Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Certificação 30 de julho de 2015

Sulista se prepara para SASSMAQ

Com o objetivo de ampliar sua atuação e diversificar a carga transportada, a Transportadora Sulista está em fase final da certificação SASSMAQ (Sistema de Avaliação de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade) para receber a liberação de transporte de cargas químicas e perigosas. A certificação, apesar de não ser obrigatória, gera um importante diferencial para as empresas pelo sistema pela comprovação de que oferecem serviços qualificados nas operações de logística. Isso porque o SASSMAQ garante um certificado de boas práticas, no qual pré-requisitos definidos pela indústria e pelo mercado vão resultar em um relatório detalhado, representando a situação da empresa certificada naquele momento.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), a indústria química na Europa utiliza em larga escala os serviços logísticos oferecidos por terceiros para armazenar, manusear e transportar matérias-primas, intermediários e produtos químicos industrializados. As empresas químicas precisam ter garantias de que essas operações são conduzidas de maneira segura, com qualidade e com o devido cuidado em relação à segurança dos funcionários, do público e do ambiente. “Nosso objetivo é fazer o transporte rodoviário nacional de cargas embaladas e, para isso, uma frota com 14 equipamentos foi preparada com todos os itens exigidos”, conta Josana Teruchkin, diretora executiva da Sulista. Os motoristas dedicados receberam treinamentos específicos e na base de São Bernardo do Campo – que será a detentora da certificação – todos os colaboradores envolvidos também foram treinados e receberam orientações. O CD passou por adequações, para que a nova carga tenha uma área própria, separada das demais operações feitas pela Sulista.

Reconhecida pela excelência no atendimento por seus próprios clientes, a Sulista participa da certificação buscando o cumprimento de 100% das exigências. “O SASSMAQ possui questões mandatórias, que somos obrigados a cumprir, as de indústria, onde o cumprimento inicial é de no mínimo 70% e as desejáveis, que são de livre atendimento nesta primeira avaliação. Nossa expectativa é atender 100% desse manual, que possui 576 questões, que vão desde adequações prediais ou operacionais, passando por normas e leis até licenças ambientais”, conta Evelyn Maiza, analista da qualidade responsável pela certificação.

Novos clientes

A Sulista já possui clientes no segmento de transporte de químicos. “Um dos atuais clientes da Sulista, a Tupy, já opera químicos com nossa empresa. Nos preparamos com todas as licenças e exigências legais para este atendimento. Para ir além e garantir que o transporte destes produtos químicos está sendo atendido com alta qualidade decidimos nos preparar para a certificação SASSMAQ.  A partir dai nossa área comercial iniciara prospecção em clientes específicos deste segmento”, explica Josana.

(Foto: Divulgação/Transportadora Sulista)

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal
Expo
Agronegocio
Farma
Carbono