Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Investimento 26 de junho de 2020

Stolthaven expande terminal e investe em tecnologia para otimização do acesso ao Porto de Santos

A Stolthaven Santos, empresa do grupo Stolt-Nielsen Limited – líder global de soluções integradas de transporte e armazenagem de produtos líquidos a granel – anuncia ações e investimentos junto à Prefeitura da cidade de Santos, SP, atendendo legislação municipal e que terão impactos positivos para a sociedade santista. O Termo para Implantação de Medidas Mitigatórias (TRIMMC) foi assinado nesta quarta-feira, dia 24 de junho, pelo prefeito Paulo Alexandre Barbosa e o gerente geral da Stolthaven no Brasil, Marcelo Tiacci Schmitt.

Instalada no bairro Alemoa, em Santos (região portuária próximo ao centro velho) há mais de 40 anos, a empresa realizou obras de expansão da área de tanques em seu terminal, entre os anos de 2017 e 2019, para armazenagem de combustíveis. Com isso, foi preciso atender a algumas exigências legais do município para garantir a continuidade de suas atividades no local sem gerar impactos negativos à sociedade, resultantes do Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança (EIV).

“Encontramos uma forma inteligente com a Prefeitura de Santos para direcionar os investimentos previstos no TRIMMC para ações que possam dar o maior retorno à sociedade neste momento. Solidários à urgência do combate ao Coronavírus, proporcionamos meios para que a área de saúde municipal possa atender toda a população com eficiência e bons recursos, além de investimentos na melhoria do trânsito, com implantação de sinalização inteligente da nova e principal via de acesso ao Porto de Santos, desafogando o fluxo na entrada da cidade”, pontua Schmitt.

Tecnologia

O terminal da Stolthaven Santos ocupa uma área de aproximadamente 94.000 m2 e, na expansão mais recente, a empresa investiu em novos tanques para armazenagem de combustíveis ampliando sua capacidade em 15.000 m3 , totalizando os atuais 150.000 m3. Isso gerou a necessidade de avaliação do impacto da obra no entorno, considerando população e demais terminais de outras empresas também instaladas no local – a área de influência do empreendimento inclui, parcialmente, o bairro Chico de Paula.

Um Estudo Prévio de Impacto de Vizinhança (EIV) foi elaborado levando em consideração as características locais, assim como aspectos apontados pelas normas do documento exigido pela Secretaria de Estado e Desenvolvimento Urbano e Habitação. Com envolvimento de todas as secretarias municipais, a Comissão Municipal de Análise de Impacto de Vizinhança (COMAIV) e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as ações da Stolthaven Santos foram divididas em frentes que tiveram graus de prioridade e urgência formalizados no TRIMMC.

Como empresa que atua nas cadeias logísticas, a infraestrutura foi um dos alvos, com a revitalização e implantação de sinalização com semáforos inteligentes, na via de entrada principal do Porto. O local passa por melhorias em todo o entorno da chegada à cidade pela Rodovia Anchieta, e também é acesso para uma das entradas do terminal da Stolthaven Santos.

O cruzamento entre a Avenida Doutor Albert Schweitzer e Rua Augusto Scaraboto é ponto de problemas diários envolvendo congestionamento e excesso de veículos, o que acaba impactando diretamente no planejamento logístico das empresas ali instaladas e caminhoneiros, assim como na rotina dos funcionários, moradores e pedestres que por ali circulam diariamente. O problema será resolvido com os investimentos semafóricos.

Apoio ao combate da crise sanitária provocada pelo Coronavírus foi outra decisão do aporte: a área da Saúde foi contemplada com recursos ao Fundo de Desenvolvimento Urbano do Município de Santos (Fundurb) para infraestrutura, sendo a Stolthaven primeira empresa a contribuir significativamente para o mesmo logo no início da pandemia em março, incluindo equipamentos, materiais e móveis para o melhor funcionamento das unidades de saúde municipais tendo como objetivo principal, o combate ao COVID-19.

“Essa foi uma inovação dentro do termo de compensação, com um recurso destinado à saúde, que será muito útil no enfrentamento à pandemia, para que a cidade siga com esse trabalho, que é referência no atendimento àqueles que mais precisam”, comenta o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

Newsletter
Cadastre-se aqui

JLL
Savoy
Sds
Retrak
4K