Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Pesquisa 11 de janeiro de 2021

Segundo o Seade, transportes vêm liderando investimentos anunciados

1598995018141

De acordo com o Seade – Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados, agência paulista de estatísticas que há mais de 40 anos coleta, analisa e dissemina dados sobre o Estado de São Paulo, desde o quarto trimestre de 2019 os transportes vêm liderando os anúncios de investimentos em infraestrutura, segundo a Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo – Piesp.

Os resultados de 2020 podem ser atribuídos, especialmente, aos valores noticiados nos dois primeiros trimestres do ano por empresas que venceram os leilões realizados pelos governos paulista e federal para concessão de obras e serviços públicos de transportes, por 30 anos.

Entre os subsetores, a maior parte dos recursos anunciados no último trimestre de 2019 foi para transporte aéreo, com a expansão da frota da Azul. Nos períodos seguintes, os investimentos foram para atividades auxiliares dos transportes (rodovias, terminais portuários) e transporte terrestre (ferroviário).

Os dois maiores empreendimentos de 2020 envolvem municípios de várias regiões. Ambos visam melhorar o fluxo de mercadorias, com diferentes modais de transporte, e reduzir custos logísticos. São eles:

– A concessionária Eixo SP, do Consórcio Infraestrutura Brasil (Pátria Investimentos e Fundo Soberano de Singapura), anunciou em janeiro, R$ 14 bilhões para operar o Lote PiPa (Piracicaba-Panorama), que abrange 12 rodovias, no total de 1.273 km, atravessando as regiões de Campinas, Central, Bauru, Marília e Presidente Prudente, até Panorama, divisa com Mato Grosso do Sul.

– A concessionária Rumo Logística, do grupo Cosan, anunciou em maio, R$ 6 bilhões para reestruturação da ferrovia federal Malha Paulista, que liga Santa Fé do Sul ao Porto de Santos, em uma extensão de 2.000 km. Serão beneficiadas 72 cidades.

Newsletter
Cadastre-se aqui

JLL
Savoy
Sds
Retrak
4K