Facebook Twitter Linkedin Instagram
Intralogística 28 de janeiro de 2019

Revelados os finalistas da edição 2019 do Prêmio IFOY. A Logweb é jurada

Quinze produtos e soluções de doze fabricantes foram selecionados como finalistas do Prêmio IFOY 2019 (International Intralogistics e Forklift Truck of the Year), considerado o “Oscar da Intralogística”.

No início de março, acontece a segunda etapa da competição. Os finalistas passarão pela auditoria nos dias de teste internacionais, que acontecem no centro de exposições da CeMAT, parceira da IFOY, em Hannover, Alemanha.

No IFOY Innovation Check, será analisada a inovação dos produtos e soluções indicados. Essa etapa fica a cargo dos especialistas do Instituto Dortmund Fraunhofer de Fluxo de Materiais e Logística (IML) e de profissionais de logística das universidades de Dresden, Munique e Helmut Schmidt, de Hamburgo.

Jurados da Europa, Austrália, Rússia, Estados Unidos e Brasil – a Logweb é a única do país e foi a primeira das Américas a fazer parte – viajarão a Hannover para inspecionar e testar os equipamentos. Eles irão avaliar inovação, tecnologia, design, ergonomia e manuseio, segurança, comercialização e benefício ao cliente, bem como economia e sustentabilidade. O júri é composto por 29 jornalistas de renome dos principais veículos de logística de 19 países.

“Uma regra de ouro da série de testes IFOY é: os finalistas não são comparados entre si em suas respectivas categorias, mas, sim, com seus concorrentes no mercado. Apenas os indicados que superam seus concorrentes diretos em termos de inovação têm a chance de ganhar o troféu”, explica Anita Würmser, presidente do júri.

O prêmio será entregue no dia 26 de abril de 2019. A IFOY Award Night acontecerá pela primeira vez no Hofburg, na capital austríaca, Viena, em cooperação com a LOGISTIK.Kurier e a Câmara Austríaca de Comércio. Mais de 600 convidados internacionais são esperados no tradicional Great Festival Hall, entre eles, líderes em transporte, logística e intralogística. Até lá, o resultado permanecerá em segredo – tanto para os finalistas quanto para o público.

 

Empilhadeiras Contrabalançadas

No segmento de empilhadeiras contrabalançadas, a empilhadeira a gás Clark S25, com capacidade de elevação de 2,5 toneladas, está entre as finalistas. Segundo a empresa, a S-Series oferece baixo custo total e maior conforto. Os três “s” (smart, strong and safe – inteligente, forte e seguro) são as principais características do modelo.

A segunda finalista é a TX3, empilhadeira contrabalançada de três rodas da UniCarriers. Os veículos desta série têm capacidade de carga de 1,3 a 2,0 toneladas.  As máquinas elétricas são caracterizadas pelo baixo consumo de energia, ergonomia inteligente e alta eficiência de manuseio.

 

Empilhadeiras para Armazéns

Três equipamentos foram indicados pelo júri nesta categoria. O Combi-PPT, da Combilift, é uma paleteira robusta com capacidade de carga de mais de 8.000 kg. O veículo de alto desempenho, que foi desenvolvido para substituir empilhadeiras grandes e pesadas, oferece boa visão da carga, ótima segurança e manobrabilidade, bem como operação eficiente em áreas mais estreitas.

Outra indicada é a Hubtex, com a empilhadeira elétrica multidirecional MaxX, de baixo custo, projetada para o manuseio de cargas longas em corredores estreitos. Para uso combinado em ambientes internos e externos, a MaxX de 4,5 toneladas é uma boa alternativa às empilhadeiras a diesel, garante o fabricante. Suas características são: cabine grande, mastro de visão clara, sistema de direção HX patenteado e ajuste de nível hidráulico.

A Jungheinrich, por sua vez, concorre com a ETV 216i, empilhadeira elétrica de mastro retrátil com bateria de lítio integrada. As vantagens para o usuário são tempos de carga curtos para carregamento rápido e intermediário, operação livre de manutenção e vida útil mais longa.

 

Veículos Automaticamente Guiados (AGV) e Robôs para Intralogística

O júri também indicou três soluções nesta categoria. Dessa vez, a Jungheinrich participa com o transelevador STC. Desenvolvido para armazenamento automático de peças pequenas, oferece alto desempenho e possui design leve, que permite trabalhos com contêineres, bandejas e caixas.

A segunda nomeada é a Still, com o LiftRunner automático com LTX e carregamento e descarregamento automáticos. Pela primeira vez, o tugger train combina transporte automatizado com manuseio automatizado de carga. A solução oferece alta confiabilidade, operação simples e baixo custo de implementação. Detalhe: o trator elétrico LTX 50 puxa reboques com peso total de até 5.000 quilos, através de trilhos, com segurança.

O terceiro finalista é o MANIPULA-TORsten (TOR-sten meets friends), da Torwegge. Graças à sua modularidade flexível, pode ser usado como uma combinação de AGV e robô. Para o IFOY 2019, o AGV foi equipado com um manipulador e, portanto, torna-se um robô de coleta móvel. Além disso, possui sistema de carregamento indutivo integrado, que aumenta sua disponibilidade.

 

Softwares para Intralogística

A Jungheinrich concorre nesta categoria com o zoneCONTROL, sistema de assistência modular baseado em rádio para controle local de falhas na intralogística. Ampla informação e opções de intervenção no armazém e no veículo podem ser livremente combinadas entre si e ajustadas especificamente ao veículo. Isso resulta em soluções personalizadas para uma ampla variedade de aplicações.

A Still ganha sua segunda indicação com o novo sistema de controle de frota neXXt fleet. O portal da web compreende nove aplicativos (apps) diferentes que podem ser usados para mesclar dados para análises rápidas e medidas de otimização. A ferramenta de relatório responsiva não apenas avalia os dados, como também lembra automaticamente o usuário de custos e prazos excedidos e prazos de manutenção e teste devidos.

Também nomeado, o Cargometer, da empresa de mesmo nome, mede a carga com a empilhadeira em movimento. Ou seja, as dimensões, o peso e os códigos de barras das embalagens são capturados quando a empilhadeira passa pelo gate e são transferidos digitalmente para o sistema do cliente. A solução permite a correta contabilização do espaço da carga e a otimização da utilização da capacidade da frota.

 

Especial do Ano

O tema deste ano para a categoria é 3D. A Raymond ganhou uma indicação com seu Simulador de Realidade Virtual em 3D, projetado para treinar operadores de empilhadeiras, ajudando a verificar e melhorar suas habilidades. A ferramenta é montada em uma empilhadeira Raymond e conectada ao sPort (Simulation Port) da empresa para criar um ambiente de aprendizado realista.

O júri também nomeou a SAE pela ferramenta SAE 3D VR CPQ, para a configuração realística de todos os tipos de sistemas e produtos de intralogística, auxiliando na determinação de preços e preparação de cotações. De acordo com a empresa, esta aplicação é uma inovação mundial que combina todos os produtos de intralogística.

 

Startup do Ano

Pela primeira vez na história do IFOY, duas startups competirão em 2019 em uma categoria especial. Uma delas é a ProGlove, que desenvolveu uma luva inteligente que substitui o escâner de mão convencional. Com ela, os profissionais podem trabalhar com mais rapidez, segurança e ergonomia, aumentando significativamente a eficiência. Cada etapa de trabalho pode ser documentada à mão livre e um feedback pode ser dado diretamente da luva inteligente para o usuário.

Também foi nomeada a Trône Seating, com o assento de empilhadeira ergonômico Trône, ajustado automaticamente para cada motorista. Além da função de memória para um número infinito de drivers, o software fornece informações adicionais sobre o uso da cadeira e do motorista.

tabela_ifoy1

tabela_ifoy2

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Brasil Log
Brasil Log
Brasil Log
Forexsa Toyota
LOGCP
Retrak
Profishop 2019 Savoy