Facebook Twitter Linkedin Instagram
Tecnologia 13 de abril de 2018

Solução inteligente da Gera Sinergia racionaliza processos e reduz custos na cadeia logística

A 4ª revolução industrial está em andamento: cada vez mais as empresas vêm utilizando “redes inteligentes” para aprimorar suas atividades. Internet das Coisas, sensores wireless, inteligência artificial, drones, estrutura Cloud, Big Data e nanotecnologia estão entre as ferramentas que fazem parte da nova realidade mundial. Na logística, não é difícil entender como a interconexão de processos pode contribuir para o melhor controle de toda a operação.
De acordo com Gilberto Miranda, CBO (chief business officer) da Gera Sinergia (Fone: 11 3478.0836), especializada no desenvolvimento de tecnologias para o setor, a logística no Brasil já está em um nível muito bom no que diz respeito ao emprego da tecnologia, embora ainda haja um certo grau de barreira cultural e alguma morosidade na adoção de inovações. “Um obstáculo importante que dificulta a diminuição das ineficiências do mercado de transportes rodoviários é a desconfiança ainda existente entre as empresas, que raramente conversam entre si”, aponta.
Para ele, como as mudanças são extremamente dinâmicas, quem se atualiza mais rápido acaba conseguindo mais valor no mundo competitivo em que vivemos. “Seja por alcançarem menores custos por conta de informações mais densas, seja por oferecerem funcionalidades que ajudam as operações dos seus clientes, as empresas mais antenadas com o ambiente digital são as que levam vantagem na aquisição ou manutenção de clientes”, opina.
Além disso, em períodos de crise econômica, os recursos em geral se tornam escassos. Portanto, sua utilização de maneira planejada matematicamente agrega valor às operações, que é o que a tecnologia propicia.
Dentro desse contexto nasceu a Gera Sinergia, que, através da tecnologia, busca oportunidades de redução de custos na cadeia logística de seus parceiros. “Sabendo que mais de 60% do transporte do país é feito por caminhões e que uma grande parte deles viaja vazio nos retornos para as suas bases, desenvolvemos uma plataforma baseada em inteligência artificial para atacar essa problemática da distribuição nacional”, explica Miranda.
Através de algoritmos avançados, o sistema desenvolvido pela fábrica de softwares da empresa procura suprir os caminhões com cargas que estejam disponíveis nos locais onde eles se encontram, após terminarem as viagens de ida. A plataforma busca ajudar na redução das burocracias existentes no sistema, acelerando as operações com o suporte de um cadastro ágil, eficaz e sempre atualizado.
O aplicativo GED (Gerenciamento Eletrônico de Documentos), que faz parte da plataforma, permite essa agilidade, pois todos os documentos estão digitalizados na nuvem. Uma gestão eletrônica de avisos alerta os interessados antecipadamente às datas de vencimentos de seus documentos.

Na prática
O primeiro cliente da Gera Sinergia, que serviu de laboratório para as experiências em tempo real realizadas pelo grupo desenvolvedor da plataforma, foi um importante Operador Logístico com uma frota de 700 veículos que rodavam cerca de 220.000 km vazios ao custo de R$ 550 mil mensais.
Com o emprego do sistema Sinergia, a empresa alcançou uma redução de 38% das cargas improdutivas, economizando R$ 210 mil por mês. “Esse resultado se deu somente pelas racionalizações que o sistema inteligente da plataforma sugeriu para os veículos transitando entre as 21 filiais da empresa. Certamente as reduções de ineficiências seriam ainda maiores se outras empresas estivessem operando no circuito. Unir as malhas de transportadoras afins para se ajudarem na otimização das suas viagens é o objetivo central da Gera Sinergia”, expõe Miranda.

Soluções
A suíte da Gera Sinergia está alicerçada em três pilares básicos. Um deles é o Oráculo, que reúne funcionalidades como TMS, com todas as funções de uma boa gestão de frota, como consolidador, tracking, controle de jornadas, manutenção, além de um WMS robusto, desenhado para a otimização dos tempos nos armazéns, e o Checkfretes, uma ferramenta aplicada à gestão de pagamentos e auditoria de fretes.
Outro pilar é a plataforma central, chamada Sinergia, que conecta veículos e cargas de forma inteligente diretamente pelo sistema, sem contato verbal entre as partes, tudo estruturado em um rigoroso cadastro de usuários, motoristas e veículos.
Por fim, a Webcol é uma ferramenta que dá visão total e online de toda a Supply Chain do embarcador. A plataforma também vai disponibilizar um balcão de negócios para facilitar a comercialização de bens que os seus clientes em algum momento tenham necessidade de dispor, como por exemplo, vendas e aluguéis de armazéns, caminhões, peças sobrando em seus almoxarifados, etc., além de um shopping onde os participantes poderão criar as suas lojas virtuais para vender seus produtos ao público segmentado dos transportadores.
“A nossa metodologia de implantação de novos clientes é feita por pré-qualificação dos prospects, sempre com o objetivo de estabelecer redes afins entre si, seja pelas especificações dos diversos segmentos de transportes, seja por áreas geográficas e outros parâmetros que permitam o estabelecimento de parcerias em regime de coopetição, ou seja, a concorrência colaborativa”, explica o CBO da empresa.
A plataforma não é aberta para a entrada universal de todos os interessados. Para a otimização dos resultados dos participantes, os candidatos são examinados quanto à possibilidade de agregarem valor à rede já existente.

Gera Sinergia gráfico

A experiência como diferencial
Um diferencial importante da Gera Sinergia é que ela foi formada por profissionais de larga vivência em logística, executivos que atuaram em indústrias, embarcadoras multinacionais, transportadoras e como proprietários de Operadores Logísticos.
“Por essa visão abrangente da logística, o grupo objetiva entregar soluções customizadas para os seus clientes alcançarem reduções importantes das suas ineficiências e dos custos gerados pelas operações no mundo analógico”, garante Miranda.
Em 2018, a empresa planeja ter conectados à sua malha 10.000 veículos de ETC’s – Empresas de Transporte de Cargas além de TAC’s – Transportadores Autônomos de Cargas, proporcionando sinergias e consolidando a rede da empresa em todo território nacional. “Não priorizamos quantidade, mas sim uma base robusta de empresas de qualidade, que possam reduzir suas ineficiências através da nossa plataforma”, finaliza Miranda.

Top do Transporte
Top do Transporte
Top do Transporte
Forexsa
Toyota
Profishop 2018
Retrak LOGCP
Paletrans
Alphaquip
Assine a Revista Logweb
Assine a Revista Logweb
Revista Logweb