Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Economia 10 de fevereiro de 2016

Vendas de genéricos crescem 11,75% em 2015

As vendas de medicamentos genéricos somaram R$5,9 bilhões em 2015, alta de 11,75% em relação a 2014, período em que o resultado foi de R$5,3 bilhões. Embora expressivo, trata-se do pior desempenho financeiro do setor nos últimos 3 anos, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Medicamentos Genéricos, a PróGenéricos. Apesar de abaixo das expectativas do segmento, os genéricos apresentaram desempenho acima da média do mercado farmacêutico (incluindo todas as categorias de produto), que ficou na casa dos 10,65%, acumulando vendas totais de R$46,4 bilhões, contra R$41,9 bilhões em 2014.

Acima da Média
Os genéricos tiveram também desempenho superior ao registrado pelos similares, produtos de cópia que desde 2014 são do ponto de vista sanitário equivalentes aos produtos de referência. As vendas de similares cresceram 9,14% entre 2014 e 2015, somando vendas acumuladas de R$3,6 bilhões no ano passado contra R$3,3 bilhões em 2014. A mesma dinâmica se percebe com os produtos de referência, que são os produtos com proteção patentária. As vendas deste segmento acumularam em 2015 R$17,8 bilhões, contra R$16,3 bilhões em 2014, apresentando crescimento de 9,29%.

Volume
Em unidades, os genéricos apresentaram crescimento de 12,19% no volume vendido no passado. Foram comercializadas 978.333 milhões de unidades contra 872.044 milhões em 2014. Em volume, as vendas de genéricos em 2015 superaram os resultados alcançados em 2014 em relação a 2013, porém, ficaram menores do que a expansão registrada em 2013 em relação a 2012, que foi de 15,71%. Para a presidente executiva da PróGenéricos, Telma Salles, o baixo desempenho da economia brasileira em 2015 foi determinante para um crescimento abaixo do esperado.

Fonte: Portal Gironews

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal