Facebook Twitter Linkedin Instagram Youtube telegram
Conteúdo 8 de março de 2021

A logística ideal

bertaglia_08-03-21

Introdução

Tenho trabalhado com gestão da cadeia de abastecimento e logística por muitos anos. E, durante esse período, muitas pessoas das mais diferentes posições nas organizações me perguntam sobre o que constitui uma boa logística.

Logicamente a pergunta tem uma importância significativa, pois estas pessoas querem saber como melhorar sua própria cadeia de abastecimento dentro de suas empresas.

Li um artigo recentemente de Erik Sjöström que possui um pensamento muito parecido com o meu. Então decidi que era hora de compartilhar minhas ideias sobre o que seria uma boa logística ou me atrevo a dizer uma logística ideal.

Logicamente, muitos de vocês tem suas próprias ideias sobre o que seria uma boa logística. Mas vale a pena esta reflexão conjunta. E espero que este texto ofereça uma base importante de reflexão e ajude-o a melhorar sua própria logística e cadeia de abastecimento.

O que é uma logística ideal?

Uau… que responsabilidade definir a logística ideal. Mas vou trazer minha concepção orientada ao cliente. Nem poderia ser diferente, já que o cliente dita as regras. Ou você discorda disso? Se discorda temos de rever conceitos.

Em um mundo ideal, todo cliente espera que seus embarques e entregas sejam realizados instantaneamente, custem zero ou ao menos quase nada e seguramente sejam cem por cento confiáveis. Preferencialmente sem ter qualquer impacto no meio ambiente. Lembre-se da sustentabilidade e todo um arsenal – perfeitamente válido – montado ao redor desta palavrinha mágica.Pois isto traz reputação e imagem.

Contudo, no meio da operação as coisas não são assim tão fáceis. Quando o sol desponta no horizonte, e os caminhões, trens, navios e aviões começam a se movimentar – ou estão em movimento há tempos – a realidade pode ser outra. Decisões precisam ser tomadas. Trocas precisam ser feitas.

E cá entre nós, no final do dia, temos de decidir o que é mais importante para a empresa levando em conta dimensões extremamente importantes, tais como custo, velocidade, confiabilidade e sustentabilidade. Ué e cadê o cliente? Bem, esta é uma pergunta que vamos explorar ao longo deste texto.

Será que planejar a logística é a primeira coisa a se fazer?

Well, well, well. Às vezes seguimos demasiadamente as recomendações acadêmicas. Mas qual seria a primeira coisa que deveríamos fazer antes mesmo de se jogar no planejamento da cadeia de abastecimento?

Vamos lá. Minha recomendação aqui é dar um passo atrás e examinar a cadeia de forma ampla e holística. Como planejar adequadamente, agilizar processos ou otimizar a cadeia se não conhecemos a inter-relação entre os processos? Afinal de contas eles estão conectados entre si. Trabalhar isoladamente não traz os benefícios que muitas vezes almejamos.

OK. A partir do momento que conhecemos os processos e como se relacionam, o próximo passo é se perguntar quais são os principais objetivos. O que você quer alcançar? Melhores níveis de estoques, níveis de serviço incomparáveis no atendimento ao cliente, velocidade de entrega etc.?

Dê uma boa estudada nos objetivos, crie uma estratégia de negócios que possibilite atingir tais objetivos e, depois, configure a cadeia de abastecimento em torno dos objetivos. Isso auxilia na tomada de decisões quando surgem os problemas. Quando eles aparecem – e irão aparecer – a solução deve ser dada ao redor de que objetivos foram traçados.

Identificar as prioridades

Definir as prioridades é fundamental para melhorar sua cadeia de abastecimento. Ajuda a concentrar os esforços. A estabelecer o foco. As prioridades direcionam os parâmetros de custo, velocidade e confiabilidade.

Use tais parâmetros como ponto de partida ao planejar a cadeia e busque responder qual deles é mais importante. Mesmo que suas prioridades sejam custo, velocidade ou confiabilidade, não deixe de levar em conta a sustentabilidade. Ela é extremamente importante atualmente.

A redução do impacto ambiental não é apenas crucial para o planeta, ou para o ecossistema. É importante para o negócio. Não se esqueça da reputação e imagem. Equilibrar os parâmetros é importante. Custo, velocidade e confiabilidade são chaves aqui.

Em função dos objetivos, a estratégia pode ser a opção por transporte mais rápido, ou o transporte mais barato ou mesmo de maior qualidade. O importante é entender como eles se alinham às prioridades.

Quem opta por transporte mais rápido, os embarques aéreos vêm a ser uma opção. Pode ser que a decisão não seja o mais rápido, mas o mais sustentável. Enfim, qual a estratégia? Onde encontrar um transporte mais sustentável? Que tal olhar para a cabotagem e a as ferrovias? Difícil? Sim. Mas não impossível.

O Brasil já vem demonstrando que a cabotagem pode ser uma fantástica opção. Que tal olhar para esta opção com mais atenção.

Mercado extremamente concorrido. A prioridade é custos. Cuidado!

Se a competitividade, principalmente em preço, é seu calcanhar de Aquiles e, portanto, a sua principal prioridade logística é custo, então é hora de olhar para além dos custos diretos.

Tenho notado que as empresas colocam um grande foco nos custos diretos – armazenagem e transporte – quando fazem o planejamento da logística. É preciso tomar cuidado também com os custos indiretos. Orçamentos de campanha de marketing, só para exemplificar, pode ser uma questão séria.

Muitas vezes as empresas investem em campanhas – apenas como exemplo – e buscam compensar nos custos de transporte. Imagine se a carga não chegar ao destino no “timing” sugerido. Não paga a campanha e nem o transporte, pois vendas podem não acontecer.

Simplifique os processos de cadeia de suprimentos tendo uma visão holística

A visão geral da cadeia nos leva a encontrar nossas reais prioridades. Os diferentes segmentos possuem prioridades diferentes entre si. O setor varejista, como exemplo, tem foco na confiabilidade e na precisão de entrega.

Sempre que participo de projetos nos clientes, a primeira abordagem que faço é com relação ao estabelecimento e definição das prioridades. E tudo gira ao redor disso.

Estabelecer os objetivos e as estratégias para alcançá-los é crucial. Se pergunte, empreendedor ou colaborador: qual a sua prioridade na logística? Custo, agilidade, confiança? Não encontrou a resposta. Bem, você não o único. E, portanto, sem desespero. A lição de casa precisa ser feita.

Conclusão

Talvez a expectativa aqui seria receber um texto descrevendo a logística ideal ou a boa logística. Claro, sugeri algumas dicas. Mas o trabalho pela frente é árduo. Ela depende totalmente do caminho que sua empresa quer perseguir. Afinal qual a jornada?

Tenho repetido insistentemente que a logística não é apenas transportar e armazenar. Exige uma inteligência fantástica para fazê-la acontecer. Conhecer o caminho a percorrer, entender os processos, estabelecer prioridades, planejar corretamente e integrar as ações nos levam à tomada de decisões importantes para que sejamos extremamente competitivos.

E ser competitivo não é apenas o melhor custo, mas sim, a velocidade, a confiabilidade e não se esqueça da sustentabilidade. Estou batendo firme neste tema. O futuro vai dizer que estou correto. Por hoje é isso. Estamos por aqui.

Ao infinito e além. Que a força esteja conosco. Nos cuidemos e muito! Estou no Linkedin. Me procure por lá (https://www.linkedin.com/in/paulobertaglia/) e vamos trocar ideias. É sempre saudável! Me acompanhe também no meu canal do Youtube: https://www.youtube.com/paulobertaglia

Paulo Roberto Bertaglia Paulo Roberto Bertaglia

Fundador e Diretor Executivo da Berthas, atuou nas empresas: IBM, Unilever, Hewlett-Packard e Oracle. Ao longo da carreira tem se especializado nas áreas de Supply Chain Management, Gestão estratégica de Negócios, Liderança, Vendas e Terceirização de Serviços. Professor de pós-graduação em Logística, Gestão Estratégica de Negócios e Tecnologia da Informação. É Autor de vários livros, entre eles Logística e Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento – Editora Saraiva, 4ª edição – 2020. Realiza palestras de temas estratégicos, cadeia de abastecimento e liderança empresarial para empresas e instituições educacionais.

postal
JLL
JLL
JLL
JLL
postal
Sds
Retrak
savoy
JLL