Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Supply Chain 15 de janeiro de 2021

Novo sistema da Diebold Nixdorf simplifica a gestão de Supply Chain de sua fábrica

Diebold_Nixdorf_logo_2018

Inovar para garantir mais assertividade e eficiência a todos os envolvidos na produção de seus equipamentos. É com este objetivo que a Diebold Nixdorf, especializada em impulsionar e conectar o comércio para as indústrias de bancos e varejo, anuncia a implementação de um novo sistema de gerenciamento para integrar e conectar em uma única plataforma de dados todos os parceiros que atuam em sua cadeia de fornecimento nacional.

A nova plataforma de Supply Chain permite o monitoramento de todos os processos e fornecedores locais, ampliando a visibilidade global da Diebold Nixdorf em relação aos prazos de entrega, desde a colocação de um pedido para o fornecedor até a entrada da matéria prima no estoque de sua fábrica localizada em Manaus, AM.

“Como em toda indústria, a qualidade e a assertividade nas entregas são pontos vitais para garantirmos a satisfação de nossos clientes. Nesse cenário, a adoção desse novo sistema representa um enorme ganho de performance para a companhia”, diz Michel Seller, Chief Information Officer (CIO) da Diebold Nixdorf Brasil.

Vale destacar que cada equipamento produzido pela Diebold Nixdorf possui cerca de 5.000 componentes e insumos de fabricação embutidos. “É uma operação complexa que, sem dúvida, exige uma orquestração bastante ajustada”, comenta o CIO. Ao todo, hoje, a Diebold Nixdorf conta com aproximadamente 75 fornecedores nacionais envolvidos nas operações de fabricação das suas máquinas e terminais, predominantemente localizados na região sudeste.

Segundo o executivo, a dinâmica de trabalho da empresa será automatizada e terá muito mais previsibilidade. Agora, pela tela de qualquer dispositivo é possível acompanhar em tempo real, por exemplo, a entrega de um pedido que envolva dezenas de fornecedores e transportadoras de todo o País. Graças à inovação implementada, foi possível automatizar a comunicação eletrônica entre todos esses parceiros, permitindo melhor planejamento e visibilidade da conclusão de suas atividades. “Estaremos à frente do mercado mais uma vez, monitorando cada uma das etapas de nossa cadeia de fornecimento”, explica Seller.

Desenvolvida a partir de modernas soluções e com conectividade com os sistemas de gestão empresarial, a nova plataforma é capaz de buscar automaticamente as informações adicionadas ao ERP da empresa e, assim, conectar a Diebold Nixdorf a seus fornecedores e transportadoras, garantindo o fluxo de informações entre eles desde o momento da colocação de um pedido até a entrega do material no estoque da fábrica.

Após a configuração inicial, o processo de fabricação e transporte de matéria prima passa a ser monitorado, com opção de acesso completo para todos os líderes responsáveis pela cadeia de fornecimento. É possível, inclusive, rastrear o andamento do transporte do material entre o fornecedor e a fábrica em Manaus.

Segundo o executivo, a visibilidade oferecida pelo sistema representa uma maior capacidade de adaptação da Diebold Nixdorf diante de imprevistos – como um problema no frete de uma carga, por exemplo –, além de ajudar a melhorar o planejamento de entrega e o ritmo de produção dentro da fábrica. “Caso algo saia do planejado, temos a condição de ajustar rotas com mais agilidade e envolver nossos parceiros na dinâmica. Isso significa que ganhamos em inteligência analítica para satisfazer ainda mais nossos clientes”, afirma o CIO, destacando que será possível medir em alguns meses os ganhos de produção e de performance gerado a partir da implantação do novo sistema.

Dessa forma, a companhia espera aumentar sua eficiência, reduzir prazos e obter condições de ajustar os fluxos diante de eventuais ocorrências. “Antes, cada equipe tinha acesso aos registros e parceiros envolvidos em sua parte da operação. Agora, porém, temos visibilidade de todas as etapas e de todos os 75 fornecedores. Além disso, o novo sistema irá permitir a melhoria do fluxo de caixa da empresa, através da otimização do estoque de matéria prima e também de produtos acabados”, finaliza Seller.

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
postal
Sds
Retrak
Sds
4K
Savoy
JLL