Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube
Modal Marítimo 22 de junho de 2020

Suape registra crescimento de 11% na movimentação de maio e 21% no acumulado do ano

Mesmo diante do desafio de manter as operações em meio à pandemia do novo coronavírus, o Porto de Suape apresentou um crescimento no seu total de cargas movimentadas em maio de 2020. Foram 2.029.990 toneladas, um aumento de 11% em relação ao mesmo período de 2019, quando o porto registou 1.823.831 toneladas. Destaque para os granéis líquidos com aumento de 16,5% no mês. No acumulado do ano, Suape cresceu ainda mais, registrando 10.548.474 toneladas de janeiro a maio deste ano, enquanto, no mesmo período de 2019, foram 8.705.736 toneladas, o que representa 21% de aumento.

Líder nacional na movimentação de líquidos e gases, Suape movimentou 1.392.506 toneladas em maio. Em 2019, no mesmo período, foram 1.371.091 toneladas. Entre as operações de granéis líquidos, o petróleo bruto marcou um aumento de 64,2%, o que representa 610 mil toneladas do produto, enquanto em maio de 2019 registrou 371 mil toneladas. A operação de combustível mineral também aumentou, chegando a marcar 27,8% de incremento na comparação com o mesmo mês de 2019. A categoria de granéis líquidos compreende insumos básicos usados no dia a dia dos brasileiros, como GLP (gás de cozinha), combustíveis e óleos.

Os granéis sólidos também seguem uma importante linha de crescimento em Suape. As cargas de trigo, coque e escória aumentaram 198% em comparação com o mesmo período de 2019. Em volume, os granéis sólidos movimentaram 45.098 toneladas no mês. Em maio do ano passado, esse número foi de 15.111 toneladas.

No tipo de navegação, também houve um crescimento no mês de maio, tanto para a costeira (cabotagem), quanto na navegação entre países (longo curso). A primeira cresceu 7% registrando 1.339.753 toneladas. Já a de longo curso teve um incremento de 22%, com um total de 690.238 toneladas movimentadas. Já a movimentação de contêineres, a segunda maior do porto, registrou 37.546 TEUs (unidade equivalente a 20 pés), no mês, o que representa uma leve queda, na ordem de 1,3%, comparada a maio de 2019, quando 38.028 TEUS foram movimentados.

“Com todas as adaptações que o enfrentamento à Covid-19 impôs, os números mostram que o trabalho desenvolvido pelos que fazem o Porto de Suape e a cadeia logística como um todo vem obtendo bons resultados”, comenta Leonardo Cerquinho, presidente de Suape. “Existe um esforço conjunto entre os terminais e empresas do porto e a autoridade portuária de Suape, juntamente com o Governo do Estado, representado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para que o abastecimento dos produtos à população seja garantido durante a pandemia, com todas as medidas preventivas necessárias. E as perspectivas são positivas para o período pós-pandemia. Suape será, sem dúvida, um dos principais atores na retomada econômica de Pernambuco”.

Newsletter
Cadastre-se aqui

Top do Transporte
Top do Transporte
Fronius Patrocinador
Top do Transporte
Top do Transporte
Toyota
Retrak
Savoy
JLL
JLL