Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Logística Portuária 3 de maio de 2021

Santos Brasil participa de operação de contêineres com escotilhas para embarque de granel sólido em Imbituba

A Santos Brasil, referência em operações portuárias e logísticas, iniciou, junto com outro operador portuário de Imbituba, uma operação inédita com o uso de contêineres especiais para embarque de granel sólido no TCG Imbituba, terminal de carga geral administrado pela companhia em Santa Catarina.

O primeiro carregamento com 14 mil toneladas de coque calcinado aconteceu com a adoção pela operadora ILP de contêineres de 20 pés adaptados com um fundo falso, que trazem três escotilhas cada e que se abrem quando acionadas por controle remoto.

A operação teve início com os contêineres sendo estufados em um armazém externo. Após seu transporte em caminhão do armazém até o costado do navio, o embarque da carga foi meticulosamente realizado pela Santos Brasil, que utilizou o portêiner ZPMC para içar o contêiner do costado até o navio. Uma vez posicionado dentro do porão da embarcação, as escotilhas são acionadas para a liberação do produto. Depois de totalmente embarcada, a carga seguiu para o Canadá.

Desde esta primeira operação especial, que aconteceu em março, a Santos Brasil já realizou o embarque de mais de 36.500 toneladas de granel sólido, utilizando também guindastes MHC.

Segundo Danilo Ramos, diretor comercial de operações portuárias da Santos Brasil, além do coque calcinado, diversos graneis sólidos minerais e vegetais podem ser embarcados com essa mesma tecnologia, milho, soja e minério de ferro são exemplos. “Como operadores de um terminal de carga geral da dimensão do TCG Imbituba, estamos sempre ávidos por desenvolver novos projetos e buscar novas cargas, pois a própria definição de carga geral é ilimitada em si mesma”, afirma.

Cláudio Marcos Rosa, gerente executivo do Tecon e TCG Imbituba, reafirma a característica inovadora da operação e suas vantagens. “Atualmente é comum contêineres serem embarcados em navios carregando granel sólido. Porém, a utilização deles como forma de transportar a carga até o navio é algo inovador. Entre os benefícios, nossos clientes relatam uma queda significativa na perda de mercadoria no transporte e no embarque. Outro fator positivo é que se trata de uma operação limpa, tanto para as vias rodoviárias como para o porto”, relata.

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
Sds
JLL
Retrak
savoy
JLL