículo através da luz indicativa no painel e mensagem no FordPass. Dependendo da severidade desses alertas, um atendente da central da Ford entra em contato proativamente com o cliente para informar e orientar na solução. Esse serviço, chamado de acompanhamento preventivo inteligente, é um dos recursos gratuitos oferecidos para o cliente da Transit durante o primeiro ano de uso.

Outra novidade é a assistência técnica em conferência. Havendo qualquer ocorrência, o cliente pode entrar em contato com a Assistência Ford e o atendente o coloca em contato com o chefe de oficina da concessionária mais próxima, que avalia a possibilidade de reparo e solução no próprio local. Se não for possível, o veículo é removido para a concessionária Ford mais próxima, onde o técnico já está preparado para o recebimento e reparo mais rápido do veículo.

“Tudo isso faz parte da experiência conectada da Transit para antecipar possíveis ocorrências e reparar a unidade rapidamente, evitando que o cliente fique com o veículo parado”, destaca Cintia Pelegrina, gerente de Serviço de Atendimento ao Cliente da Ford América do Sul.

Desempenho e conforto

A Transit Furgão conta com o avançado motor turbodiesel EcoBlue 2.0, com a maior potência e torque do segmento – 170 cv e 39,7 kgfm –, e tração traseira que garante melhor performance e menor desgaste de pneus, freio e embreagem, ainda de acordo com a Ford. A sua força pode ser sentida na resposta dinâmica do acelerador, principalmente em subidas.

“Ela também é a única com Auto Start-Stop, que aumenta a economia de combustível na cidade, recarregamento de bateria inteligente e três modos de condução com ajuste automático para diferentes tipos de piso: normal, eco e escorregadio”, detalha Daniel Santos, gerente de Desenvolvimento do Produto da Ford América do Sul.

O furgão da Ford vem equipado ainda com direção elétrica e volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade, que contribuem para oferecer a melhor dirigibilidade da categoria – incluindo diâmetro de giro de 11,9 m e 13,3 m nos modelos médio e longo, respectivamente. Para o conforto e a produtividade do motorista, além de banco com ajuste em quatro posições, há itens como mesa auxiliar, compartimento sob o banco do passageiro e amplo console de teto, com comandos à mão e excelente ergonomia.

A transmissão manual de seis velocidades com assistente de trocas no painel e os pneus com baixa resistência ao rolamento são outros itens que favorecem a dirigibilidade e a economia de combustível. Destaque para o conforto da suspensão e o isolamento acústico da cabine, 20% mais silenciosa que a principal concorrente, afirma a montadora.

O teto alto permite que a Transit Furgão tenha grande capacidade volumétrica com uma carroceria de perfil mais compacto, que facilita as manobras nos centros urbanos. As portas traseiras com abertura ampla, de 270 graus, e os 10 ganchos para amarração também ajudam na operação.

Ambulância

Para atender à demanda por transporte de emergência da área da saúde, a Ford também disponibiliza a Transit para transformação em ambulância. A empresa desenvolveu um protótipo em parceria com a Revolution do Brasil, considerada a maior empresa de adaptação veicular da América Latina, que será utilizado para obtenção do CAT – Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito.

Esta certificação, concedida pelo governo, é necessária sempre que há mudança na quantidade de passageiros ou uma configuração que afeta quesitos de segurança.

“O protótipo foi configurado para ser um Samu, dedicado aos primeiros-socorros, mas há outras opções: simples remoção e UTI avançada, esta última com mais aparatos, para pessoas em condições mais críticas. Temos duas configurações de carroceria, dependendo do projeto”, explica Fúlvio Ferrari, especialista em veículos comerciais da Ford Brasil.

O principal diferencial deste serviço é o projeto desenvolvido de forma antecipada com os parceiros. Informando as características desejadas, é possível criar um layout específico e ajustado à necessidade.

Outros diferenciais do veículo ideais para essa aplicação são os entre-eixos mais curtos e a condição de manobrabilidade superior aos concorrentes, assegura Ferrari, o que permite atender as pessoas de forma mais rápida nos centros urbanos. Já com relação ao uso em cidades do interior e áreas mais remotas, o diferencial da Transit é a tração traseira, muito importante para trafegar em estradas de terra com segurança.

“Com a obtenção do CAT, esperamos que a partir de junho a configuração de ambulância esteja disponível para os clientes”, finaliza o especialista.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal