Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Investimento 5 de fevereiro de 2016

Chinesa Hainan Airlines diz que vai investir US$ 450 milhões na Azul

A chinesa Hainan Airlines, do HNA Group, disse em comunicado nesta quinta-feira (4) que vai investir US$ 450 milhões na Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

Procurada pela Reuters, a Azul disse que o anúncio está relacionado ao negócio já informado no ano passado. O HNA Group é um conglomerado que opera nos setores de aviação, indústria, turismo, logística e financeiro, com atuação expressiva no financiamento de aeronaves.

Em novembro, o grupo chinês comprou 23,7% de participação na aérea por R$ 1,7 bilhão.

Os recursos serão utilizados para amortizar parte da dívida de curto prazo da companhia e fugir dos juros altos praticados no mercado brasileiro atualmente. A Azul também aproveitará parte do dinheiro para dar continuidade ao plano de renovação de sua frota.

No último dia 21, a companhia aérea anunciou seu primeiro voo regular para a Europa e, ao mesmo tempo, um corte de 7% na oferta de voos domésticos no Brasil. A aérea terá três frequências semanais entre Campinas (São Paulo) e Lisboa, Portugal, a partir de 4 de maio.

Além disso, a partir de fevereiro a Azul pretende dobrar o número de destinos a partir do Recife. Apesar de atingir todas as regiões do país, a nova malha da companhia será focada no interior do Nordeste.

Passarão a ter ligações diárias e sem escalas com destino ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes voos da cidade de Petrolina (PE), Juazeiro do Norte (CE), além de Campina Grande (PB). As cidades baianas de Ilhéus e Porto Seguro terão frequências aos sábados.

webinar
webinar
Retrak
savoy
postal