Facebook Twitter Linkedin Instagram
Logística In-house 24 de setembro de 2018

Intralogística Conectada apresentou soluções integradas do Grupo Kion e da Águia Sistemas

O Grupo Kion – através das marcas Linde (Fone: 11 4066.8157), Still (Fone: 11 4066.8100) e Dematic (Fone: 11 4066.8100) – e a Águia Sistemas (Fone: 42 3220.2666) proporcionaram uma experiência única de imersão em soluções integradas para movimentação e armazenagem de materiais a cerca de 600 convidados. Este foi o primeiro Intralogística Conectada, realizado na fábrica do Grupo Kion, em Indaiatuba, SP, de 14 a 16 de agosto último.
Cada um dos três dias foi único e contou com programação semelhante. O evento começou com uma palestra sobre soluções exclusivas de armazenagem para atender às necessidades da era da Intralogística 4.0, apresentada por Márcio Lopes, diretor de Negócios da Dematic, e Richard Rodgers, diretor de Desenvolvimento de Negócios da empresa nos Estados Unidos.
Eles destacaram que as soluções da marca combinam estratégias para montagem de pedidos por programação de loja, sazonalidade de volume de pedidos, acesso controlado aos estoques, rastreamento de produtos, acuracidade dos pedidos e inventário em processamento FIFO (primeiro que entra é o primeiro que sai).
Os profissionais ressaltaram a importância da abordagem consultiva, que busca oferecer soluções que suportem todo o ciclo do projeto do cliente, nos mais variados setores, como cosmético, químico e têxtil, que exigem acuracidade e maior visibilidade de estoque. “Somos os maiores integradores de tecnologia e desenvolvemos os próprios softwares”, disse Lopes.
Logo depois, os participantes foram separados em grupos e iniciaram-se as visitas à fábrica por gates. No primeiro, que tratou dos temas energia e equipamentos elétricos, foram apresentadas as empilhadeiras movidas a bateria de íons de lítio, que têm vida útil duas vezes maior que as de chumbo-ácido. Além disso, não necessita de manutenção e é totalmente recarregada em apenas uma hora. As máquinas com esta tecnologia consomem 30% menos energia do que as com bateria de chumbo-ácido.
Também participou deste gate a SZ, especializada em serviços de reparo de controladores e equipamentos eletrônicos para empilhadeiras elétricas ou a combustão de diversas marcas. A empresa oferece, ainda, treinamentos para a manutenção preventiva de máquinas, suporte técnico e help desk. A Mouta também esteve presente e mostrou soluções em baterias tracionárias e seus serviços de assistência técnica de baterias industriais e carregadores.
No gate 2, sobre Automação, os visitantes conheceram os benefícios dos produtos autônomos Linde e Still, entre eles o iGo neo CX 20, um veículo guiado automatizado (AGV) que segue o operador durante todo o seu trabalho de picking em cada corredor do armazém. Com sensores de rastreamento, se mantém sempre a uma distância segura do operador e da estante, liberando o profissional para se concentrar completamente na retirada de produto da prateleira.
As inovações relacionadas a controles de equipamentos e segurança operacional foram demonstradas no gate 3, como o sistema Active Load System – ALS, que estabiliza os garfos da empilhadeira, proporcionando ganhos de cerca de 30% na produtividade. Outra solução, o Fleet Manager, permite estipular quais ações cada operador da máquina está apto a fazer. Por exemplo, no caso de um novato em treinamento, as manobras e a velocidade máxima são limitadas. A empilhadeira possui um chip, que lê e identifica o operador através do seu crachá.
Neste gate também foi apresentada uma ferramenta que envia ao gestor – pelo celular, computador ou tablet – informações sobre as operações de cada máquina, possibilitando a tomada de decisões remotamente, como no caso de um impacto, por exemplo. Luz que delimita o trânsito de pedestres ao redor da empilhadeira e monitoramento por câmeras também foram demonstrados no espaço.
Ainda no gate 3, a JLW apresentou suas baterias de lítio ítrio fosfato de ferro (LiFeYPO4), que têm desempenho 30% superior às de chumbo-ácido, com custo zero de manutenção e vida útil superior a 10 anos.
No gate 4, sobre armazenagem, a Águia expôs os sistemas drive in e portapaletes com autoportante, além de uma maquete, com exemplos de diversas estruturas, como: mezanino, flow rack, mini portapaletes, dinâmico, portapaletes, transelevador, mini load e transportadores com sistema de paletização.
Como parte deste gate, a Saur mostrou dois dos mais de 400 equipamentos produzidos pela marca. Um deles foi o posicionador de garfos duplo, que permite o afastamento dos dois paletes para melhor visibilidade do operador, encosta um palete no outro para melhor aproveitamento de espaço e aproxima os garfos externos dos internos para carregar somente um palete. O outro foi o selecionador de camadas, que possibilita montar um palete com camadas de produtos diferentes.
No gate 5, picking fracionado, os convidados conheceram a solução de gestão para transporte, separação e distribuição de pedidos fracionados. Na demonstração, os produtos foram acondicionados em caixas no flow rack com displays de luz que acenderam indicando endereço/quantidade. Os itens foram separados por caixa, segundo o pedido, e seguiram automaticamente para o percurso. As operações foram acompanhadas pelo monitor do WCS (sistema de controle de armazéns).
Por fim, o gate 6 mostrou duas soluções para o picking caixa fechada: um sistema push back com transportador de paletes motorizado e um sistema de transportador de paletes com corrente e mesa de transferência.
Na sequência do encontro, o economista e apresentador Ricardo Amorim, do programa Manhattan Connection, da Globo News, falou sobre as “Perspectivas do Brasil em 2019”, abordando o cenário político e os candidatos à presidência. “Estou otimista com a retomada do país, mas é preciso que cada um faça a sua parte e se adapte às inovações”, disse. Amorim também criticou a tabela de fretes. “Não tem como dar certo, ela atrapalha o Brasil, e acredito que os candidatos à presidência vão avaliar.”
O evento terminou com uma apresentação surpresa do coral do Instituto Anelo, que ensina música para crianças e adolescentes carentes de Campinas, no Estado de São Paulo. Músicos da entidade também tocaram durante o coquetel de encerramento. Para saber mais sobre o instituto e como ajudar a manter seus projetos, acesse o site www.anelo.org.br.

Avaliação
O Intralogística Conectada conseguiu, já em sua primeira edição, reunir um público altamente qualificado para discutir automação, inovação e logística 4.0. É o que avalia Kareen Ratton, Head of Communications da Kion Latam.
“O evento foi desenvolvido a fim de mostrar aos participantes que todas as marcas juntas criam uma sinergia única, cobrindo todas as necessidades de intralogística. Mais que vender marcas, temos a missão de disseminar o conhecimento, para que tenhamos em nossas empresas opções de logística comparáveis às de mercados mais maduros”, disse.
Kareen ressaltou que o networking agregou conhecimento e negócios para os participantes, que puderam fazer uma degustação de logística e inovação em um dia. “A ressonância não poderia ser melhor. Já estamos sendo questionados sobre a próxima edição do evento, o que traduz o sucesso da iniciativa e o valor agregado gerado aos participantes”, destacou.
De fato, os profissionais que estiveram presentes avaliaram o encontro de forma bem positiva, elogiando as soluções e o formato. De acordo com Rodrigo Bacelar, diretor de Desenvolvimento de Negócio e Inovação da ID Logistics, este tipo de evento desperta a curiosidade nas tecnologias e soluções apresentadas. “Como o Grupo Kion é nosso parceiro, estenderemos as conversas para entendimento e aderência destas soluções em nossas operações”, disse.
Para Armando Lopes Ribeiro Neto, gerente de operações da JSL à serviço da Cummins, a divisão por gates de demonstração foi surpreendente. “O controle de oscilação na subida do garfo da empilhadeira e a função de telemetria de fábrica foram de muita valia, assim como soluções apresentadas pela Dematic.”
José Roberto S. Borges, gerente administrativo do Aeroporto de Viracopos (de Campinas, SP), também identificou soluções que podem ser implementadas no aeroporto. “Foi muito bom, tanto pelo formato, quanto pelo conteúdo.”
Wiliam Patricio Arruda, gerente de Logística da Atlas Distribuidora, também tinha como objetivo conhecer novos equipamento e automações que pudessem agregar à empresa. “Como estamos em processo de expansão do nosso Centro de Distribuição, foi de grande importância o encontro. Pude conhecer inovações, tecnologias e estruturas modernas que podemos futuramente aplicar em nosso negócio”, ressaltou. Já Wilton Donizete Pereira, gerente de Logística da Uberlândia Refrescos, revelou interesse no armazém autoportante, nas baterias de lítio para empilhadeiras e nos veículos autoguiados. “O evento foi muito bem organizado, no formato adequado.”
Para Deivison Ricciardi Ferreira, gerente de Divisão de Logística e Operações da Cooxupe, o encontro foi bem interessante, pois propiciou a troca de experiências com stakeholders. O objetivo foi atingido, segundo Edson Moraes, coordenador de Logística da mesma empresa. “Fomos surpreendidos com inovações, principalmente na área de armazenagem”, ressaltou.
Foi para conhecer o que havia de novo em automação que Edison Marcelli, diretor de Logística da Multilaser, participou do Intralogística Conectada. “O evento foi muito dinâmico, prático e funcional”, considerou.
A avaliação de Ronaldo Barbosa Soares, gerente de Compras – Indústrias da Gazin Colchões, também foi positiva. “O formato foi muito interessante, pois, além de ouvir os palestrantes, tivemos contato na prática com os temas discutidos, principalmente por estarmos dentro da fábrica”, revelou.
As soluções apresentadas foram realmente inovadoras para Francisco Uberlanio da Silva, engenheiro do Grupo Rebouças. “Iremos estudar como aplicá-las ao nosso formato. Após aprovação do projeto na Central de Distribuição, vamos buscar mais informações”, disse.
Por sua vez, Everton Silva, senior manager regional operations South America da ZF do Brasil, elogiou a palestra do Ricardo Amorim. “Muito boa a ideia de fechar o evento com as tendências de mercado. Diversificou a discussão dentro de um encontro voltado para um setor específico”, expôs.
Para Luiz Santos, gerente administrativo da MSC, o Intralogística Conectada foi excelente. “Parabéns à Kion pela organização e grandeza do evento e dedicação de todos que trabalharam para atender às expectativas de clientes tão importantes da logística brasileira.”
Conhecer novas soluções para a movimentação de materiais e armazenagem, alinhadas com as necessidades do negócio e com o objetivo de reduzir custos através de melhorias nos processos e implementação de novas tecnologias. Foi esse o intuito da participação de Denes Orlando E. Leal da Silva, analista sênior de Melhoria Contínua e projetos de Supply Chain da Goodyear. “O formato do evento foi excelente, proporcionando momentos muito produtivos que certamente agregaram conhecimento para conduzir os projetos, além de ampliar a visão de mercado das soluções que temos disponíveis para aplicar em nossas operações”, ressaltou.
Marlon Henrique Montilha, Gerente de Logística da W2W E-Commerce de Vinhos (Wine), saiu do evento com vários insights, que deverão servir de referência para os novos projetos na empresa. “O modelo de imersão na Kion permitiu visualizar na prática os ganhos e as oportunidades que a empresa nos oferece”, disse.
Não só clientes e possíveis clientes participaram no encontro. Thomas Junqueira Ayres Ulbrich, diretor da VDMA-Brasil (Federação Alemã dos Fabricantes de Máquinas e Equipamentos), também esteve presente, ampliando os conhecimentos sobre o setor de logística no Brasil e acompanhando o desenvolvimento do Grupo Kion, que é membro da entidade. “Os novos conhecimentos adquiridos foram muito interessantes e valiosos para o nosso trabalho. Parabenizamos o Grupo Kion pela eficiente organização”, afirmou.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Maplink Toyota
LOGCP
Retrak
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Top do Transporte