Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Modal Marítimo 19 de agosto de 2021

TCP bate dois recordes consecutivos em operação de navios

Em menos de uma semana, a TCP – empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, registrou dois recordes em operações de navios. O primeiro diz respeito ao porta-contêineres Tip Top, do armador taiwanês Yang Ming, o maior em termos de capacidade de embarque já recebido pelo terminal com 12.726 TEUs (medida equivalente a um contêiner de 20 pés). O segundo é o recorde de movimentação em um único navio com 3.549 movimentos no MSC Ajaccio, operando um total de 5.970 TEUs.

De acordo com Thomas Lima, diretor Comercial e Institucional da TCP, os recordes consolidam o protagonismo que o Terminal detém no comércio exterior brasileiro. “O desempenho exigido pelo mercado para a operação destes grandes navios requer estruturas modernas e profissionais de altíssimo nível. Com investimentos constantes, mantemos a disponibilidade de berços elevada com 1.099 metros de cais e calado operacional de 12,10 metros”, diz.

Yang Ming Tip Top
O navio Yang Ming Tip Top possui 332,2 metros de comprimento, 48,2 metros de largura (boca), 1 mil tomadas para contêineres refrigerados, e veio a Paranaguá em sua primeira viagem ao Brasil. Com capacidade para até 12.726 TEUs, esse foi o maior navio nessa categoria a atracar na TCP, no dia 30 de julho. Anterior a ele, o Seaspan Harrier do armador ONE detinha a marca no Terminal, com capacidade para até 11.923 TEUs.

“Isso permite que navios como o Yang Ming Tip Top, em rota de exportação, saiam de Paranaguá carregados com volume suficiente para assegurar a competitividade do armador – em especial, com produtos como carnes, madeira e celulose, que são as principais commodities movimentadas em nosso terminal”, explica o diretor.

Outros grandes navios que já passaram pela TCP são o Hyundai Loyalty que mede 339,62 metros de comprimento e 45,6 metros de largura, e o MOL Beacon, com 339,9 metros de comprimento e 48,3 metros de largura. A título de comparação, o estádio do Maracanã possui, de ponta a ponta, 317 metros de comprimento em seu maior eixo. Isso significa que o cais do Terminal tem espaço suficiente para 3,4 estádios do Maracanã lado a lado.

MSC Ajaccio
O navio MSC Ajaccio, que tem como destino os portos do Mar Mediterrâneo, chegou ao Paraná no dia cinco de agosto com produtos de importação como peças automotivas e químicos, e deixou o porto carregado de cargas refrigeradas como carnes e commodities (feijão, milho, entre outros). Durante a operação, foram realizados 3.549 movimentos, o maior número já feito em um único navio pela TCP. Para a marca, o Terminal utilizou cinco guindastes STS (Ship to Shore) simultaneamente.

De acordo com Thomas Lima, operações volumosas como essa serão frequentes nos próximos anos. “A demanda está aumentando e os armadores seguem com a tendência de investir em navios cada vez maiores. Nesse contexto, a TCP se apresenta como uma opção digna de hub port e referência para os demais portos brasileiros. Com capacidade para receber embarcações de até 366 metros de comprimento, a nossa atratividade se torna cada vez mais natural” finaliza.

Anterior ao MSC Ajaccio, o navio com maior número de movimentos em uma única operação no Terminal de Contêineres de Paranaguá foi o CMA CGM Rio Grande, com 3.094 movimentos, operado em março deste ano.

webinar
alperseguros
Jamef
Jamef
fronius
Kivnon
Geotab
Retrak
savoy
postal